Cristiano Ronaldo deixa o Real Madrid e entra para a Juventus

Real Madrid anunciou nesta terça-feira (10) a saída de Cristiano Ronaldo, que deixa o clube da capital espanhola para defender a Juventus, da Itália.

“O Real Madrid comunica que, de acordo com a vontade e pedido expressos pelo jogador Cristiano Ronaldo, ele concordou em se transferir para a Juventus. Hoje, agradecemos a um jogador que tem provado ser o melhor do mundo e marcou um dos períodos mais brilhantes da história do nosso clube e do futebol mundial. Além dos títulos conquistados, troféus conquistados e os sucessos alcançados no campo de jogo durante esses nove anos, Cristiano Ronaldo tem sido um exemplo de dedicação, trabalho, responsabilidade, talento e melhoria”, disse o clube, em comunicado.

No total, o gajo faturou 16 títulos, incluindo 4 Champions League, sendo 3 delas consecutivos. Em uma base individual, com a camisa do Real Madrid, ele ganhou quatro Bolas de Ouro, dois “The Best” da Fifa e 3 chuteiras de ouro, entre muitos outros prêmios.

“Para o Real Madrid, Cristiano Ronaldo será sempre um dos seus grandes símbolos e uma referência única para as próximas gerações. O Real Madrid será sempre a sua casa”, finalizou o clube.

O atacante português se despede como o maior artilheiro da história do Real Madrid, com a impressionante marca de 450 gols em 438 jogos.

Através do site oficial do Real Madrid, o craque português divulgou uma carta se despedindo do clube.

“Estes anos no Real Madrid, e nesta cidade de Madrid, foram possivelmente os mais felizes da minha vida. Só tenho sentimentos de enorme gratidão por este clube, por este passatempo e por esta cidade. Só posso agradecer a todos pelo amor e carinho que recebi. No entanto, acredito que chegou a hora de abrir uma nova etapa em minha vida e é por isso que pedi ao clube que aceitasse me transferir.

Eu me sinto assim e peço a todos, especialmente aos nossos seguidores, que me compreendam. Os torcedores foram absolutamente maravilhosos por 9 anos. Eles foram únicos. Tem sido um momento emocionante para mim, cheio de consideração, mas também difícil, porque o Real Madrid é muito procurado, mas sei muito bem que nunca vou esquecer que gostei do futebol aqui de uma forma única. Eu tive companheiros de equipe fabulosos no campo e no vestiário, senti o calor de uma multidão incrível e juntos ganhamos 3 campeões consecutivos e 4 Champions em 5 anos. E com eles também, em nível individual, tenho a satisfação de ter ganho 4 bolas de ouro e 3 chuteiras de ouro, tudo durante meu tempo neste imenso e extraordinário clube. 

Real Madrid ganhou meu coração, minha família e, por isso, mais do que nunca, eu quero dizer obrigado: agradecer ao clube, ao presidente, aos diretores, aos meus colegas, todos os técnicos, médicos, fisioterapeutas e assistentes incríveis que fazem tudo funcionar e que estão pendentes de cada detalhe incansavelmente. Obrigado infinitamente mais uma vez aos nossos fãs e obrigado também ao futebol espanhol. Durante estes 9 anos empolgantes, tive grandes jogadores à minha frente. Meu respeito e meu reconhecimento por todos eles. 

Eu refleti muito e sei que chegou a hora de um novo ciclo. Estou saindo, mas esta camisa, este escudo e o Santiago Bernabéu continuarão sendo sempre meus, onde quer que eu esteja. Obrigado a todos e, claro, como eu disse a primeira vez em nosso estádio há 9 anos: Hala Madrid!”

Notícias ao Minuto