Covid-19: Bahia libera vacinação de trabalhadores da Educação a partir dos 18 anos

A Bahia vai vacinar trabalhadores da Educação a partir dos 18 anos. A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nesta quinta-feira (22), e será publicada no Diário Oficial de sexta (23).

A decisão foi da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) que, em abril, havia autorizado a vacinação dos profissionais da área com idades a partir dos 55 anos.

Na época, o governo do estado informou que o público-alvo da área de educação contemplava 222 mil trabalhadores, que foram vacinados de forma escalonada em primeira dose. As segundas doses são aplicadas de acordo com o período determinado por cada fabricante de vacina.

Depois dessa decisão, a prefeitura de Salvador definiu que, na capital, os profissionais da Educação seriam vacinados a partir dos 40 anos, por ser uma das reivindicações dos professores para a retomada das aulas semipresenciais.

No entanto, o pedido da categoria era para que os trabalhadores acima dos 18 anos fossem vacinados, não apenas os maiores de 40. Uma decisão judicial foi favorável aos profissionais da Educação em Salvador, e a prefeitura passou a vacinar todos os trabalhadores da área, já em maio.

A nova decisão da CIB, não impactará a vacinação na capital, já que esse novo público alvo havia sido contemplado por determinação da Justiça. Ainda assim, segundo a Sesab, cerca de quatro mil trabalhadores com menos de 40 anos devem receber a vacina, nos outros municípios da Bahia.