Consórcio Nordeste anuncia a suspensão da compra de doses da vacina Sputnik V

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias (PT), anunciou nesta quinta (5) a suspensão da importação da vacina russa contra Covid, Sputnik-V. O comunicado aconteceu após a reunião entre o consórcio e o Fundo Soberano Russo.

Dias explicou que o acordo foi suspenso pelo Governo da Rússia, porque a vacina não obteve uma licença excepcional de importação e a Sputnik V não foi incluída no Plano Nacional de Imunização, além das novas limitações impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O consórcio pretendia comprar de 37 milhões de doses da Sputnik-V. A Bahia receberia 300 mil doses.

Há dois dias, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou durante o Papo Correria que com o avanço da vacinação, a compra da vacina russa perdeu importância.