‘Como ter paz sabendo que o assassino do meu filho está solto?’, questiona mãe de empresário sobre Iuri Sheik

Sem muitas palavras, a mãe de William Oliveira, ex-sócio da banda Black Style, morto após uma discussão com Iuri Sheik, se emocionou após decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que concedeu habeas corpus ao suspeito nesta segunda-feira (14), e foi solto ainda pela manhã.

Ao BNews, a mãe da vítima, Nélia Vieira, informou que estava tomando conhecimento do caso pelo site e só disse: “Como ter paz sabendo que o assassino do meu filho está solto?”, questionou.

Já a mãe das duas filhas do empresário assassinado, de prenome Niely Santos, disse a reportagem que soube da soltura do Sheik através de sua filha que viu em sites de notícia. De acordo com a mulher, a menina disse que “estava com medo, por que Sheik seria solto”.

Niely informou que vai se reunir com o advogado para tomar as medidas cabíveis. “Espero que um dia o juiz que deu a liberdade a Yuri, saiba o que fez”.

Questionada sobre o andamento do pagamento da indenização para arcar com a pensão de suas filhas e a irmã das meninas, fruto de um outro relacionamento, que deveria ser feito por Iuri Sheik, ela disse que o processo não saiu do lugar, pois a Justiça não liberou o suspeito da cadeia para ir à reunião na 5ª Vara Cível e Comercial de Salvador.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *