“Com todo respeito ao deputado, mas não aguenta um tapa”, diz Sturaro após encontrar Kannário em restaurante

O coronel da Polícia Militar da Bahia, Humberto Sturaro revelou que encontrou o cantor e deputado federal Igor Kannário em um restaurante de Salvador e, por pouco, não bateu no artista. Na última segunda-feira (24), o cantor pediu uma vaia e xingou os policiais durante a passagem de sua pipoca no Campo Grande.

“Com todo respeito ao deputado, mas não aguenta um tapa. Eu encontrei ele no Boi Preto e pensei duas vezes, sabia? Fiquei olhando, olhei uma, olhei duas, olhei três. O que vai acontecer? Pensei: está me devendo uma, vou cobrar agora. Assim, mas vai dizer que eu fiz porque sou coronel, porque sou polícia. Outra coisa, não é meu peso, não é meu quilo. É até uma covardia. Deixa ele seguir o caminho. Estava com a esposa. Mas pega ali, sacode pelo pescoço, vai dizer o quê? Pedir socorro? Então deixa o caminho dele seguir”, contou Sturaro nesta quarta-feira (26) em entrevista à Rádio Metrópole.

Revoltado com a postura de Kannário, ele espera que o partido do deputado, o DEM, responsabilize o deputado pela atitude agressiva com a polícia. Na leitura do coronel, o cantor tem esse tipo de comportamento em busca de visibilidade e mais votos nas eleições.

“Burrice pura! O cara que tem uma massa daquela poderia voltar [seu público] pro bem e brigar pela categoria dele”, criticou Sturaro.

Bnews