Com 90% de taxa de ocupação dos leitos de UTI, Vitória da Conquista decreta retorno de aulas semipresenciais

Mesmo com 90% da taxa de ocupação dos leitos de UTI infantis para Covid-19, a prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, decretou na segunda-feira (5), a retomada das aulas de forma semipresencial nas escolas públicas e privadas da cidade. O retorno está marcado para o dia 12 de julho, mas pode ser revogado.

O decreto determina que as unidades de educação devem respeitar os protocolos sanitários, principalmente o de distanciamento adequado. Também devem ser usadas máscaras de proteção facial, além da disponibilização de álcool em gel, e a aferição da temperatura de alunos, professores e outros profissionais, na entrada da escola.

A ocupação dos espaços deve ser limitada a 50% da capacidade, com a distancia de 1,5 metro por aluno. A capacidade de ocupação das salas será reduzida para 25%, caso a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) fique acima de 90%, durante sete dias seguidos.

Além disso, será obrigatório fixar na porta de cada sala de aula a capacidade máxima de ocupação.