Colegiado da Anvisa forma maioria e vacinação emergencial é autorizada

Três diretores da Anvisa já votaram a favor, na tarde deste domingo (17), da liberação da vacinação em regime emergencial dos imunizantes Coronavac e de Oxford, formando maioria que autoriza o uso dos imunizantes. Cinco diretores formam o grupo.

Para a Coronavac, a intenção é liberar para uso emergencial à população 6 milhões de doses do imunizante com seringas preenchidas.

Já quanto à AstraZeneca, vacina da Oxford, serão 2 milhões de doses. Dados apresentados pela Anvisa demonstraram os compromissos dos fabricantes das vacinas com a segurança e os riscos do uso após uma eventual aprovação.

Tanto a aprovação da Coronavac quanto a da Oxford está condicionada à revisão periódica do imunizante e ao acompanhamento de incertezas levantadas ao longo do período de testagem. Meiruze avaliou que os benefícios são maiores do que os riscos.

Todas as áreas técnicas deram parecer favorável à autorização de uso emergencial das vacinas.