Cidade na Bahia não tem internet, sinal de celular e luz é limitada

cidade

A modernidade não chegou para todo mundo. Em Lagoa do Alegre, no interior da Bahia, fronteira com Piauí, sinal de Wi-Fi é novidade: chegou na cidade há cinco meses e custa caro: R$ 500 pela antena que recebe um sinal que vem de longe.

De acordo com o Globo Repórter, no povoado, a luz também acaba cedo. Um gerador fornece energia, mas só funciona das seis da tarde às dez da noite. Martha dos Reis é professora do povoado. Passa a semana sem poder dar nenhum telefonema. Telefone fixo é raridade porque custa muito caro. Orelhão tem, mas não funciona.

Bahia Notícias