“Chegou a hora “, comemora prefeito de Salvador ao manter data de retorno das aulas presenciais nesta segunda-feira

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), afirmou, na manhã desta sexta-feira (30), que o retorno das aulas na capital baiana está mantido para esta segunda-feira (30), mesmo diante dos protestos e ameaças de greve dos professores.

“As escolas estão preparadas e temos a certeza de que a hora é agora”, disse. O gestor também comemou que a capital amanheceu sem fila na regulação para a UTI de Covid-19, tanto adultos quanto pediátricos.

O democrata ainda pediu aos pais que mandem os jovens às escolas. “Temos condições para garantir o presente e o futuro das crianças, que não podem esperar mais e ter três anos letivos comprometidos”, defendeu. Ainda segundo Bruno, regras de segurança serão impostas, como a distância de um metro e meio entre as carteiras, a medição de temperatura dos alunos e o uso obrigatório de máscaras, com exceção dos autistas.

“O fechamento das escolas representa um risco à educação e bem-estar das crianças, além de agravar as desigualdades sociais (…) A APLB Sindicato apresentou uma pauta com 13 reivindicações à Prefeitura e nós atendemos 12,8, só não fizemos 100%, porque isso não depende do prefeito”, disse.

O prefeito também ressaltou que não existe no Brasil uma capital que tenha vacinado 80% dos trabalhadores da Educação, número já atingido por Salvador. “Todas as cidades voltam às aulas para depois vacinar e nós estamos vacinando para depois retomar as aulas”, concluiu.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *