Chapada Diamantina: suspeitos de ameaçar a população em áudios do WhatsApp são presos

Três homens foram presos no último sábado (8) após a Operação Vetor Aéreo, em Mulungu do Morro, na Chapada Diamantina. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP_, a ação aconteceu após supostos áudios que circularam em grupos de WhatsApp em que os suspeitos amedrontam a população.

Cristiano da Silva Costa, Mateus da Silva Costa e Romário Santos Leite foram detidos por agentes das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Semiárido e Chapada, o Grupamento Aéreo da PM (Graer) e o 7° Batalhão de Polícia Militar (BPM/Irecê).

De acordo com a SSP, Erivelton Rodrigues de Souza, considerado líder do tráfico na região, morreu após confronto com as equipes da operação. Ele foi encaminhado para unidade médica, mas não resistiu aos ferimentos. Ele também era investigado por homicídios.

Com o trio, foram encontrados um revólver calibre 38, 294 comprimidos de ecstasy, 26 porções de cocaína, 25 porções de maconha, 88 munições para calibre 9mm, duas para calibre 380, um carregador de pistola calibre 40, três balanças e uma touca estilo balaclava.

De acordo com o comandante da 7° BPM, tenente-coronel Carlos Augusto Ferreira, a operação segue neste domingo (8).

BN