Centro de Operações recomenda proibição de comícios e passeatas em campanhas na Bahia

O Centro de Operações de Emergência em Saúde da Bahia (Coes) recomendou, neste sábado (10), medidas sanitárias mais restritivas em relação ao período eleitoral, como exemplo, a proibição de comícios, passeatas e caminhadas, assim como o acompanhamento de pessoas a pé durante as carreatas.

“O objetivo é evitar o crescimento acelerado de casos e redobrar atenção em diversas localidades, a exemplo das regiões Sudoeste, Sul, Norte e Nordeste que tem permanecido com um platô elevado de infectados e taxas de ocupação de leitos em percentuais de atenção”, explica o secretário da saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Recomendações:

Não permitir a realização de eventos políticos presenciais como comícios;

Não permitir a realização de eventos políticos presenciais como passeatas e caminhadas (assim como as chamadas “motocadas”);

Para carreatas, é permitido desfile de candidato com carro aberto. O candidato deve estar acompanhado de no máximo 3 pessoas. Não deve ser permitido acompanhamento a pé. Medidas de proteção individual devem ser observadas. Os veículos devem manter as janelas abertas. Após e antes do uso, o veículo deve ser desinfetado. Deve haver álcool em gel à disposição dos passageiros.