Menina de 10 anos foi a primeira vacinada contra Covid-19 em Salvador

Foto: Adriana Oliveira / TV Bahia

Uma menina de 10 anos foi a primeira criança a ser vacinada contra a Covid-19 em Salvador, neste sábado (15). A imunização de pessoas com idade entre 11 e 5 anos começou na Bahia nesta manhã, após sucessivos atrasos na chegada das doses pediátricas.

A menina é a Larissa Mota, que nasceu com mielomeningocele, um tipo de malformação na coluna vertebral. Ela também tem atrasos cognitivos. O início da vacinação foi feito com uma cerimônia na Associação de Pais e Amigos Excepcionais (Apae).

A imunização começou com crianças com deficiência permanente (motora, auditiva, visual e intelectual), além de crianças com 11 anos sem comorbidades.

G1

Criança indígena é a primeira a ser vacinada contra a Covid no Brasil

Foto: Governo de São Paulo

Davi Seremramiwe, de 8 anos, foi a primeira criança brasileira a receber uma dose da vacina contra a Covid-19. A aplicação aconteceu na manhã desta sexta-feira (14), em solenidade no Hospital das Clínicas de São Paulo.

O garoto indígena é natural de Mato Grosso, mas vive em São Paulo para realizar tratamento de saúde.

O menino recebeu o imunizante da Pfizer, até o momento o único liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

(mais…)

Mães comemoram início da vacinação de crianças contra Covid nesta sexta em Salvador: “expectativa imensa”

Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil

Salvador inicia nesta sexta-feira (14) a vacinação de crianças entre cinco e 11 anos contra a Covid-19. Segundo o prefeito Bruno Reis (DEM), a capital baiana receberá 16 mil doses neste primeiro lote da vacina da Pfizer. O uso do medicamento foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em dezembro do ano passado.

O início da imunização acontece em meio a alta de caso em todo o Brasil. Na última quinta-feira (13), além de registrar 569 novos casos da doença, a capital baiana registrou 80% de ocupação nos leitos de UTI pediátrica destinados ao tratamento da Covid-19.

(mais…)

“Anvisa atestou e vacinação infantil é segura”, diz ministro da Saúde

O Brasil recebeu nesta quinta-feira (13) a primeira remessa de vacinas da Pfizer contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, falou em entrevista coletiva – após a chegada dos imunizantes – sobre a segurança e eficácia da vacinação contra a Covid-19 em crianças.

“Apesar de recentes, essas vacinas têm sido aplicadas nos principais sistemas de saúde, a aplicação começou em novembro, mais de 8 milhões foram aplicadas nos EUA, e as crianças de 5 a 11 anos não têm sido notificadas de eventos adversos maiores”, disse Queiroga.

(mais…)

Covid-19: Brasil recebe 1º lote da vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

Foto: Reprodução TV Globo

O Brasil recebeu, na madrugada desta quinta-feira (13), às 4h38, o primeiro lote da vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos. A remessa com 1,248 milhão de doses desembarcou no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, no dia 16 de dezembro, a vacinação de crianças desta faixa etária. Na quarta-feira (12), o governo de São Paulo anunciou abertura do pré-cadastro para início da imunização de crianças de 5 a 11 anos contra a doença. Os pais podem acessar o site do governo paulista para inserir os dados da criança e agilizar o atendimento nos postos de saúde do estado.

(mais…)

Anvisa suspende prazo de análise da Coronavac para crianças e cobra dados

Reprodução: Getty

A  Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) voltou a suspender nesta terça-feira (11) o prazo de análise do pedido do Instituto Butantan de vacinação do público de 3 a 17 anos com a Coronavac.

Em nota, a agência disse que pediu “esclarecimentos adicionais” sobre estudo conduzido pelo governo chileno sobre a vacinação dos mais jovens com este imunizante, além de ajustes no plano de gerenciamento de risco da aplicação das doses.

A  Anvisa e o Butantan marcaram reunião para a manhã de quinta-feira (13) para discutir os dados exigidos, além de “eventuais compromissos, em caso de autorização de uso da vacina”, disse a agência. (mais…)

Anvisa libera vacina contra Covid-19 100% nacional; primeiro lote será entregue em fevereiro

Foto: Otávio Santos / Secom PMS

Nesta sexta-feira (7/1), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) utilize o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) feito pela própria fundação na fabricação da vacina contra Covid-19. Com isso, as primeiras doses do imunizante 100% nacionais devem ser entregues ao Ministério da Saúde em fevereiro.

De acordo com a Fiocruz, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) dispõe, no momento, de insumo o suficiente para a fabricação de 21 milhões de doses com o IFA nacional, que se encontram em diferentes etapas de produção e controle de qualidade.

(mais…)

OMS encerra 2021 sem atingir meta de 40% da população mundial vacinada contra Covid

Reprodução: Pixabay

A Organização Mundial da Saúde (OMS) terminará 2021 sem alcançar a meta de ter 40% da população mundial vacinada contra a Covid-19. 92 nações ainda não alcançaram este índice.

O diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom, lamentou o fato. Segundo ele, a meta era “plausível” e considerou uma “vergonha moral” o número não ter sido atingido.

A situação é descrepante quando se compara a média de vacinação em países ricos e nas economias de baixa renda. Nos países ocidentais, a média está em cerca de 80% de vacinados, já nos pobres, esse número gira em torno de 8%, principalmente no continente africano.

Após encerrar consulta pública, MS cria novo formulário sobre vacinação de crianças

Após ter sido encerrada horas após a sua abertura, a consulta pública que o Ministério da Saúde sobre a vacinação de crianças contra a Covid-19 voltou a ficar disponível no site da pasta. Antes, ao tentar responder o questionário, aparecia uma mensagem informando que ele havia atingido o número máximo de respostas.

Prevista para ficar aberta até 2 de janeiro de 2022, a consulta tem o objetivo de auxiliar o governo federal a decidir qual será a recomendação em relação ao tema. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a imunização de pessoas entre 5 e 11 anos com a vacina da Pfizer no di 16 de dezembro, ou seja, há mais de uma semana.

Em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (23), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já adiantou que a pasta recomendará a vacinação para crianças no Brasil, mas afirmou que ela acontecerá mediante a apresentação de prescrição médica e consentimento dos pais.

Conselho de secretários de Saúde diz que não exigirá pedido médico para vacinação de crianças

 

Foto: Pixabay

A vacinação desse público com o imunizante da Pfizer foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 16 de dezembro. A Anvisa é o órgão de estado responsável pela palavra final em relação à liberação de vacinas.

Entretanto, até o momento o Ministério da Saúde não adotou medidas para iniciar a aplicação da vacina em crianças. Ao invés disso, anunciou a realização de uma consulta pública para ouvir a sociedade a respeito da imunização desse público.

A consulta pública está prevista para ficar aberta até 2 de janeiro. Especialistas afirmam que essa etapa é inédita no processo e que vai atrasar ainda mais a imunização infantil.

Antes de abrir a consulta, diretores do ministério se reuniram com opositores da vacinação infantil. O presidente Jair Bolsonaro também já manifestou diversas vezes contra a vacinação.

(mais…)

Apesar de liberada, vacina contra Covid para crianças não tem previsão de chegar no Brasil

Foto: Taylor Brandon/Unsplash

Na tarde de ontem (16), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a vacinação com o imunizante da Pfizer para as crianças de 5 a 11 anos. Apesar da notícia, ainda não se sabe quando esse público receberá o imunizante.

Isso porque, de acordo com a Anvisa, o Brasil não possui as doses da Pfizer destinadas ao público infantil e a chegada do imunizante depende do calendário e da logística do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI/MS), que coordena a distribuição das vacinas por meio de programas públicos no país.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que não há tempo suficiente para começar a vacinar crianças de 5 a 11 anos ainda neste ano e ainda disse que a avaliação da Anvisa em favor desta imunização não basta e que será preciso também a do próprio Ministério da Saúde.

(mais…)

Covid: vacina da Pfizer tem eficácia de 100% para jovens de 12 a 15 anos

Reprodução: Pixabay

Os laboratórios Pfizer e BioNTech informaram nesta segunda-feira (22) que sua vacina contra a Covid-19 tem 100% de eficácia em adolescentes de 12 a 15 anos e ofereceu forte proteção de longo prazo contra o vírus em um estudo de fase 3 conduzido nos jovens dessa faixa etária.

No Brasil, o imunizante é autorizado para adolescentes a partir de 12 anos. Segundo os fabricantes, dados de 2.228 participntes do ensaio não identificaram nenhum caso de Covid entre os completamente vacinados, enquanto houve 30 casos sintomáticos da doença no grupo que recebeu o placebo.

A EMA (regulador europeu) e a Anvisa (agência brasileira) avaliam pedido para a faixa dos 5 aos 11 anos.

Covid-19: Intervalo da dose de reforço da vacina passa de 6 para 5 meses para todos os adultos

Foto: PMI

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (16) a redução do intervalo da dose de reforço da vacina contra Covid-19. O intervalo passou de seis para cinco meses após o esquema vacinal completo (dose única ou duas doses). Além disso, a partir de agora, a dose adicional está liberada para qualquer pessoa com mais de 18 anos.

“Graças às informações que temos dos estudos científicos, nós decidimos ampliar a dose de reforço para todos acima de 18 anos que tenham tomado a segunda dose há mais de cinco meses”, disse Marcelo Queiroga.
Até então, a dose de reforço estava aprovada para os maiores de 60 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde.

Queiroga explicou que o ministério não divulgará um calendário por faixa etária para a tomar a dose adicional.

(mais…)

Bahia tem 79,7% da população acima de 12 anos vacinada com a primeira dose

Com 10.150.478 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose ou dose única, a Bahia já vacinou 79,72% da população com 12 anos ou mais, estimada em 12.732.254. Cerca de 5.680.278 de pessoas estão imunizadas com as duas doses ou a dose única, ou seja, 44,6% do público alvo.

Em Salvador, 2.098.094 receberam a primeira dose ou dose única da vacina, o que corresponde a 99% do público alvo vacinado (2.119.195 pessoas, sendo 1.977.574 indivíduos com 18 anos ou mais e 141.621 adolescentes cadastrados). A parcela da população totalmente imunizada é de 1.265.282 pessoas, ou seja, 59,7%.

Já a terceira dose, de reforço, para os idosos com 60 anos ou mais, imunossuprimidos e profissionais da área da saúde acima de 50 anos foi aplicada em 54.798 indivíduos na capital baiana.

Metro 1

Argentina aprova uso da vacina Sinopharm para crianças de 3 a 11 anos

Foto: Pexels

O governo da Argentina anunciou a aprovação do uso da vacina da Sinopharm, de origem chinesa, para imunizar crianças de 3 a 11 anos contra a Covid-19, única faixa etária que ainda não iniciou o processo de imunização no país sul-americano.

“É um grande passo em nossa campanha de vacinação e se soma à escalada de vacinação de adolescentes que planejamos para outubro”, declarou a ministra da Saúde, Carla Vizzotti, em uma coletiva de imprensa conjunta com seu colega da Educação, Jaime Perczyk.

(mais…)