Nas ruas de Buenos Aires, argentinos choram morte de Maradona

A Argentina foi surpreendida nesta quarta-feira com a pior notícia que um país apaixonado pelo futebol poderia receber, a de que Diego Armando Maradona havia falecido. Alguns painéis municipais, que costumam alertar sobre acidentes de trânsito, diziam “Obrigado, Diego”. A bandeira argentina foi pendurada em várias varandas. Centenas de torcedores foram ao Obelisco, tradicional ponto de encontro das festas do futebol em Buenos Aires.

Nas ruas da capital argentina, as pessoas, ainda um pouco incrédulas, caminhavam errantes procurando algo de consolo, como três jovens que caminhavam pela Plaza de Mayo, no centro da capital. Perguntados como receberam a notícia da morte de Maradona disseram: “Muito mal, como todos os argentinos”. Um deles nem podia falar tamanha a emoção. “Eu não posso falar, me desculpe!”, respondeu à pergunta de como ficou sabendo da notícia, para na sequência mostrar uma tatuagem de Maradona na panturrilha.

(mais…)

Vídeo: Torcedores do Bahia se reúnem em frente à Arena Fonte Nova para homenagem a Jotinha

Torcedores do Bahia se reuniram em frente à Arena Fonte Nova, na noite desta quinta-feira (5), pouco antes do jogo entre o Esquadrão e o Melgar-PER, para homenagear o humorista Jotinha, que morreu horas antes em decorrência de complicações causadas pela Covid-19.

De mãos dadas, os tricolores rezaram o “Pai Nosso” dedicando ao influenciador digital. Fenômeno das redes sociais e considerado o “Rei do WhatsApp”, Jotinha foi também garoto propaganda do Esporte Clube Bahia entre 2018 e 2019.

José Luiz Almeida da Silva, mais conhecido como Jotinha, tinha 52 anos e faleceu na tarde de hoje após ficar dias internado em coma induzido na ala intensiva do Hospital Incar, na cidade de Santo Antônio de Jesus. Ele apresentava um problema respiratório agudo e foi diagnosticado com a Covid-19.

Adeus, professor! Jorge Portugal refletiu sobre “cultura da quarentena” em penúltimo vídeo; assista

O professor Jorge Portugal fez uma reflexão sobre o que espera da humanidade após a pandemia da Covid-19. Em um vídeo postado no último dia 24 de maio, ele falou sobre a “cultura da quarentena”, fazendo projeções para o pós-isolamento.

“Para aqueles que nunca entenderam profundamente o que é cultura, está podendo vivenciar agora a cultura do abraço, do carinho, do afeto, do estar próximo… Isso está cancelado por um bom tempo. Só espero que depois de toda essa experiência a humanidade tire a essência dessa lição e seja bem melhor”, refletiu.

Portugal morreu na noite desta segunda-feira (3). Ele estava internado no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), no Cabula, e foi vítima de falência cardíaca aguda. Diversos políticos baianos lamentaram a morte do ex-secretário de Cultura do Estado. O governador Rui Costa (PT) decretou luto oficial em toda a Bahia. (BNews)