BTG Pactual: Bolsonaro tem 60% dos votos válidos; diferença para Haddad vai a 20 pontos

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, apresenta larga vantagem em relação ao adversário Fernando Haddad (PT), segundo pesquisa feita pelo instituto FSB, contratada pelo banco BTG Pactual. De acordo com o levantamento, divulgado nesta segunda-feira (22), o capitão da reserva tem 60% dos votos válidos, enquanto Haddad possui 40%. Os votos válidos excluem do cálculo os brancos e nulos.

Já nos votos totais, que incluem brancos e nulos, Bolsonaro também lidera com folga. Veja abaixo os números:

Jair Bolsonaro (PSL) – 52%
Fernando Haddad (PT) – 35%
Branco/Nulo – 6%
Ninguém/Nenhum – 5%
Não Soube/Não Respondeu – 11% (mais…)


Pesquisa CUT/Vox Populi traz Bolsonaro com 53% e Haddad com 47%

A diferença entre o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, e o candidato do PT, Fernando Haddad, está em 6 pontos percentuais. De acordo com pesquisa feita pelo instituto Vox Populi, Bolsonaro está com 53% dos votos válidos e Haddad com 47%. O levantamento foi feito na terça-feira e quarta-feira, antes, portanto, da publicação das denúncias envolvendo a prática de crime eleitoral da campanha de Bolsonaro, por meio do financiamento empresarial da distribuição em massa de fake news via listas de WhatsApp.

No voto estimulado, Haddad lidera na região Nordeste, vencendo Bolsonaro por 57% a 27%. Nas demais regiões, o presidenciável do PSL lidera, alcançando 21 pontos percentuais de vantagem sobre o adversário nas regiões Sudeste e Sul.

Em termos absolutos, Bolsonaro aparece com 44% e Haddad com 39%. Brancos e nulos somam 12% e outros 5% disseram não saber. A pesquisa foi contratada pela CUT e contou com 2 mil entrevistas aplicadas em 120 municípios. A margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo desconfiança de 95%. A sondagem foi registrada no TSE com o número BR-08732/2018.

Sul21

Bolsonaro tem 64% dos votos válidos e Haddad tem 36%, diz pesquisa DataPoder360

Uma pesquisa realizada pela DataPoder360 nos dias 17 e 18 de outubro de 2018 indica que Jair Bolsonaro (PSL) tem 64% dos votos válidos – aqueles que excluem brancos, nulos e indecisos na pesquisa. Adversário do deputado federal na corrida presidencial, Fernando Haddad tem 36% das intenções de voto, segundo o estudo divulgado nesta sexta-feira (19). O levantamento é feito pela DataPoder360 por telefone.

A pesquisa entrevistou 4.000 pessoas em 413 cidades em todas as 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O registro na Justiça Eleitoral é BR-08852/2018. Quando se consideram os votos totais, Bolsonaro tem 57% das intenções de voto enquanto Haddad teria 31%. Há 9% dos eleitores que dizem votar em branco ou nulo. Outros 3% não sabem ou não quiseram responder.

A pesquisa ainda levantou que 95% dos eleitores de Bolsonaro dizem ter certeza do voto. Entre apoiadores de Haddad, a certeza é de 93%. A rejeição ao petista chegou ao patamar de 60%, o dobro do que tem Bolsonaro (30%).

DataPoder 360

Asteroide gigante vai passar ‘de raspão’ na Terra nesta quarta-feira

O asteroide 2016 NF23 que vai passar próxima à Terra na quarta-feira (29) é maior do que as pirâmides do Egito e deve se aproximar a uma velocidade de mais de 30 mil km/h, segundo informações da Nasa.

De acordo com o UOL, a agência espacial norte-americana classificou o corpo como “asteroide potencialmente perigoso” e o colocou em sua lista de observação. (mais…)

Estudo diz que bebidas alcoólicas mataram 3 milhões de pessoas em 2016

O consumo de álcool causou a morte de 3 milhões de pessoas em 2016, revelou um estudo da Universidade de Wasgington, em Seattle, e divulgado pela revisa The Lancet.

A pesquisa mostrou que o álcool foi responsável pior 12% das mortes de homens com idades entre 15 e 49 anos e afirma que não há um nível seguro de consumo para não prejudicar a saúde.  (mais…)


Consumo excessivo de álcool em curto espaço de tempo aumenta o risco de AVC e infarto

Pesquisa publicada no “Journal of American Heart Association” nesta última sexta-feira (10) mostra que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas em um curto período de tempo está associado ao desenvolvimento de pressão alta, colesterol alto e maior quantidade de açúcar no sangue em pessoas mais jovens.

Esses fatores aumentam o risco de problemas cardiovasculares como o infarto e o Acidente Vascular Cerebral (AVC). O estudo também se soma a outras evidências que mostraram, por exemplo, que o desenvolvimento de hipertensão antes dos 45 anos está associado a riscos significativamente maiores de morte cardiovascular mais tarde na vida.

O estudo analisou dados de 4.710 adultos com idades entre 18 e 45 anos. Os participantes foram classificados como não-bebedores, bebedores compulsivos (muito consumo de bebida 12 vezes por ano) e bebedores compulsivos de alta frequência (mais de 12 vezes por ano).

O consumo excessivo de álcool de alta frequência foi relatado por 25,1% dos homens e 11,8% das mulheres. Já o consumo de 12 vezes por ano, foi relatado 29% dos homens e 25,1% das mulheres.

Diferenças entre os gêneros

O estudo também encontrou diferenças em como o consumo excessivo de álcool afeta homens e mulheres jovens. Os homens apresentaram maior pressão arterial e colesterol total. Já elas, tinham níveis mais altos de açúcar no sangue quando comparadas às que beberam com moderação.

Os pesquisadores relatam que um em cada cinco jovens universitários relata consumo excessivo – com três ou mais episódios de bebedeira nas duas semanas anteriores. Em cada episódio, eles consomem de seis a sete drinques.

(mais…)

Bahia registra aumento no número de mortes em ações policiais entre 2016 e 2017

Nesta quinta-feira 09, segundo o 12º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, houve um aumento no número de mortes ocorridas em ações policiais, entre os anos de 2016 e 2017,o estado da Bahia é o terceiro com maior número de mortes.  Em primeiro vem o Rio de Janeiro,em segundo lugar ficou São Paulo, com 857 mortes em 2016 e 940 em 2017.

Das mortes provocadas por policiais na Bahia, cerca de 90% ocorreram em operações da Policia Militar, e de acordo com o levantamento o número aumentou de uma ano para outro.Segundo os dados, no primeiro ano ocorreram 15 mortes de policiais, contra 18 no segundo. Destas, a maioria é de policiais militares, com 12 mortes nos dois anos. No entanto, em 2017, nenhuma das mortes ocorreu enquanto os policiais estavam em serviço.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que o “policial baiano responderá sempre de maneira enérgica e proporcional a ataques de criminosos, e que a legítima defesa dele e da sociedade é amparada legalmente”.

G1

Brasileiro gasta 14% de seu salário em cerveja

A cerveja é uma preferência nacional. Um estudo da Cuponation em parceria com o Deutsche Bank traz um dado curioso: o brasileiro gasta 14% do salário com a bebida.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores utilizaram o preço médio de um pint (500ml) em São Paulo. Como os brasileiros consomem, em média, 6 litros de cerveja por ano, isso equivale a 14% do salário mínimo. (mais…)


Nasa revela estar a um passo de encontrar vida em lua de Júpiter

A lua Europa, uma das 79 que orbitam Júpiter, é um dos locais mais promissores no Sistema Solar para a existência de vida extraterrestre. Um estudo divulgado pela Nasa nesta segunda-feira (23) revela que os sinais de vida podem ser encontrados de maneira mais fácil do que se imaginava.

A pesquisa publicada pela Nature Astronomy afirma que cadeias de aminoácidos (estruturas que constituem toda a matéria viva) existem há pelo menos 10 milhões de anos na lua e estão localizadas de 1 a 3 centímetros abaixo da superfície. (mais…)

Número de professores com transtornos mentais dobra no Brasil, diz pesquisa

Uma recente pesquisa divulgada pela Globonews afirmou que o número de professores de escolas estaduais afastados por transtornos mentais ou comportamentais quase dobrou entre 2015 e 2016. De acordo com a apuração no ano de 2015, cerca de 25.849 professores apresentaram algum tipo de problema. Em 2016 esse números chegou a 50.046. No ano de 2017, até setembro, houve 27.082 afastamentos de docentes.

Outra pesquisa realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) com mais de 100 mil professores e diretores de escolas do segundo ciclo de ensino fundamental revela que o Brasil é o país que tem o maior índice de violência contra professores. A enquete foi feita com 34 países e constatou que 12,5% dos professores brasileiros já foram vítimas de agressões verbais ou intimidação de alunos pelo menos uma vez na semana.

Outra pesquisa denominada Trabalho Docente na Educação Básica do Brasil revela que depressão, ansiedade, nervosismo e estresse são algumas das principais causas que levam ao afastamentos de professores. Em declaração a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE) afirma que a categpria sofre muito estresse devido à quantidade de alunos em sala de aula, baixa remuneração e pelas más condições de trabalho.

Ministério da Saúde confirma 77 mortes por dengue este ano

Ministério da Saúde confirmou mais 15 mortes por dengue esse ano: são 77, segundo último boletim divulgado com levantamento até o dia 23 de junho. Nos dados anteriores, divulgados há uma semana, a pasta havia confirmado 62 mortes.

Outras 181 mortes pelo vírus da dengue estão em investigação. No total, a pasta confirmou 1884 casos de dengue grave e com sinal de alarme.

A região com maior número de casos prováveis de dengue foi a Centro-Oeste: foram 64.563 notificações (37,6% do total); em seguida, está o Sudeste com 51.172 notificações (24,9%) do total. Em relação ao chikungunya, o Ministério da Saúde confirmou 11 óbitos esse ano. Outras 42 mortes estão sendo investigadas.

Ministério da Saúde