Espanha registra duas mortes relacionadas à varíola dos macacos

Foto: Reprodução

A Espanha registrou duas mortes relacionadas à varíola dos macacos, na sexta-feira (29) e no sábado (30). Segundo a CNN Brasil, os dois falecimentos são os únicos que ocorreram na Europa.

A primeira morte foi relatada na sexta, logo após o Brasil também anunciar a primeira morte relacionada à varíola dos macacos. Ainda de acordo com a CNN, que coletou informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), essas três mortes registradas são as primeiras a ocorrerem fora do continente africano.

O Ministério da Saúde espanhol informou que foram confirmados 4.298 casos no país. Cerca de 3.750 estavam sendo monitorados e, destes, 120 foram hospitalizados – o que representa 3,2% – e dois morreram.

Argentina tem primeiro caso confirmado de varíola dos macacos na América Latina

Foto: Centro de Controle de Doenças/Divulgação

O primeiro caso de varíola dos macacos foi registrado na América Latina nesta sexta-feira (27). A notificação foi de um paciente da Argentina. O Ministério da Saúde do país informou que “o sequenciamento mostrou uma alta porcentagem de homologia com sequências do clado da África Ocidental”.

Segundo a imprensa argentina, trata-se de um homem de 40 anos que voltou da Espanha. O paciente está “em boas condições, em tratamento sintomático”, enquanto seus contatos próximos estão sob controle clínico e epidemiológico e sem apresentar sintomas, disse o relatório. O Ministério da Saúde também notificou o surgimento de outro caso suspeito de um residente na Espanha que está visitando a província de Buenos Aires e não tem ligação como paciente anterior. “O doente encontra-se em bom estado geral, isolado e recebe tratamento sintomático”, diz o comunicado.

A varíola do macaco é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido aos seres humanos por animais infectados. A transmissão de pessoa para pessoa é possível, mas rara. Atualmente, a doença é considerada endêmica em uma dúzia de países africanos.

OMS monitora 169 casos de hepatite aguda desconhecida; há relato de uma morte

Reprodução: iStock

Autoridades internacionais investigam o aumento de casos de hepatite aguda de origem desconhecida em crianças e jovens de até 16 anos. Relatadas inicialmente no Reino Unido até 8 de abril – onde ainda se concentram mais de cem casos – as notificações já atingem outros países da Europa, além dos Estados Unidos e Israel. Até sexta-feira, 21, eram pelo menos 169 casos em ao menos treze países, segundo último boletim divulgado neste sábado, 22, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Pelo menos uma morte foi relatada, porém, não há detalhes sobre o histórico da vítima.

Além do Reino Unido e Irlanda do Norte (114), foram notificados casos na Espanha (13), em Israel (12), nos Estados Unidos (9), na Dinamarca (6), na Irlanda (menos de 5), na Holanda (4), na Itália (4), na Noruega (2), na França (2), na Romênia (1) e na Bélgica (1).

Até o momento, dezessete crianças necessitam de transplante de fígado. Conforme a OMS, a hepatite é uma inflamação que atinge o fígado causada por uma variedade de vírus infecciosos (hepatite viral) e agentes não infecciosos. A infecção pode levar a uma série de problemas de saúde, que podem ser fatais. Os vírus comuns que causam hepatite viral aguda (vírus da hepatite A, B, C, D e E) não foram detectados em nenhum desses casos. (mais…)

OMS não considera que pandemia de Covid-19 tenha atingido situação de endemia

Foto: Jorge Magalhães/Pref. de Feira de Santana

A Organização Mundial da Saúde (OMS) não considera que a pandemia de Covid-19 possa ser considerada uma “endemia”. O diretor executivo do órgão, Mike Ryan, considerou que a mudança de status não é o passo mais importante para se ter “um controle sustentado do vírus”.

Ryan também lembrou que há doenças endêmicas que provocam muitas mortes todos os anos pelo mundo, desmitificando a ideia de que caso a Covid-19 seja considerada uma endemia, ela traria menos problemas.

O diretor executivo da OMS ressaltou ainda que as ondas do vírus têm sido superadas com maior tranquilidade nos países com maior cobertura vacinal. No entanto, naqueles com baixa cobertura de vacinas, o quadro ainda é muito grave.

Baiano que vive na Romênia ajuda brasileiros a fugirem da guerra na Ucrânia

Reprodução: Redes sociais

O jornalista baiano Davi Carneiro, 37 anos, vive na Romênia há nove anos. Assim que a Rússia iniciou os ataques contra a Ucrânia, na última quinta-feira (24), ele entrou no Frente Brazucra, grupo formado por brasileiros na Europa que está ajudando outros compatriotas a fugir do conflito.

O grupo já resgatou 40 brasileiros e ajudou indiretamente outros 80. A fundadora do Frente Brazucra, Clara Martins, saiu de carro da Alemanha para resgatar brasileiros na Ucrânia. O cientista Rodolfo Caires, 32 anos, residente na Irlanda, também está atuando no resgate em solo ucraniano.

Por fazer fronteira com a Ucrânia, a Romênia foi o destino e a porta de saída de muitas pessoas. “Como percebi que teríamos uma demanda grande de pedidos de ajuda, eu criei o grupo paralelo de apoio para a Romênia e comecei a mobilizar os brasileiros que vivem por aqui. Hoje já são 50 pessoas neste grupo”, conta Davi. (mais…)

Putin ataca cidades da Ucrânia; Kiev fala em invasão total

Foto: Reprodução CNN

Após quatro meses de crise com o Ocidente, a Rússia decidiu atacar a Ucrânia nesta quinta (24) e estabelecer uma presença militar no Donbass (leste do vizinho), naquilo que Kiev classificou do começo de uma invasão total.

Há explosões ouvidas em diversos pontos do país, e o governo da Ucrânia afirma que soldados russos desembarcaram em Odessa, importante porto do mar Negro no sul do país, e cruzaram a fronteira perto de Kharkiv. Ainda não há confirmação disso.

Em pronunciamento às 5h45 (23h45 da quarta, 23, em Brasília), o presidente Vladimir Putin disse que anunciou uma operação militar para “proteger a população do Donbass”, região do vizinho na qual ele reconheceu áreas rebeldes pró-Rússia na segunda (21).

(mais…)

“Ou somos irmãos ou tudo desaba”, afirma Papa Francisco no Dia da Fraternidade

O Papa Francisco e o Grão Imame de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb || Foto Vatican Media

No Dia Internacional da Fraternidade Humana, comemorado hoje (4), o papa Francisco diz que a fraternidade é o único caminho possível para a humanidade ferida por guerras. “Ou somos irmãos ou tudo desaba”.

Ele fez a afirmação em mensagem enviada a participantes de mesa-redonda realizada na Expo Dubai 2020, com a participação de representantes da Santa Sé e de religiosos da Universidade Al-Azhar, do Cairo.

Na mensagem, o pontífice saúda o Grão-Imame Ahmed Al-Tayyeb, com o qual assinou Documento sobre a Fraternidade Humana três anos atrás, o xeque Mohammed bin Zayed e duas instituições: o Alto Comitê para a Fraternidade Humana e a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

(mais…)

Robinho é condenado em última instância a nove anos de prisão por estupro

A Corte de Cassação de Roma, última instância da justiça italiana, rejeitou o recurso apresentado pelo atacante Robinho e por Ricardo Falco, amigo do jogador, e confirmou a condenação dos dois a nove anos de prisão por violência sexual de grupo cometida contra uma mulher albanesa numa boate de Milão, em 2013. A sentença é definitiva, não cabe mais recurso, e a execução da pena é imediata.

Com a condenação, a justiça italiana poderá pedir a extradição de Robinho e Falco, mas dificilmente eles serão mandados para a Itália, pois a constituição brasileira veta a extradição de brasileiros. Desta forma, a Itália poderá pedir que eles cumpram as penas de prisão em uma penitenciária brasileira.

Para isso, é necessário que a Itália peça a transferência de execução de pena à justiça brasileira e espere que o Supremo Tribunal de Justiça faça a homologação da sentença estrangeira. Mas, segundo a Secretaria de Cooperação Internacional da PGR (Procuradoria Geral da República), “não existe um prazo para o trâmite do processo”.

(mais…)

Quase 4,5 mil voos são cancelados no mundo por avanço da ômicron durante Natal

Foto: Divulgação/Schipol Airport

As companhias aéreas cancelaram entre sexta-feira (24) e a manhã deste sábado (25) quase 4.500 voos em todo mundo e milhares de viagens sofreram atrasos devido à expansão da variante ômicron da Covid-19, informou o site Flightaware, que rastreia voos.

De acordo com o indicador da Flightaware, ao menos 2 mil voos foram cancelados no dia de Natal, incluindo 700 com origem ou destino aos Estados Unidos, e quase 1.500 sofreram atrasos, segundo um balanço até 7h20 GMT (4h20 de Brasília).

Segundo estimativas da Associação Automobilística Americana (AAA), mais de 109 milhões de norte-americanos devem deixar sua área de residência de avião, trem ou carro, entre 23 de dezembro e 2 de janeiro, um aumento de 34% em relação ao ano passado.

OMS classifica nova variante do coronavírus como ‘preocupante’

Reprodução: Shutterstock

A Organização Mundial da Saúde decidiu incluir a cepa B.1.1.259 do coronavírus como uma “variante preocupante”, após análise do Grupo Técnico Consultivo sobre a Evolução do Vírus SARS-CoV-2 realizada nesta sexta-feira, 26. A variante, detectada pela primeira vez na África e já presente em ao menos três continentes, foi nomeada “Omicron” pela OMS.

De acordo com o grupo consultivo, a cepa Omicron foi reportada pela África do Sul à OMS no última dia 24, e sua primeiro infecção conhecida data de uma amostra coletada em 9 de novembro. Em comunicado, o órgão multilateral destaca que a variante possui um grande número de mutações, “algumas das quais preocupantes”, e apresentou alta risco de reinfecção em comparação com outras variantes classificadas como preocupantes, segundo evidências preliminares.

De acordo com a OMS, o surgimento da Omicron coincide com um momento de alta abrupta nos casos de covid-19 na África do Sul, e testes PCR realizados no país indicam uma maior capacidade de disseminação da cepa. Por isso, a entidade recomenda que os países aprimorem a vigilância sobre novos casos, emitem novas informações sobre a variante a uma base de dados pública e promovam estudos sobre a cepa, em nações onde há capacidade de investigação clínica.

Casos de Covid-19 no mundo se aproximam de 250 milhões

Reprodução: Shutterstock

O mundo já se aproxima de ter 250 milhões de casos registrados de Covid-19, segundo a plataforma de monitoramento da Universidade Johns Hopkins.

Ao todo, já são 249.825.817 casos de infecções até às 18h deste domingo (7). Os Estados Unidos continuam sendo o país com maior número de casos, com mais de 46 milhões, seguido por Índia que registra 34 milhões infecções e Brasil com mais de 21 milhões.

Já o número de mortes está em 5.048.445 no mundo. Neste ranking, Estados Unidos também ocupam o primeiro lugar com 754.391 óbitos, seguido pelo Brasil com mais de 608 mil.
Embora as Américas sejam o continente com maior concentração de casos e mortes, é a Europa que tem preocupado a Organização Mundial da Saúde. (mais…)

Brasil e Argentina vão monitorar a Covid-19 na fronteira

Reprodução: Jovem Pan News

O Brasil e a Argentina apresentaram nesta quarta-feira, 03, um projeto conjunto para realizar o monitoramento epidemiológico do novo coronavírus em dois postos de fronteira entre os países. De acordo com um comunicado do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação da Argentina, as tarefas de vigilância sanitária serão realizadas nos postos fronteiriços que ligam Paso de los Libres e Santo Tomé (Argentina) às cidades gaúchas de Uruguaiana e São Borja. “É importante lançar este projeto. A pandemia apresentou enormes desafios a nossos países.

A realização da vigilância epidemiológica molecular ativa do Sars-CoV-2 em cidades vizinhas exige que tomemos todas as precauções e estejamos atentos a novas variantes”, disse o ministro argentino de Ciência, Tecnologia e Inovação, Daniel Filmus, na apresentação do projeto. Ainda segundo o comunicado, o projeto de vigilância epidemiológica consistirá no sequenciamento de amostras colhidas de portadores que testarem positivo para Covid-19 nos postos fronteiriços ou apresentarem sintomas na chegada à fronteira. Também será realizada uma vigilância ativa das variantes do vírus nas áreas de fronteira da província argentina de Corrientes, com o objetivo de detectar variantes preocupantes. “Esta estratégia complementar permitiria a confirmação rápida de qualquer variante não detectada que entrasse na fronteira”, diz o comunicado.

De acordo com dados oficiais, em média 136 caminhões passam pelo posto fronteiriço de Santo Tomé-São Borja, na direção Brasil-Argentina por dia e outros 200 caminhões em média passam pelo posto Paso de los Libres-Uruguaiana, 80% deles conduzidos por brasileiros por dia.

Com alta de casos de Covid, China vacina crianças e anuncia novas restrições

Reprodução: Ag Saúde DF

A Comissão de Saúde da China anunciou nesta segunda-feira, 25, que registrou 35 novos casos de Covid-19 por transmissão local. No país, mais de 1,07 bilhão de pessoas já foram vacinadas contra o vírus. A população é estimada em 1,4 bilhão.

Nos últimos sete dias foram registrados 100 casos. Com a alta de casos, governos de várias regiões e províncias anunciaram o início da vacinação de crianças de 3 a 11 anos. Em junho, o país asiático aprovou as vacinas da Sinovac e da Sinopharm para este público.

Para o público geral, foi anunciado o confinamento de milhares de pessoas. Moradores da capital foram orientados pelo governo a reduzir os deslocamentos não essenciais. As medidas são tomadas a 100 dias do início dos jogos Olímpicos de inverno, previstos para acontecer em 2022 em Pequim. (mais…)

Vale tenta resgatar 39 trabalhadores presos em mina no Canadá

Reprodução: Vale

A mineradora Vale prevê resgatar ainda nesta segunda-feira todos os 39 trabalhadores que estão presos na mina subterrânea Totten em Sudbury, Ontário, no Canadá, desde um incidente na tarde de domingo, informou a companhia em comunicado à imprensa.

Segundo a Vale, uma pá escavadeira que estava sendo transportada no acesso à mina subterrânea se desprendeu, bloqueando o “shaft” e, com isso, indisponibilizando o meio de transporte dos empregados.

Os funcionários sairão por meio de um sistema de escada de saída secundária com o apoio da equipe de resgate da Vale, que já alcançou os mineradores e iniciou a movimentação, segundo a empresa. (mais…)

Líder de movimento “antimáscara” nos EUA morre de Covid, aos 30 anos

Reprodução: Facebook

Caleb Wallace, de 30 anos, líder de um movimento antimáscara nos Estados Unidos, morreu no último sábado (28) de Covid-19.

Segundo a imprensa americana, quando ele apresentou os primeiros sintomas, preferiu não fazer o teste de diagnóstico nem procurar ajuda médica — tomou vitamina C, ivermectina, zinco e ácido acetilsalicílico. Segundo os cientistas, esses medicamentos são ineficazes no combate à doença.

Quatro dias depois, no entanto, Caleb foi internado em um hospital de San Angelo, no Texas. Na semana seguinte, ainda dependendo de respiradores, teve uma piora acentuada no quadro e ficou inconsciente. Em vídeos publicados na internet, o americano criticava a realização do RT-PCR, por causa “do alto número de falsos positivos”. Caleb Wallace deixa a mulher, que está grávida, e três filhas.