Com presidente de esquerda antimáscara, México atinge maior taxa de mortes do continente

Filas de pessoas em busca de cilindros de oxigênio, pacientes de Covid-19 vivendo um calvário ao serem transportados de hospital em hospital, em busca de leitos vagos, e médicos desesperados pela sobrecarga no sistema de saúde.

As cenas, vistas aqui no Brasil em cidades como Manaus, também têm afligido o México neste início de ano: o país chegou a registrar um recorde de 1.803 mortes por Covid-19 em 24 horas, em 21 de janeiro.

O Brasil registrou mortes nesse patamar (1.841 em 24h) em 7 de janeiro, mas vale lembrar que o país tem população quase 40% maior do que a mexicana.

Em números absolutos, o México só é hoje superado por Brasil e Estados Unidos no triste ranking de mortes por Covid-19. Até esta quinta-feira (18), o país acumulava 177 mil mortes por Covid-19 e o Brasil, 243,4 mil.

(mais…)

Incêndio atinge fábrica das vacinas Oxford / AstraZeneca na Índia

O Instituto Serum, fábrica indiana responsável pela produção da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela universidade de Oxford/Astrazeneca, foi atingida por um incêndio. De acordo com informações da imprensa local o fogo não afetou os imunizantes.

Reportagem do portal Uol indica que ainda não há informações sobre vítimas.

(mais…)

Nicolás Maduro autoriza envio de oxigênio da Venezuela para Manaus

O Chanceler venezuelano, Jorge Arreaza anunciou, pelo Twitter, que a Venezuela vai disponibilizar oxigênio medicinal para Manaus, capital do Amazonas. O município sofre com a falta do insumo nos hospitais para o tratamento de casos graves de Covid-19.

Segundo Arreaza, a medida foi orientada pelo presidente do país, Nicolás Maduro. “Por instruções do Presidente Nicolás Maduro, conversamos com o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, para disponibilizar imediatamente o oxigênio necessário para atender o contingente de saúde em Manaus. Solidariedade latino-americana acima de tudo!”, escreveu.

“O povo do Amazonas agradece!”, respondeu Wilson Lima (PSC).

O material será importado pela multinacional White Martins, uma das principais fornecedoras de oxigênio medicinal para o estado do Amazonas, que identificou estoques do produto no país.

TV Cultura

O que fazer na China?

O país mais populoso do mundo, com 1,4 bilhão de habitantes, tem se tornado cada dia mais interessante para o turismo. Durante muitos anos, a China permaneceu esquecida e afastada do restante do globo, cenário que mudou drasticamente nos últimos 20 anos.

Conhecida antes como sinônimo de “produtos de baixa qualidade e custo”, a República Comunista da China, hoje é a segunda maior potência mundial, atrás apenas dos EUA e com planos de superá-los até 2035. Para o turismo, o país é especialmente atrativo. Num mesmo lugar, é possível desfrutar de megacidades, uma natureza estonteante e uma cultura milenar, datada de mais de 3 mil anos! 

Muito além da Muralha

É verdade que quando pensamos nesse gigante asiático, a primeira coisa que nos vem à mente – além da superpopulação, claro – é mesmo a Maravilha do Mundo Moderno, a Muralha da China.

A atração, praticamente dispensa comentários e é parada essencial no roteiro de quem pretende visitar o país. No entanto, existem muitas outras opções para enriquecer seu repertório cultural e aproveitar as inúmeras atrações chinesas. O que muita gente se esquece, é que a China tem ⅔ de seu território composto de montanhas, platôs e colinas e com seus dois grandes Parque Nacionais, fotos e paisagens magníficas são garantidas nessa viagem!

Viajando no tempo

Além da Muralha da China, que levou milhares de anos para finalmente ser concluída, outra atração indispensável neste roteiro é mesmo A Rota da Seda. Historicamente este país também ficou conhecido por ser um polo produtor de um dos mais nobres e cobiçados tecidos de alfaiataria: a seda. Esse passeio reúne história, cultura e paisagens deslumbrantes. A atração mais marcante da Rota é o Forte Jiayuguan, que ficou conhecido como “A Boca da China” já que servia como porta de entrada e saída da Rota da Seda Chinesa.

Construído em 1372, o forte demarcava o fim da China mais Imperial, e por de trás do forte, terminava o que diziam ser o “mundo civilizado”. Segundo as lendas antigas, depois do Forte Jiayuguan, não havia nada mais do que deserto, bárbaros e demônios. Era o trecho mais controlado da Rota, pois quem quisesse entrar em território Chinês, deveria atravessar este Forte, que está localizado no trecho final da Muralha. Outros pontos turísticos indispensáveis deste roteiro certamente são:

  • As Montanhas Coloridas de Zhangye Danxia, que se assemelham a Montanha Arco-íris no Peru. 

  • Os Guerreiros de Terracota, estátuas esculpidas em tamanho real há mais de 2 mil anos.

  • As esculturas naturais do Parque Nacional de Yadan.

  • As Grutas de Mogao, conhecido como “Louvre Oriental”.

Na Atualidade

Além das inúmeras atrações naturais, a China também possui cidades ultramodernas conhecidas por sua magnitude e arquitetura futurista, mescladas com a história do lugar. Nesse passeio mais moderno, algumas cidades são indispensáveis, como Pequim que é a capital, Xangai, a maior cidade chinesa e claro Hong Kong, considerada uma das mais modernas cidades da Ásia.

E aproveitando o trecho, dê um passada por Macau. Conhecida como a “Las Vegas do Oriente”, Macau foi colônia portuguesa até 1999. E já que os cassinos no Brasil não são permitidos, e que Macau (assim como Hong Kong) não exigem visto para brasileiros, vale a pena dar uma passada por lá! 

Câmara dos EUA aprova impeachment de Trump

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou o impeachment do presidente Donald Trump nesta quarta-feira (13). O resultado já era esperado, uma vez que a Casa tem maioria democrata.

Agora, o afastamento definitivo de Trump depende do Senado, onde são necessários dois terços dos votos. Como o Senado está em recesso e Trump deixa o cargo no próximo dia 20, a definição não tem data para acontecer. Foram 231 votos a favor do impeachment e 197 votos contra.

(mais…)

Papa Francisco é vacinado contra covid-19 no Vaticano

O papa Francisco, 84 anos, foi vacinado contra a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, nesta quarta-feira (13). A informação foi dada por dois jornalistas do La Nacion, que são próximos ao pontífice.

A Santa Sé não confirmou as informações do jornal argentino. A campanha de vacinação organizada pelo Vaticano teve início nesta quarta e pretende vacinar cerca de 5 mil habitantes e funcionários do Vaticano.

Após Twitter, Facebook e Instagram também bloqueiam contas de Trump

 

Seguindo os passos do Twitter, o Facebook (e o Instagram, rede social administrada pelo mesmo grupo) também anunciaram o bloqueio das contas de Trump nas plataformas após a invasão de apoiadores do presidente ao prédio do Capitólio para contestar a eleição.

Mais cedo, Twitter informou que bloqueou a conta do presidente Donald Trump por 12 horas e avisou pela primeira vez que pode suspendê-lo permanentemente.

(mais…)

Quatro morrem durante invasão ao congresso nos Estados Unidos, diz polícia

A polícia da capital americana Washington informou que quatro pessoas morreram durante a invasão de extremistas apoiadores de Donald Trump ao Capitólio, edifício sede do Congresso dos Estados Unidos, nesta quarta-feira (6). Quatorze policiais ficaram feridos.

Entre os mortos, está uma mulher apoiadora de Trump baleada pela guarnição que faz a segurança do Capitólio. Ela foi atendida no em hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

(mais…)


Conta do Papa no Instagram curte, de novo, foto sensual de outra modelo

Parece que a pessoa que cuida das redes sociais do Papa Francisco está confundindo as contas. Outra modelo teve a ilustre curtida do Instagram, dessa vez foi Margot Foxx. Internautas perceberam a curtida e a foto viralizou

A modelo percebeu que o print estava circulando quando entrou no Twitter e comentou: “Ei, essa sou eu”. Margot, que costuma divulgar fotos sensuais em uma conta na plataforma adulta, ficou surpresa com a curtida e disse que é um sinal que ela vai para o céu.

Em novembro, o Instagram do Papa curtiu a foto de uma modelo brasileira que mora na Flórida, Estados Unidos, Natalia Garibotto. Assim como Margot, ela também vende conteúdo erótico na internet, porém não gosta de chamar dessa forma. Natália diz que é ‘conteúdo exclusivo’, já que não faz pornô. Ela se diz religiosa, acredita em Deus, é católica, e reza todas as noites.

Bnews

Mutação do novo coronavírus “está fora de controle”, diz Reino Unido

O secretário de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, fez um alerta neste domingo (20) sobre a Covid-19. Segundo ele, uma variação do novo coronavírus que se espalha mais rapidamente do que outras cepas está “fora de controle”.

Hancock disse que a nova variante, que os cientistas dizem não haver evidências de ser mais perigosa que as anteriores, precisa ser controlada.

(mais…)

Primeira pessoa é vacinada contra a covid-19 nos Estados Unidos

A primeira pessoa foi vacinada contra a Covid-19 nos Estados Unidos na manhã desta segunda-feira (14).

A aplicação foi em Sandra Lindsay, uma enfermeira de UTI, no Centro Médico Judaico de Long Island, em Nova York.

O momento foi transmitido ao vivo em uma live organizada pelo governador do estado Andrew Cuomo. Após receber a primeira aplicação, Sandra disse que não pareceu diferente de tomar qualquer outra vacina e que se sente esperançosa.

“Espero que isso marque o começo do fim de uma época muito dolorosa em nosso país. Quero dar ao público a confiança de que a vacina é segura. Estamos em uma pandemia, então todos nós precisamos fazer a nossa parte para colocar um fim nesta pandemia”, disse.

(mais…)

Estados Unidos começam a vacinar contra a covid-19 nesta segunda-feira

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech começaram a deixar a fábrica em Michigan, nos Estados Unidos, neste domingo (13). De acordo com o G1, eles devem seguir para 145 centros de distribuição do país.

O governo dos EUA prometeu começar a vacinar sua população contra a Covid-19 na segunda-feira (14), depois que uma reunião do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), feita no sábado (12), deu um parecer favorável à vacina BNT162b2. A agência reguladora americana, a FDA, autorizou o uso emergencial no país na última sexta (11), mas ainda falta que o diretor do CDC, Robert Redfield, dê sua aprovação final para a vacina. A previsão é que isso ocorra neste domingo.

Na semana passada, um grupo independente de especialistas ouvidos pela FDA recomendou a aplicação da vacina para pessoas maiores de 16 anos. Pacientes com alergias graves deverão evitar esse imunizante, depois que casos de reação foram registrados nos Reino Unido.

EUA voltam a registrar mais de 3 mil mortos por covid em um dia; vacinação pode começar semana que vem

Os Estados Unidos registraram 3.309 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o levantamento da Universidade Johns Hopkins divulgado neste sábado (12). Essa é a segunda vez, em quatro dias, que o país teve mais de 3 mil mortes diárias.

A primeira vez em que os EUA alcançaram este triste marco foi na quarta-feira (9), quando foram confirmadas 3.124 mortes, segundo a instituição norte-americana. Os números atualizados no sábado são referentes aos das mortes notificadas na sexta-feira (11).

(mais…)

Dezesseis dias após o resultado, Trump autoriza transição de governo

Passados 16 dias desde o resultado da eleição, em 7 de novembro, o presidente americano, Donald Trump, deu um primeiro passo para autorizar a transição de seu governo para o do democrata Joe Biden.

No Twitter, ele escreveu que autorizou a Administração de Serviços Gerais (GSA, na sigla em inglês) a iniciar os protocolos.

(mais…)

Pacientes com Covid-19 são deixados para morrer em hospital dos EUA, diz enfermeira

Uma enfermeira norte-americana revelou, em um vídeo de 50 minutos, publicado no último dia 7 de novembro nas redes sociais, como os pacientes em estado grave de Covid-19 são tratados em um hospital de El Paso, no estado do Texas, Estados Unidos (EUA). Segundo Lawanna Rivers, eles são deixados para morrer em um quarto chamado de “cova”. “Eu nunca vi isso em toda a minha vida, nunca”, disse a profissional de saúde. As informações são do portal G1.

“Fui colocada no que é chamado de ‘cova’ e, nesse quarto, estavam oito pacientes, todos positivos para Covid-19. No meu primeiro dia de orientação, me disseram: quaisquer que sejam os pacientes que vão para a ‘cova’, só saem num saco para cadáveres”, comentou, chorando, a enfermeira.

A enfermeira disse que os pacientes que iam para a ‘cova’ recebiam poucas visitas dos médicos, pois eram considerados “casos perdidos”. “Eu vi muitas pessoas morrendo, que eu sinto que não deveriam ter morrido. Aquela missão me partiu”, afirmou.

(mais…)