Itapé: Câmara de Vereadores é alvo de operação da MP e polícia

Uma operação de busca e apreensão de documentos na Câmara de Vereadores de Itapé, no sul Baiano, aconteceu na manhã desta terça-feira (16). A ação do Ministério Público da Bahia (MP-BA) contou com apoio da Polícia Militar.

Segundo o site local, iPolítica, foi pedido o afastamento de cinco vereadores. De acordo com a publicação, cheques foram emitidos sem propósito público e transferência de valores foram realizadas para contas pessoais. Além disso, é investigado o favorecimento de vereadores com a reforma de imóveis.

De acordo com as denúncias, o vereador Nilton Rosa teria assinado dois cheques em nome do 2º secretário da Câmara, Cledson Gomes (PP), em junho deste ano. Os dois documentos equivalem ao valor de R$ 4,8 mil e foram usados em pagamentos feitos a dois comerciantes da cidade, em nome da Câmara.

Ipolitica


PF afirma em relatório haver indícios de que Temer recebeu vantagem indevida da Odebrecht

A Polícia Federal enviou um relatório ao Supremo Tribunal Federal STF no qual afirma ter encontrado indícios de que o presidente Michel Temer recebeu vantagem indevida da construtora Odebrecht.

A polícia Federal aponta,ainda, suspeitas de que Temer cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O inquérito no qual o relatório foi enviado se refere a um jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, em que se teria acertado o repasse ilícito de 10 milhões ao MDB.

Agora, o relator do inquérito, ministro Luiz Edson Fachin deverá encaminhar o caso para análise da Procuradoria Geral da República, que decidirá se denuncia ou não o presidente.

Na delação premiada, Cláudio Melo Filho afirmou ao Ministério Público Federal (MPF) que, no encontro, Temer pediu “direta e pessoalmente” a Marcelo Odebrecht apoio financeiro para as campanhas do MDB em 2014.

Em meio a tantos milhões que são desviados dos recursos públicos em negociatas e jantares, para a  sociedade sobra apenas os discursos populistas baseados em promessas que normalmente não acontecem.

G1

Documentos comprovam uso de dinheiro vivo para pagar reforma da casa da filha de Temer

A Polícia Federal detém documentos que comprovam o uso de dinheiro vivo no pagamento da reforma na casa da filha do presidente Michel Temer, Maristela Temer. De acordo com a Folha de S. Paulo, que teve acesso aos documentos, o valor de R$ 56.500,00 em espécie seria a primeira parcela de uma prestação de serviço para uma obra em um imóvel dela, em São Paulo.

Um extrato bancário mostra que o depósito ocorreu, conforme o contrato acordado. O depoimento de um fornecedor sustenta que o pagamento em espécie foi realizado a pedido da arquiteta Maria Rita Fratezi, mulher do coronel João Baptista Lima Filho, amigo do presidente e suspeito de ser intermediador de propinas para Temer. Os documentos foram entregues à polícia por Antônio Carlos Pinto Júnior, um dos fornecedores da obra de Maristela que prestou depoimento no dia 29 de maio à PF. (mais…)

PF deflagra operação para combater desvios de recursos do SUS e Fundeb no sul da Bahia

O desvio de R$ 3,2 milhões em verbas do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é alvo da operação “Juramento de Hipócrates” deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (30), no sul da Bahia.

O dinheiro foi repassado para o município de Itapebi, mas a PF também suspeita que outras cidades baianas foram alvo do esquema com contratos irregulares no valor de R$ 14 milhões. O esquema funcionava por meio da constituição de empresas fictícias, que eram usadas para fraudar licitações com os governos municipais. Os contratos previam a aquisição de medicamentos, insumos hospitalares, merenda escolar e livros didáticos.

São cumpridos 21 mandados de busca nas cidades baianas de Floresta Azul, Itabuna, Ilhéus, Itapebi, Itororó, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Uruçuca e Vitória da Conquista. Empresários, advogados, médico e políticos são alvos da ação. Eles vão responder pelos crimes de fraude à licitação e organização criminosa. A operação foi batizada com o nome “Juramento de Hipócrates” porque um dos líderes do esquema é um médico, que teria quebrado o juramento de exercer a profissão com honra.

Bahia em dia

Corrupção: Dono da empresa de refrigerantes Dolly é preso por fraude fiscal de R$ 4 bilhões

Laerte Codonho, presidente da Dolly. (Foto: Reprodução/SBT)

A Polícia Militar prendeu na manhã desta quinta-feira (10) o empresário Laerte Codonho, dono da empresa de refrigerantes Dolly. Codonho estava em sua casa, localizada na Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo. Em fevereiro desse ano, reportagem do site da revista Veja revelou que Codonho havia sido condenado a 6 anos e 7 meses de prisão e ao pagamento de multa por sonegação de benefícios previdenciários. De acordo com a GloboNews, investigações apontam para uma fraude fiscal de 4 bilhões de reais, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Um dos desvios consistiu na demissão de funcionários para posterior recontratação por outra companhia para fraudar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com o Ministério Público, a Ragi Refrigerantes – nome oficial da Dolly – pagou menos contribuições previdenciárias e sociais que deveria entre os anos de 1999 e 2001.

Os recursos faltantes eram destinados a programas que financiam o Incra, Senai, Sesi, Sebrae e Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE). O caso veio à tona após o INSS – órgão federal responsável pela arrecadação previdenciária – notar queda nos valores pagos pela empresa entre um ano e outro. O órgão público fez uma fiscalização e acusou a empresa de fraude.

Notícias de Santa Luz


Salvador: Soldado da PM é preso acusado de envolvimento com roubo de carga

O soldado da Polícia Militar Alberto Cerqueira de Andrade (foto) foi preso na noite desta quarta-feira (2). Lotado na 40ª Companhia Independente da PM (CIPM/Nordeste de Amaralina), ele é acusado de envolvimento com roubo de carga – facilitando e fornecendo armamento.
Alberto foi encaminhado à Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP), localizada na Penitenciária Lemos de Brito, em Salvador. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça no dia 26 de abril. Segundo o Departamento de Comunicação Social da PM, Alberto se apresentou com seu advogado na delegacia logo após tomar conhecimento do mandado.

Poucos dias antes, no dia 21 de abril, o soldado usou as redes sociais para falar sobre o trabalho na Corporação, ao postar uma imagem com fotos usando a farda da PM. “Nesse dia tão especial me orgulho do caminho que escolhi, das batalhas que travei e ainda continuo travando nessa caminhada árdua é tão difícil, muitas pessoas falam o porque (sic) de eu expor isso nas redes que eh desnecessário (sic) e eu respondo: tenho orgulho da minha profissão não tenho motivo pra esconder nem temer , pois quem anda de cabeça erguida tem Deus ao lado não precisa ter medo , e se alguém acha que pode enfrenta tentar a sorte porque o azar já eh certo (sic)”, escreveu. (As informações são do Correio 24 Horas)

Tv Sudoeste Digital

Justiça: Prefeitos de Mucuri e Teixeira de Freitas têm bens bloqueados pela Justiça Federal

Uma decisão da Justiça Federal decretou a indisponibilidade de bens dos prefeitos de Mucuri, José Carlos Simões, e de Teixeira de Freitas, Temóteo Alves de Brito, ambas cidades do extremo sul baiano.

A medida ocorre após ação do Ministério Público Federal (MPF-BA) que acionou a Justiça por constatar superfaturamento na desapropriação de uma área onde seria construída uma escola em Itabatã, distrito de Mucuri.

A escola teria 12 salas e uma quadra de esportes. Entre os pontos acusados pelo MPF, a quadra que deveria ter 8 mil metros quadrados, conforme modelo do FNDE [Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação], foi desapropriada com área de 20 mil metros quadrados, o que gerou um custo de R$ 2,3 milhões.
Pela sentença, o juiz federal Felipe Lívio Lemos Luz decretou a indisponibilidade de bens no valor de R$ 1,9 milhão para cada um dos gestores.

Terão a mesma quantia indisponível outros seis réus, o que inclui a empresa NH Empreendimentos e Incorporações Ltda, pertencente ao prefeito de Teixeira de Freitas.

Radar 64

Corrupção: Delator diz que Romário recebeu R$ 3 milhões para apoiar Pezão

O ex-secretário de Obras do governo do Rio Hudson Braga afirmou ter pagado R$ 3 milhões ao senador Romário Faria, pré-candidato ao governo do Estado, para que ele declarasse apoio ao então candidato a governador Luiz Fernando Pezão em 2014. As informações são da coluna Radar, da revista Veja.
Segundo o delator, Romário teria sinalizado o valor que queria com as mãos, com receio de ser gravado. A reunião teria acontecido Hotel Othon, no Rio.
No mesmo encontro, o senador fechou detalhes de a agenda de eventos, incluindo entrevista coletiva, gravações de apoio e carreata. O montante teria sido pago em espécie, em parcelas de R$ 800 mil, R$ 50 mil e R$ 850 mil, por meio de um intermediário.
O homem apontado como representante de Romário para receber os pagamentos é Sergio Barcelos.

Notícias em Cima da Hora

URGENTE: Moro determina prisão de Lula para cumprir pena no caso do triplex em Guarujá

Lula tem até as 17h de sexta-feira (6) para se apresentar voluntariamente à sede da Polícia Federal em Curitiba. Ex-presidente foi condenado em duas instâncias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O juiz federal Sérgio Moro determinou nesta quinta-feira (5) a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em duas instâncias da Justiça no caso do triplex em Guarujá (SP).

Leia a íntegra do despacho do juiz Sérgio Moro

A pena definida pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) é de 12 anos e 1 mês de prisão, com início em regime fechado.

(mais…)

Bahia: Delegado é preso por suspeita de roubo, extorsão e falsidade ideológica

O delegado Arthur Ferreira dos Santos foi preso nesta sexta-feira, 9, por suspeita de roubo, extorsão e falsidade ideológica. Ele foi detido na 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho), em Salvador, onde trabalhava.
De acordo com a Polícia Civil (PC-BA), a prisão foi efetuada por equipes da Corregedoria da Polícia Civil (Correpol) e da Coordenação de Operações Especiais (COE/PC), em cumprimento a um mandado de prisão temporária.
Arthur Ferreira vai ficar custodiado na carceragem da Correpol, situada no mesmo bairro. A Polícia Civil não informou quais seriam os crimes de roubo e extorsão e nem quando aconteceram.
A Tarde

Ubaitaba: Secretária de Educação recebeu Bolsa Família por quase 6 anos

Quando recebeu o benefício, Roberta Carneiro era professora efetiva da rede municipal, cargo do qual se licenciou para comandar a Educação no governo Suka.
Quando recebeu o benefício, Roberta Carneiro era professora efetiva da rede municipal, cargo do qual se licenciou para comandar a Educação no governo Suka.

Entre janeiro de 2010 e setembro de 2015, Roberta Carneiro recebeu pagamentos mensais do Bolsa Família, programa de transferência de renda do Governo Federal para famílias pobres ou que vivem na linha de extrema pobreza.

Os dados das mensalidades pagas à atual secretária de Educação de Ubaitaba são públicos e estão disponíveis no Portal da Transparência. Acesse os extratos do levantamento feito por fontes do Blog do Gusmão nos seguintes links: 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015.

Durante os quase seis anos em que foi beneficiária do programa, Roberta Carneiro ainda não era secretária de Educação, cargo que assumiu em 2017, com a chegada da sua tia, a prefeita Suka Carneiro (PSB), ao comando da Prefeitura de Ubaitaba. No entanto, Roberta já era professora efetiva da rede municipal de ensino.

Segundo as fontes do blog, a família de Roberta Carneiro não se encaixa no perfil socioeconômico das famílias para as quais o dinheiro do programa deve ser destinado. A pessoa que nos forneceu os extratos disse que vai levar o caso à Polícia Federal. (mais…)


Precaução: Após ser hostilizado em voo, Gilmar usa avião da FAB para retornar de Cuiabá

Segundo a assessoria de imprensa de Gilmar, ele precisou utilizar o avião da FAB para cumprir compromisso oficial no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo. (Foto: Divulgação)
Segundo a assessoria de imprensa de Gilmar, ele precisou utilizar o avião da FAB para cumprir compromisso oficial no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo.

Após ser hostilizado em um voo comercial durante o final de semana, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, utilizou um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), na última segunda-feira (29), para viajar de Cuiabá (MT) a São Paulo (SP).

Nos registros da FAB, o deslocamento consta como “à disposição do Ministério da Defesa Transporte do Presidente do TSE”. Segundo as informações públicas, ele saiu da capital do Mato Grosso às 13h05 e chegou a São Paulo às 17h30. O motivo, porém, não foi informado, embora em outros casos sejam apresentadas justificativas padronizadas como “serviço”, “serviço/segurança” e “residência”.

Segundo a assessoria de imprensa de Gilmar, ele precisou utilizar o avião da FAB para cumprir compromisso oficial no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo, que ocorreria a partir das 17h de segunda-feira. A companhia aérea Latam, no entanto, possui um voo diário que sairia às 13h37 e chegaria antes deste horário, às 16h50 – o horário de chegada previsto pela companhia também ocorreria 40 minutos antes do horário de pouso registrado pela FAB. (mais…)

EUA: José Maria Marin condenado e vai para a prisão em Nova Iorque no caso Fifagate

5235

Tribunal considerou provado que antigo presidente da Confederação Brasileira de Futebol recebeu o equivalente a seis milhões de euros em subornos.

Um tribunal de Nova Iorque condenou dois dos três antigos responsáveis da FIFA na América Latina acusados de terem recebido milhões de euros em subornos.José Maria Marin, antigo presidente da Confederação Brasileira de Futebol, agora com 85 anos, foi declarado culpado em seis das sete acusações que pesavam sobre ele, como a participação numa rede de corrupção no interior da CBF, fraude bancária e branqueamento de dinheiro.A Justiça dos Estados Unidos considera provado que recebeu o equivalente a cerca de seis milhões de euros em subornos.Juan Angel Napout, antigo presidente da Federação Paraguaia de Futebol e da Confederação sul-americana de futebol, a Conmebol, agora com 59 anos, foi considerado culpado de responsabilidade em rede de corrupção e de ter recebido o equivalente a 10 milhões de euros em subornos.Ambos antigos dirigentes foram detidos imediatamente depois de divulgada a sentença. Poderão enfrentar penas de prisão de 10 anos.

Manuel Burga, antigo presidente da Federação Peruana de Futebol, de 60 anos, por outro lado, terá de esperar até terça-feira para conhecer a decisão do júri.Burga era acusado do delito de conspiração para comter atos ilícitos e a acusação teve em conta que nunca recebeu os subornos que lhe teriam sido destinados.FIFA considera-se “uma vítima”A FIFA reagiu à sentença, dizendo que era se considerava como “uma vítima” no caso.

(mais…)

Política: Câmara suspende pagamento de salários e benefícios a Maluf e Jacob

jacob-maluf_63cdb0df

Decisão da Câmara também prevê encerramento dos gabinetes e exoneração dos funcionários. Celso Jacob (PMDB-RJ) cumpre pena na Papuda desde junho. Paulo Maluf se entregou à PF na quarta (20).

A Diretoria-Geral da Câmara dos Deputados determinou a suspensão do pagamento dos salários e benefícios aos deputados federais Paulo Maluf (PP-SP) e Celso Jacob (PMDB-RJ). As informações são da assessoria de imprensa da presidência da Câmara.

Com a decisão, os gabinetes deixam de existir, os funcionários são exonerados e os deputados não receberão mais salário e benefícios como a cota parlamentar e a verba de gabinete. A medida ainda está sendo formalizada, e deverá ser publicada na próxima terça-feira (26/12).

O deputado Paulo Maluf ocupa apartamento funcional e terá um prazo de até 30 dias para desocupá-lo. Já o deputado Celso Jacob recebe auxílio-moradia.

Maluf foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em maio deste ano. Na quarta-feira (20), ele se entregou à Polícia Federal, em São Paulo, um dia após a decisão do ministro Edson Fachin do STF de determinar o “imediato início” do cumprimento da pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão.

Jacob foi condenado em 2006 por falsificação de documento público e dispensa irregular de licitação quando o peemedebista era prefeito de Três Rios (RJ).

(mais…)

Bahia: Cervejaria Itaipava é investigada pela Polícia Federal e CGU

BNB concedeu crédito de R$ 827 milhões para construção de fábricas do Grupo Petrópolis; auditoria viu irregularidades.
BNB concedeu crédito de R$ 827 milhões para construção de fábricas do Grupo Petrópolis; auditoria viu irregularidades.

Operação Caixa 3 visa investigar operações de crédito realizadas entre o Banco do Nordeste e o Grupo Petrópolis, que produz a cerveja Itaipava
BNB concedeu crédito de R$ 827 milhões para construção de fábricas do Grupo Petrópolis; auditoria viu irregularidades
A Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU) deflagraram nesta sexta-feira (22) uma operação com desdobramentos em cinco estados. Batizada de Operação Caixa 3, a ofensiva tem como objetivo investigar suspeitas levantadas por delatores da Odebrecht acerca de operações de crédito realizadas entre o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e o Grupo Petrópolis, cervejaria que produz os rótulos Itaipava e Crystal.

Os integrantes da força-tarefa montada hoje para a Operação Caixa 3 cumprem 14 mandados de busca e aprensão em endereços no Ceará, em São Paulo, no Rio de Janeiro, na Bahia e em Pernambuco. As diligências foram autorizadas pelo Juízo da 11ª Vara Federal em Fortaleza (CE).

As suspeitas envolvendo o Grupo Petrópolis surgiram ainda no âmbito da Operação Lava Jato, onde foram apreendidas planilhas indicando que distribuidoras de cerveja teriam sido usadas pela construtora Odebrecht para repassar doações ilegais a políticos. O esquema posteriormente foi confirmado por delatores da empreiteira. (mais…)