Coronavírus: média diária de casos no Brasil chega a mais de 40 mil

O Brasil registrou 55.915 novos casos da covid-19 nesta sexta-feira, 10. A média móvel de testes positivos, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 40.220, o que representa um aumento de 76% em relação à de duas semanas atrás, mas ainda abaixo do patamar registrado no início do ano, quando havia predominância de circulação da variante Ômicron.

O País também notificou 158 novas mortes pelo coronavírus nesta sexta, enquanto a média móvel de óbitos ficou em 141, com tendência de crescimento pelo quarto dia. No total, o Brasil tem 668.007 vítimas e 31.416.072 casos da doença.

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 30,1 milhões de pessoas se recuperaram da doença desde o início da pandemia. (mais…)

Covid-19: testes positivos em farmácias saltam 326% em maio

Foto: Fábio Marchetto/Divulgação

Os testes positivos para Covid-19 detectados em farmácias do país saltaram 326% durante o mês de maio, a primeira alta desde janeiro. No total, foram registrados 136.117 mil novos casos, um número mais de quatro vezes maior que os 31.981 do mês de abril. Os dados são do levantamento realizado pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), obtidos com exclusividade pelo jornal O Globo.

Os registros são os maiores desde fevereiro, quando foram 349.287 diagnósticos com o resultado positivo para a doença nas drogarias brasileiras. O número acende o alerta por demonstrar novamente uma tendência de alta, embora continue distante dos quase um milhão identificados em janeiro.

O novo levantamento da Abrafarma aponta ainda que a procura pelos testes de Covid-19 nas farmácias voltou a subir. Desde janeiro até o fim de abril, a associação havia constatado uma queda consistente que chegou a 89,4% na realização dos diagnósticos. Porém, em maio, esse índice aumentou 109% em relação ao mês anterior – de 262.737 para 549.225 testes.

Covid-19 responde por 59,6% dos casos de Síndrome Respiratória Aguda

Reprodução: Shutterstock

O Boletim InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado hoje (1º), mostra que a covid-19 responde por 59,6% dos casos de Síndrome Respiratória Aguda (SRAG) com identificação viral nas últimas quatro semanas. A porcentagem aumentou em relação à divulgação da semana passada, quando a covid-19 representava 48% dos casos positivos. O boletim mostra que a tendência é de aumento.

De acordo com a Fiocruz, entre os casos de SRAG que evoluíram para morte, 91,1% dos que tinham identificação viral testaram positivo para a covid-19. O boletim considera os dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até 30 de maio e é referente ao período de 22 a 28 de maio. A estimativa é de 7,2 mil casos de SRAG nesse período.

O boletim mostra que a curva nacional de casos continua com indícios de crescimento tanto nas tendências de longo prazo, consideradas as últimas seis semanas, quando no curto prazo, consideradas as últimas três semanas. (mais…)

Brasil supera 90 milhões de vacinados com a 3ª dose contra covid

Reprodução: Getty Images

O Brasil alcançou nesta quarta-feira, 18, 90.305.663 de vacinados com a terceira dose contra a covid-19. Em relação à quarta, também considerada de reforço, o País já imunizou 2.400.982.
A 2.ª dose ou dose única contra a doença foi aplicada em 165.375.069, o equivalente a 76,98% da população. No acumulado, 177.812.991 (82,77%) de pessoas tomaram ao menos uma dose até as 20 horas de hoje.

Ao considerar a vacinação pediátrica (para crianças de 5 a 11 anos), o País vacinou 12.151.788, o que corresponde a 59,28% deste público.

Nas últimas 24 horas, o País administrou 781.675 doses de vacinas, de acordo com os dados do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Até este horário apenas 15 estados haviam informado dados sobre vacinação. (mais…)

Com 80 mortes por covid nesta segunda, Brasil tem média abaixo de 200 há 10 dias

Reprodução: Shutterstock
O Brasil registrou 80 novas mortes em decorrência da covid-19 nesta segunda-feira, 11. Há dez dias, a média móvel de óbitos fica abaixo de 200. O índice, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, está em 144. O declínio dos indicadores da pandemia ocorre após o surto da Ômicron registrado em janeiro. No acumulado, a doença já ceifou a vida de 661.389 brasileiros

Entre as 20 horas desse domingo, 10, e o mesmo horário de hoje, o número de novas infecções notificadas foi de 10.526 No total, o Brasil tem 30.158.707 casos acumulados da doença. Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, g1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 29.076.974 pessoas estão recuperadas. (mais…)

Com subvariante BA.2, casos de Covid voltam a subir em países da Europa

Foto: Agência Brasil

O número de novos casos de infectados pelo coronavírus aumentou em alguns países europeus nos últimos dias, incluindo Reino Unido e Alemanha. O movimento acende preocupações a respeito da subvariante da Ômicron conhecida como BA.2.

Os motivos para a escalada de infecções, que ocorre após um mês e meio de quedas acentuadas, permanecem incertos. Ainda assim, grande parte da Europa encerrou as restrições à mobilidade nas últimas semanas, o que pode estar impulsionando o volume de diagnósticos positivos.

A BA.2 está ultrapassando a linhagem original da Ômicron, agora conhecida como BA.1, em partes do mundo. O aumento está levantando questões sobre se a BA.2 poderia causar uma interrupção mais ampla no declínio global dos casos de Covid-19. Em algumas partes do mundo, a subvariante já é de longe a versão mais dominante do vírus. É a variante mais comum na Inglaterra, Irlanda do Norte e Escócia.

Saúde prevê rebaixar pandemia para endemia depois do Carnaval

Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

O debate sobre rebaixar o status da pandemia de Covid-19 para endemia no Brasil já foi iniciado no Ministério da Saúde. A expectativa da pasta é ter posicionamento sobre o tema nas próximas três ou quatro semanas, após o feriado de Carnaval.

Em entrevista exclusiva ao Metrópoles, a secretária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo, afirmou que a discussão será tratada com os gestores da pasta e com os conselhos nacionais de secretários estaduais e municipais de saúde (Conass e Conasems). Além disso, o órgão contará com apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para debater o tema.

(mais…)

Anvisa autoriza primeiro registro de autoteste de Covid-19 no Brasil

Foto: Freepik

De forma inédita, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o registro de um autoteste para Covid-19 no Brasil. O produto coleta uma amostra de secreção nasal através da inserção não profunda de um swab (cotonete longo e estéril). O exame apresenta o resultado dentro de 15 minutos.

O “Novel Coronavírus (Covid-19) Autoteste Antígeno”, da empresa CPMH Comércio e Indústria de Produtos Médicos-Hospitalares e Odontológicos foi avaliado por 16 dias após o pedido de registro. Dentro do período, quatro dias foram utilizados pela empresa solicitante para atender exigências técnicas feitas pela agência.

Ainda não há informações sobre preço e onde a venda do autoteste será feita. “A publicação do registro está na Resolução RE 533/2022, publicada hoje no Diário Oficial da União. A disponibilidade do produto no mercado depende da empresa detentora do registro”, informou a Anvisa.

Eficácia da dose de reforço contra Covid cai no quarto mês, mostra estudo

Foto: Divulgação Sesa

Um novo estudo publicado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos mostrou que a eficácia de terceiras doses da vacina da Pfizer diminui drasticamente quatro meses após a administração.

Esse efeito já era conhecido com relação às duas primeiras doses, mas foi pouco estudado após a terceira.

Foram analisadas 93 mil hospitalizações e mais de 240 mil atendimentos de emergência relacionados à Covid-19 em dez estados americanos. O estudo foi realizado entre agosto de 2021 e janeiro de 2022, abrangindo as ondas das variantes delta e ômicron. (mais…)

China aprova o uso da pílula da Pfizer contra Covid-19

Foto: Pfizer/Handout
O regulador de produtos médicos da China afirmou, neste sábado (12), a aprovação condicional para a primeira pílula oral da Pfizer contra a Covid-19, Paxlovid. Este é o primeiro medicamento desenvolvido especificamente para tratar a doença a ser autorizado no país. As informações são da CNN Brasil.

A Administração Nacional de Produtos Médicos disse que o Paxlovid é aprovado para tratar adultos com Covid-19 leve a moderada, e que tenham alto risco de progredir para uma condição grave. De acordo com o órgão, um estudo mais aprofundado sobre a medicação precisa ser realizado e submetido à autoridade.

“Este é um marco importante em nossa luta contra a Covid-19”, disse um representante da Pfizer em comunicado, sem fornecer informações sobre compras.

De acordo com a publicação, a Pfizer espera US$ 22 bilhões em vendas desse tratamento em 2022. Os executivos da Pfizer disseram que a empresa está em discussões ativas com mais de 100 países sobre o Paxlovid e tem capacidade para fornecer 120 milhões de tratamentos, se necessário.

Anvisa revoga autorização emergencial a remédio contra Covid

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revogou, nesta sexta-feira (4), a autorização de uso emergencial da associação dos anticorpos monoclonais banlanivimabe e etesevimabe contra a Covid-19.

Diante dos dados de que a ômicron já é predominante no país, a Anvisa solicitou que a empresa apresentasse dados da eficácia do medicamento contra a nova variante do coronavírus. Em resposta, a empresa solicitou a revogação da autorização.

A agência reguladora esclareceu que está autorizado somente o uso dos estoques remanescentes da pesquisa clínica ou importados antes dessa revogação, exclusivamente para os pacientes com Covid-19. No dia 24 de janeiro deste ano, a FDA (Food and Drug Administration), agência reguladora americana, suspendeu o uso desses medicamentos em todo o território nacional.

Com informações do site Metro 1

Casos de Covid entre servidores da Câmara saltam de 22 para 205 em menos de um mês

Reprodução: Pixabay

Às vésperas da abertura do ano legislativo na próxima quarta-feira (2), a Câmara vive um surto de casos de Covid-19. De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, apenas entre 1º e 18 de janeiro, foram reportados 205 casos positivos entre os servidores da Casa, conforme dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

O número representa 36,8% do total registrado durante todo o ano de 2021, quando 557 casos foram informados. O registro da primeira quinzena do ano reflete a realidade do avanço da ômicron no Brasil. O número de infecções é bem superior ao que foi registrado em dezembro do ano passado, 22.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), adiou a volta dos trabalhos presenciais para depois do Carnaval. No Senado, entretanto, ainda não há uma definição. Segundo a matéria, servidores que trabalham nos gabinetes dos senadores querem regras para restringir a circulação no local.

Estudo aponta que Sars-CoV-2 pode ficar no organismo por mais tempo que a quarentena

Foto: Reprodução / Freepik
A infecção por Sars-CoV-2 pode ficar no organismo por mais tempo que a quarentena, segundo um estudo realizado por pesquisadores da Plataforma Científica Pasteur-USP (PCPU), apoiado pela Fapesp e publicado na revista Frontiers in Medicine.

Segundo o Viva Bem, do Uol, um homem de 38 anos apresentou durante 20 dias sintomas leves de Covid-19 e permaneceu por mais 232 dias com o novo coronavírus sendo detectado no organismo. O caso atípico da infecção faz parte de um grupo de 38 pacientes acompanhados semanalmente, no início da pandemia, pelos especialistas.

O estudo é um alerta sobre os riscos de liberar pacientes com Covid-19 após sete ou 14 dias do teste positivo, como previam os protocolos iniciais. (mais…)

Bahia completa 13 dias sem dados de casos da Covid-19, após ataque hacker a sistema do MS

Reprodução: Freepik

Os sistemas e bancos de dados do Ministério da Saúde completam, nesta quarta-feira (22), 13 dias fora do ar. Por isso, no boletim epidemiológico divulgado diariamente pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) não consta o número de casos da Covid-19. O ConecteSus e o site da pasta nacional foram vítimas de um ataque hacker no dia 10 de dezembro e, desde então, as informações do governo federal não foram restabelecidas.

O boletim da Sesab tem sido divulgado de forma adapatada. De acordo com as informações do último, publicado às 17h desta quarta, foram registradas oito mortes pelo coronavírus nas últimas 24h na Bahia.

A secretaria ressalta que os dados podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do MS. “A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas”, diz o comunicado.

Covid-19: Carregamento com mais de um milhão de doses da Pfizer desembarca no Brasil

Reprodução: Agência Brasil

Um carregamento com mais 1,5 milhão de doses do imunizante da Pfizer contra a Covid-19 desembarcou, nesta segunda-feira (6), no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. A chegada das vacinas foi anunciada pelo Ministério da Saúde. De acordo com o órgão, a distribuição será feita de maneira proporcional e igualitária, depois de acordo entre União, estados e municípios.

Ainda de acordo com o governo federal, e conforme divulgou a Agência Brasil, nos últimos cinco dias, o país recebeu mais de 10 milhões de doses da Pfizer. No total, mais de 310 milhões de doses foram aplicadas em todo o país. Dessas, cerca de 153 milhões são Pfizer. O contrato em andamento com a farmacêutica prevê a entrega de mais 100 milhões de doses.