Bolsonaro fará novo pronunciamento sobre coronavírus na noite de hoje

O presidente Jair Bolsonaro vai convocar novamente a cadeia nacional de rádio e televisão para exibir outro pronunciamento sobre o combate ao novo coronavírus, na noite hoje (31), a partir de 20h30.

Esta será a quarta vez que o presidente discursará à população sobre a doença desde o dia 6 de março. Na terça-feira passada, ele pregou o retorno à normalidade e que “a vida tem que continuar”, contra o “pânico ou histeria”.

Metro 1

Ministro do STF encaminha à PGR pedido de deputado para afastar Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, encaminhou à Procuradoria-Geral da República uma notícia-crime protocolada pelo deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) contra o presidente Jair Bolsonaro. A informação foi divulgada pelo parlamentar em sua conta no Twitter.

Segundo o deputado, a ação aponta “irresponsabilidades” do presidente na condução do país durante a crise da Covid-19. Caso o pedido seja aprovado pela Câmara dos Deputados, o presidente pode ser afastado por 180 dias ou até mesmo perder o mandato.

Como o ministro, que é relator da ação, decidiu não arquivar o pedido e o enviou à PGR, o órgão terá de se posicionar sobre o assunto.

O presidente Jair Bolsonaro tem sido criticado por incentivar aglomerações, indo contra a orientação da Organização Mundial de Saúde e do próprio Ministério da Saúde de seu governo para evitar mais casos de coronavírus.

BN

Ajuda de R$ 600 a trabalhador informal é aprovada no Senado e vai para sanção

O Senado aprovou nesta segunda-feira (30) em sessão virtual, por 79 votos votos a zero, o projeto que prevê o repasse de R$ 600 mensais a trabalhadores informais. A aprovação foi motivada pela pandemia do novo coronavírus, e o texto prevê o pagamento por três meses.

A proposta foi aprovada pela Câmara dos Deputados na semana passada segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o projeto, o pagamento do auxílio será limitado a duas pessoas da mesma família.

O projeto do governo previa R$ 200 por mês. No Congresso, os parlamentares aumentaram o valor para R$ 600. (mais…)

Rombo das contas públicas deve ser superior a R$ 350 bi, diz Mansueto

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou nesta segunda-feira, 30, que o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus fará com que o ano de 2020 seja bastante atípico para a gestão fiscal do governo. Ele citou a estimativa do governo de um déficit primário superior a R$ 350 bilhões neste ano.

“Vou repetir: 2020 teremos um forte aumento do déficit primário. Já estimamos déficit primário acima de R$ 350 bilhões, e vamos revisar esses dados todas as semanas”, disse Mansueto. “Haverá uma pressão forte em receitas e despesas de abril a junho, com o impacto de programas do governo no combate à pandemia e os efeitos sobre a atividade econômica. O déficit primário deve aumentar muito nos próximos três meses.”

Quando as despesas do governo superam as receitas com impostos e contribuições, o resultado é deficitário. Quando acontece o contrário, há superávit. O conceito primário não engloba os gastos com juros da dívida pública. (mais…)

Justiça determina que João de Deus cumpra prisão domiciliar

O médium João de Deus teve prisão domiciliar concedida. A juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, da Comarca de Abadiânia atendeu os pedidos feitos pelos do advogados do religioso, onde alegaram que ele tem 78 anos e, além disso, vários problemas crônicos de saúde.

A defesa informou que o médium ainda está preso e aguarda a emissão do alvará de soltura nesta semana. João de Deus foi condenado a mais de 40 anos de prisão por crimes sexuais, segundo o Metrópoles.

A decisão foi proferida na quinta-feira (26) e impõe restrições a João de Deus, como a entrega do passaporte ao Judiciário, uso de tornozeleira eletrônica e proibição de frequentar a casa Dom Inácio de Loyola, onde ele atendia. A magistrada destacou ainda que médium não poderá manter contato com as vítimas.

BN

Bolsonaro pede que STF derrube decreto que proíbe transporte intermunicipal na Bahia e outros quatro estados

O governo Jair Bolsonaro fez uma solicitação ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que sejam derrubados os decretos de governadores dos estados da Bahia, Goiás, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina que restringem a circulação de transportes intermunicipais e interestaduais.

Os estados proibiram a circulação de ônibus em cidades com casos registrados de coronavírus como forma de evitar a disseminação da doença Covid-19. A Advocacia Geral da União argumenta que a medida prejudica o abastecimento local e acrescentou que a decisão do assunto cabe ao governo federal.

Na Bahia, 29 cidades tiveram o transporte intermunicipal suspenso até o dia 5 de abril, os interestaduais também não irão circular até a mesma data.

As cidades com transporte suspenso são: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Ipiaú e Canarana.

Twitter apaga publicações de Jair Bolsonaro por violarem regras da rede

O Twitter apagou duas publicações da conta oficial do presidente Jair Bolsonaro na noite deste domingo (29). No lugar das publicações, feitas na tarde de domingo, aparece a mensagem: “Este tweet não está mais disponível porque violou as regras do Twitter”.

O G1 entrou em contato com o Twitter e com a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto para comentar o assunto. O Planalto diz que não vai comentar. O Twitter respondeu o seguinte:

“O Twitter anunciou recentemente em todo o mundo a expansão de suas regras para abranger conteúdos que forem eventualmente contra informações de saúde pública orientadas por fontes oficiais e possam colocar as pessoas em maior risco de transmitir COVID-19. O detalhamento da ampliação da nossa abordagem está disponível neste post em nosso blog.”

(mais…)

Paróquia coloca fotos de fiéis em bancos para celebrar missa: ‘Laços da fé nos unem’

A paróquia da cidade de Quintana, no estado de São Paulo inovou com uma atitude para deixar os padres mais próximos aos fiéis durante a missa, mesmo quando o coronavírus exige que elas sejam feitas a distância. Na última quarta-feira (25), colaboradores espalharam fotos impressas dos frequentadores da paróquia nos bancos da igreja e tornaram a missa, transmitida pela internet, um momento emocionante para os padres e fiéis.

O coordenador da pastoral da comunicação, Allyson Saulo Cabrini, contou ao G1 que a ação foi inspirada na ideia de uma igreja italiana e teve como objetivo principal homenagear os padres da paróquia. “O padre chegou e foi uma comoção total. Era uma intenção de homenageá-lo até porque o padre nasceu para o povo e, sem o povo, fica uma parcela faltando”, contou Allyson, segundo o G1.

(mais…)

Mandetta cobra Bolsonaro: ‘Estamos prontos para caminhões levando corpos?’

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, apresentou possíveis cenários no Brasil para a pandemia do novo coronavírus, durante reunião com ministros e o presidente da República, Jair Bolsonaro, neste sábado (28). De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, advertiu Bolsonaro: não se trata de uma “gripezinha”.

“Estamos preparados para o pior cenário, com caminhões do Exército transportando corpos pelas ruas? Com transmissão ao vivo pela internet?”, questionou Mandetta, que ainda traçou um paralelo: a morte de mil pessoas no país é equivalente à queda de quatro aviões comerciais de grande porte.

(mais…)

Defesa de Geddel diz que ‘todos são iguais’ e pede liberdade do ex-ministro

Após o procurador-geral da República, Augusto Aras, recomendar ao Supremo Tribunal Federal (STF) que seja negado o pedido de Geddel Vieira Lima para regime domiciliar, sua defesa alega que o ex-ministro é igual a todos, e deve ser julgado da mesma forma.

“A defesa técnica aguarda que sejam observadas as recomendações da resolução 62 do CNJ, que já foram aplicadas a tantas outras pessoas”, afirmou o advogado Gamil Foppel, ao bahia.ba, nesta sexta-feira (27). (mais…)

Nas favelas, moradores passam fome e começam a sair às ruas

Enquanto governo e Congresso ainda devem os detalhes de como farão chegar aos trabalhadores informais o auxílio emergencial recém aprovado de R$ 600 durante a crise causada pela Covid-19, a falta de dinheiro e alimentos já atinge em cheio as famílias que vivem na informalidade.

Armários vazios e barracos repletos de adultos e crianças que deixaram de ir às escolas onde recebiam a merenda – sua principal refeição do dia – são a nova realidade em favelas de São Paulo.

Além de comida, faltam itens como papel higiênico, fraldas, sabão e detergente, para lavar as mãos e a louça. Dentro de muitas casas, a sujeira predomina. Na rua, crianças limpam pés e mãos em fios de água que correm nas guias. (mais…)

Deputado baiano propõe reduzir 50% dos salários de parlamentares estaduais

Em meio à pandemia do coronavírus e aos altos gastos do governo para conter a doença, o deputado estadual Capitão Alden (PSL) propôs reduzir em 50% os salários do governador, vice-governador, deputados e secretários estaduais por 90 dias.

O deputado busca, com essa proposta, reduzir o impacto econômico causado pelo covid-19 e reequilibrar as contas públicas. “Precisamos distribuir entre os agentes públicos a cota de sacrifícios em função da retomada do crescimento e do reequilíbrio das contas públicas. Sabemos que a administração pública comporta elevados gastos públicos, o que neste momento requer melhor cautela de todos que estão na administração pública”, defendeu.

Metro 1

Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhador informal

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (26) auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600,00, destinados aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa durante a crise provocada pela pandemia de coronavírus. A matéria segue para análise do Senado.

Pelo texto do relator, deputado Marcelo Aro (PP-MG), o auxílio pode chegar a R$ 1.200 por família. O valor final, superior aos R$ 200 anunciados pelo Executivo no início da crise em virtude da pandemia, foi possível após articulação de parlamentares com membros do governo federal. O projeto prevê ainda que a mãe provedora de família “uniparental” receba duas cotas.

(mais…)

Teste de coronavírus de ministro Paulo Guedes deu negativo

O teste do ministro da Economia, Paulo Guedes, para o novo coronavírus deu negativo, divulgou hoje (26) a pasta. Em nota, o ministério informou que o teste foi realizado no dia 18 no posto de atendimento do Palácio do Planalto e que o resultado saiu na sexta-feira (20).

Segundo o comunicado, o material foi enviado pelo Hospital das Forças Armadas (HFA), de Brasília, para a Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, que fez a análise do teste. Desde a última sexta-feira, o ministro trabalha remotamente de casa, no Rio de Janeiro, de onde participa de videoconferências. (mais…)

Covid-19: segurança de Bolsonaro é internado em estado grave

O policial militar Ari Celso Rocha de Lima Barros, que integra a equipe de segurança do presidente Jair Bolsonaro, está internado em estado grave em um hospital de Brasília, por causa da Covid-19, de acordo com a revista Crusoé.

O capitão foi diagnosticado com a doença em 18 de março e estava em isolamento domiciliar. Ari não acompanhou Bolsonaro em Miami.

Metro 1