Policial federal baiano é assassinado no Pará; sindicato da PF lamenta

Um policial federal baiano, lotado no Grupo de Polícia Marítima da Superintendência da PF no Pará, foi morto no município de Goianésia do Pará na madrugada deste domingo (10) após assalto a ônibus.

Conforme a polícia do Pará, o policial federal foi morto durante um assalto a um ônibus no trecho entre Jacundá e Goianésia. Os suspeitos, segundo o motorista do veículo, mandaram parar o ônibus no meio da estrada, com arma de fogo, anunciaram o assalto e perguntaram se havia algum policial a bordo.

Após a negativa do motorista, os suspeitos fizeram uma vistoria no veículo, e encontraram o policial, onde atiraram. (mais…)

Polícia do Mato Grosso prende acusado por homicídio de delegado baiano

Foi preso, na sexta-feira (16), um homem acusado de envolvido no homicídio do delegado Clayton Leão, da 18ª Delegacia Territorial (DT/Camaçari), em 2010. A ação foi coordenada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Mato Grosso (Ficco/MT), e contou com o apoio do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil da Bahia, e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, daquele estado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), as investigações apontaram que o criminoso estava no município de Várzea Grande, cerca de 300 km distante da fronteira da Bolívia. Diante de iminência de fuga para aquele país, uma equipe da Polícia Civil do Mato Grosso localizou o homem, cumprindo o mandado de prisão. Ele foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal, e em seguida levado ao sistema prisional daquele estado – de onde deve ser transferido para a Bahia, conforme explicou o titular da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), delegado Arthur Gallas. (mais…)

Maníaco do DF aguardou 8 anos por transferência para ser julgado por crimes na Bahia

Após ter matado duas pessoas em Barra do Mendes, na região de Irecê, o baiano Lázaro Souza aguardou oito anos para ser julgado pelo crime, mas fugiu do sistema prisional antes que o julgamento ocorresse. Isso por que, de acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), após os assassinatos em 2008 e sua prisão no ano seguinte, a Justiça determinou julgamento para 2010, neste meio tempo, Lázaro escapou pela primeira vez do sistema prisional.

Ao Bahia Notícias o MP-BA informou que a Justiça determinou em 27 de abril de 2009 que o denunciado fosse julgado perante o Tribunal do Júri, quando a juíza Dalia Queiroz, da comarca de Irecê, manteve a prisão preventiva de Lázaro e indeferiu o pedido de relaxamento de prisão feito pela defesa. A decisão chegou a ser confirmada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), com parecer do MP favorável.

A pronúncia para julgamento no Júri foi confirmada pelo TJ em 2010, mas antes disso Lázaro fugiu pela primeira vez em 2009 do Complexo Policial de Irecê, foi recapturado em 2010 no estado de Goiás, onde ficou preso por oito anos aguardando julgamento. Neste meio tempo, o ‘maníaco de Brasília’ fugiu mais uma vez, agora da cadeia da Delegacia da cidade de Águas Lindas em julho de 2018, antes de as autoridades cumprirem a determinação judicial de transferência do preso para a Bahia. (mais…)

Capoeirista brasileiro morre após ser espancado por grupo de homens em Londres

Um capoeirista brasileiro que vivia em Londres foi atacado por um grupo de homens no sábado (25), não resistiu à agressão e morreu nesta terça-feira (28).

Segundo testemunhas, Iderval Silva, 46, foi espancado ao se aproximar de um grupo que aparentemente tentava furtar sua moto. Ele dava aulas de capoeira e, para complementar a renda, havia começado a fazer entregas de comida pelo aplicativo Uber.

Em nota, a Polícia Metropolitana de Londres afirmou que o grupo fugiu do local antes de a polícia chegar, às 16h32 daquele sábado. A moto não foi roubada. Um jovem de 16 anos suspeito de ser um dos agressores foi apreendido próximo ao local. (mais…)

Bahia:Ao tentar impedir que cabo da PM agredisse a própria namorada delegado é executado a tiros diz nota

 O delegado José Carlos Mastique foi morto por policiais militares na madrugada deste domingo (28) em Itabuna, no Sul da Bahia. Mastique estava dentro de um Honda City em um posto de gasolina, no centro da cidade, e reagiu a uma abordagem da PM, segundo registro do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

 De acordo com informações do 15º BPM, o delegado estava com o carro estacionado no Posto Jequitibá, onde funciona também uma loja de conveniências. Um morador que passou no local, por volta das 4h, estranhou o carro parado, e viu que havia um homem armado no veículo.

 A testemunha então entrou em contato com a PM informando que suspeitava de que um assalto iria ocorrer no posto. Uma equipe foi enviada ao local e tentou abordar o delegado que, segundo o 15º BPM, estava “alterado” e sacou a arma. Os militares atiraram, sem saber que se tratava de um delegado de polícia. Mastique foi baleado no peito. A própria guarnição da PM o socorreu para o Hospital Base de Itabuna, mas o delegado não resistiu ao ferimento e morreu.

 Em nota, o Sindpoc chamou a ação de “desastrosa” e afirmou que Mastique foi morto ao tentar intervir e impedir que um cabo da PM agredisse a própria namorada. Diz ainda que ele se identificou, assim como um colega que estava com ele, e foi baleado ao tentar entregar sua arma.

Leia a nota:
 “O  Sindpoc repudia a ação desastrosa perpetrada por uma guarnição de policiais militares, onde o cabo da PM Cleomario, assassinou o delegado da Polícia Civil Mastique, após a vítima tentar evitar uma agressão de um policial militar de folga contra a sua acompanhante. Os policiais civis Mastigue e Figueiredo ao serem abordados se identificaram serem policias e estarem armados. O delegado ao pegar a arma, para entregar aos policiais militares foi alvejado, vindo a óbito no local, com objetivo de modificar o cenário do ocorrido,  simularam Socorro a vítima.

Os investigadores da Polícia  Civil iniciaram a investigação para esclarecer a sociedade com a verdade dos fatos, responsabilizando  o autor dessa truculência que ceifou a vida do nosso colega.”


 Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso será investigado pela Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Ilhéus.

Japumerim: Homem é executado a tiros ; vítima teria ido dar um recado


Na noite deste sábado (20) a Polícia Militar de Ipiaú recebeu um chamado por volta das 19:00 horas.

Segundo a denúncia, um homicídio havia acabado de ser assassinado na Rua Esmeralda Rocha Passos, no distrito do Japumerim, município de Itagibá.

De pronto uma guarnição se deslocou até o local onde confirmou o óbito de Firmino Lino dos Santos Júnior, de 30 anos, morador do bairro Euclides Neto, em Ipiaú, que segundo relatos de testemunhas, foi vítima de mais de dez tiros. Testemunhas não souberam relatar ao certo quantos disparos acertaram o jovem que era mototaxista e pai de uma criança de apenas seis meses.

O fato assusta a região que está abalada nos últimos três dias com a crescente violência. Vale ressaltar que na última quarta-feira mais de 60 detentos foram beneficiados e poderão retornar à unidade prisional até às 18h da próxima quarta-feira.

Desde a data da liberação dos criminosos que respondem pelos mais diversos crimes, esse é o terceiro homicídio ocorrido nos últimos dias, o segundo registrado neste dia de sábado quando, ainda pela manhã foi encontrado boiando no Rio de Contas,  o corpo  do jovem Ramon de  Souza,com os pes amarrados e sem a cabeça.

A vítima desta vez, segundo informações de populares, teria ido ao distrito dar um recado. Ele já tinha passagem pela polícia, uma vez que já tinha sido preso  transportando maconha em um veículo modelo Ônix, que foi interceptado quando trafegava pela Rua Castro Alves, centro da cidade.

De acordo com informações da Polícia na época, além do acusado, estavam a bordo do carro mais três homens: Reginaldo Cruz de Almeida, Fábio Brito Alves, e Ediclei dos Santos Oliveira, todos foram apresentados na Delegacia Territorial de Ipiaú.

O DPT de Jequié já foi acionado para realizar a perícia no local e remover o corpo e a polícia deve investigar o caso

Ipiaú Online / Mateus Oliver

Imprensa internacional repercute morte de argentino em Salvador

A morte do turista argentino Luis Daniel Barizone, 65 anos, em Salvador, repercutiu internacionalmente. O jornal La Nación divulgou o fato e contou que ele e a família foram alertados sobre os perigos de passear a noite, mas resolveram assistir ao pôr do sol ao lado do Farol de Itapuã mesmo assim.

Barizone foi assassinado, na noite de terça-feira (19), após ser roubado. Ele estava caminhando com a esposa e a filha, quando dois suspeitos tentaram arrancar a bolsa da mulher do argentino, mas tiveram dificuldade e uma briga se iniciou. O turista acabou recebendo um golpe de faca nas costas e não resistiu. (mais…)