Casos crescem no interior, e Rui Costa prepara decreto e pede reforço da PM

O crescimento de casos ativos da Covid-19 em municípios do interior da Bahia foi o assunto principal da transmissão realizada pelo governador Rui Costa na internet, na noite desta quinta-feira (9). Desde o final de junho, o gestor alertava para o aumento na curva de contaminados em decorrência, na avaliação dos prefeitos, dos festejos de São João.

“São vários motivos [para o crescimento], mas o mais relevante, mais citado, foi o efeito das festas juninas. Relato, infelizmente, é que muitas pessoas fizeram festas, encontros, em sítios, fazendas, em casa, recebendo pessoas. Muitos parentes se juntaram, jovens se reuniram para beber juntos. Isso é muito grave”, completou o governador.

Diante dessa situação, o governador tem se reunido com prefeitos baianos para definir ações nos municípios que têm as maiores taxas de crescimento. Na próxima sexta-feira, Rui Costa vai editar um decreto com medidas firmes nestas cidades.

“Acabei, há pouco, mais uma reunião com um grupo de prefeitos. Entre ontem (quarta, 8) e hoje (quinta), fizemos reuniões com 66 prefeitos e prefeitas via internet. Objetivo é alinhar medidas para contenção do coronavírus. Estou extremamente preocupado com o crescimento em algumas cidades ou várias cidades do interior da Bahia”, contou.

“Amanhã (sexta-feira, 10) vamos fazer um decreto estadual alinhado com prefeitos e prefeitas para vários municípios. Um deles é a cidade de Jequié, que cresce de forma assustadora. A cidade de Jaguaquara, também crescendo em ritmo alto, e outras cidades do baixo sul. Amanhã editamos outro decreto”, acrescentou Rui Costa.

O governador também entrou em contato com o comandante-geral da Polícia Militar na Bahia, Anselmo Brandão, para reforçar a fiscalização nos municípios baianos.