Buerarema: Jovem pediu perdão à mãe antes de ser executado

Na noite desta sexta-feira (01) por volta das 22:30, um homem de 27 anos foi perseguido e baleado por criminosos ainda não identificados no município de Buerarema. De acordo com informações, os atiradores estavam divididos em dois carros, – Picape Hilux, e um Fiat Siena de dados não anotados.

Carlos  Antônio Aragão da Silva, recebeu os primeiros disparos próximo a um bar no centro da cidade, na Rua Antônio Batista. Mesmo ferido o homem correu cerca de 400m, ele atravessou um Canal de esgoto, e foi até a casa da mãe que fica localizada na Rua A, no bairro São Bento.

Carlos invadiu a casa da mãe pedindo socorro, e deitou sobre um sofá, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com informação da irmã da vítima, ele ainda pediu perdão para sua mãe antes de falecer. “ Foi muito triste gente, eu ainda fui em busca de socorro, mas meu irmão morreu. Ele ainda pediu perdão para mainha antes de morrer”, relatou a irmã de Carlos.

Antônio Aragão da Silva, recebeu os primeiros disparos próximo a um bar no centro da cidade, na Rua Antônio Batista. Mesmo ferido o homem correu cerca de 400m, ele atravessou um Canal de esgoto, e foi até a casa da mãe que fica localizada na Rua A, no bairro São Bento.

Carlos invadiu a casa da mãe pedindo socorro, e deitou sobre um sofá, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com informação da irmã da vítima, ele ainda pediu perdão para sua mãe antes de falecer. “ Foi muito triste gente, eu ainda fui em busca de socorro, mas meu irmão morreu. Ele ainda pediu perdão para mainha antes de morrer”, relatou a irmã de Carlos.

No momento do acontecido, populares informaram para a equipe do Blog Verdinho Itabuna que foram ouvidos cerca de 30 tiros. “Foi o maior corre-corre pela rua. Teve gente que saiu baleada e socorrida para Hospital em Itabuna”, informou uma mulher que acompanhava o trabalho da perícia no local.

Na Rua Antônio Batista, centro da cidade, casas ficaram com marcas de tiros pelas paredes. Carlos era usuário de drogas, e já tinha passagem pela polícia. Em 2017, ele tomou um carro de assalto na cidade de São José da Vitória.