Bolsonaro fica preso no elevador ao visitar Neymar em hospital

Sobrou para o presidente Jair Bolsonaro (PSL) na conturbada fase do atacante Neymar. O chefe de Estado ficou preso no elevador do hospital Home, em Brasília, ao fazer uma visita ao jogador na última quarta-feira (5) após o amistoso vencido pelo Brasil por 2 a 0 contra o Qatar.

Na ocasião, o camisa 10 da Seleção Brasileira saiu ainda no primeiro tempo, quando sofreu uma entrada do jogador do Qatar e sofreu uma lesão no pé direito – posteriormente, foi constatada uma ruptura no ligamento do tornozelo.

Procurada pela reportagem do jornal, a assessoria do hospital confirmou a pane no elevador, e informou que, na verdade, houve uma parada porque a comitiva presidencial, junta, sobrecarregou o limite de peso do equipamento. “O equipamento demonstrou toda sua tecnologia e segurança ao entender que a situação de locomoção estaria comprometida pelo excesso de pessoas”, justificou a entidade em nota.

Folha de S. Paulo.