Bolsas europeias fecham em mínima de 8 meses após queda do petróleo

As ações europeias terminaram hoje (9) em uma mínima de oito meses, depois que uma queda expressiva nos preços do petróleo aprofundou as preocupações de uma recessão global e do surto de coronavírus.

O subíndice de petróleo e gás sofreu as maiores perdas, depois que os preços do petróleo perderam um terço de seu valor devido às preocupações com a guerra de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia.

As empresas europeias perderam agora quase 3 trilhões de dólares em valor desde que a rápida disseminação do coronavírus provocou uma liquidação mundial em fevereiro, conforme o surto parece poder perturbar a atividade econômica em todo o mundo.

Metro 1