Bençãos dos céus: Santa Dulce dos Pobres será homenageada durante a Lavagem do Bonfim 2020

Santa Dulce dos Pobres será homenageada durante a Lavagem do Bonfim 2020. Durante o evento religioso, que acontece nesta quinta-feira (16) e é considerado um dos mais importantes do Brasil, os quase dois milhões de participantes irão parar em frente ao hospital das Obras Sociais Irmã Dulce para rezar e pedir a benção da Santa.

O reitor da Basílica Santuário Senhor do Bonfim, padre Edson Menezes, destacou que a primeira santa brasileira e baiana é um exemplo de solidariedade e de mulher forte. “Irmã Dulce era visionária, pois também evangelizava nas palafitas dos Alagados, nos ambientes de trabalho, como nas fábricas. Ela esmolou na Feira de São Joaquim e nas ruas da cidade para socorrer os seus pobres, invadiu casas e até os Arcos do Bonfim para abrigar seus doentes. Santa Dulce dos Pobres é para todos nós uma referência, um ícone da caridade e do amor ao próximo”, resumiu padre Edson.

Durante a Lavagem deste ano, a imagem peregrina (réplica da imagem original de Senhor do Bonfim) estará pela primeira vez na caminhada. “O motivo da participação da imagem é que estamos celebrando o Jubileu dos 275 anos da chegada da imagem a Salvador”, contou o reitor.

Ela sairá às 7h da Igreja da Conceição da Praia, em uma caravela que será montada em cima de um carro, a fim de recordar o tipo de embarcação que trouxe a imagem para a capital baiana há mais de dois séculos. De lá, seguirá até a Colina Sagrada.

Na Lavagem do Bonfim de 2021, quando as obras do Caminho da Fé estarão concluídas, os fiéis poderão aproveitar o novo trajeto, que ligará o santuário de Dulce, no Largo de Roma, até o Bonfim. Com 1,1 km, o tempo de caminhada é o mesmo para rezar um terço.

BNews