Funcionários da Ford de Camaçari protestam em frente a Assembleia Legislativa da Bahia

Funcionários da Ford na Bahia realizam hoje (13) mais um protesto, desde o final da manhã, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, contra encerramento das atividades da montadora no Brasil e o fechamento da fábrica de Camaçari. Os trabalhadores da unidade instalada na cidade da região metropolitana se reuniram em frente a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Júlio Bonfim, e outros diretores da entidade foram recebidos pelo presidente da Alba, deputado Nelson Leal, além de outros seis deputados, para discutir a criação de uma comissão de parlamentares para acompanhar e buscar soluções para o fechamento da fábrica na Bahia. Com um mini trio elétrico no estacionamento da Alba, os manifestantes revezam discursos em prol dos trabalhadores.

Em entrevista à Rádio Metrópole, Júlio Bonfim afirmou que o fechamento da Ford causará a perda de emprego a 12 mil trabalhadores diretos, enquanto a Ford alega que serão cinco mil empregos afetados. Na manhã de ontem (12), os funcionários já haviam sido realizado um protesto em frente a fábrica de Camaçari.

Metro 1

Russos devem fazer pedido de registro emergencial da Sputnik V na Anvisa ainda nesta semana

Autoridades russas informaram nesta quarta-feira (13) que pretendem fazer o pedido de registro emergencial para a aplicação da vacina Sputnik V no Brasil ainda nesta semana à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A União Química, fabricante do imunizante no Brasil, entrou com pedido para a realização de testes clínicos (fase 3) no Brasil, mas a Anvisa solicitou mais documentos. Segundo Rogério Rosso, diretor de negócios internacionais da União Química, os russos se comprometeram em enviar as informações que faltam ainda nesta semana.

“Quando a Anvisa autorizar testes clínicos, vamos solicitar o emergencial”, disse o executivo, que está em Moscou. Em comunicado elaborado nesta quarta, o RDIF (fundo de investimentos estrangeiros russo, da sigla em inglês) disse que o registro será solicitado no Brasil após a aprovação em países como Argentina, Bolívia, Argélia, Sérvia e Palestina, além da aplicação maciça na própria Rússia. O compromisso é fornecer 10 milhões de doses ao Brasil no primeiro trimestre deste ano. A expectativa da União Química é começar a produzir na sexta (15), em sua fábrica no Distrito Federal.

BN

Com Doria ausente, governo apela a cientistas famosos em anúncio de eficácia menor de vacina

Em meio a questionamentos sobre falta de transparência na divulgação dos dados da Coronavac, o governo João Doria (PSDB) apelou a vários cientistas e profissionais renomados durante o anúncio da eficácia geral da vacina, de 53,38%.

O anúncio contou com a presença de 13 especialistas, incluindo profissionais independentes, sem ligação com o governo estadual e seu comitê de contingência. Doria, porém, desta vez não estava presente.

A assessoria de Doria disse à reportagem que ele não vai a entrevistas coletivas do Instituto Butantan e que, devido ao “tema técnico, ele deixa para os cientistas”. O governador, porém, participou da coletiva em que foi divulgado o percentual anterior, mais positivo. (mais…)

Camaçari: Funcionários da Ford protestam após anúncio do fechamento da empresa

Uma grande quantidade de trabalhadores que atuavam na Ford de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), protestaram nesta terça-feira (12) na sede da fábrica após o anúncio do fechamento da empresa no Brasil nesta segunda-feira (lembre aqui).

Após o grande grupo de trabalhadores se reunirem em frente a fábrica, eles marcharam em direção ao centro administrativo do município. Em entrevista ao portal G1, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Bahia, Júlio Bonfim disse que durante uma reunião com o presidente da Ford na América do Sul, ele justificou o fechamento da empresa por conta da instabilidade econômica do Brasil e por conta dos impactos da pandemia do novo coronavírus.

Ao site, Júlio disse que a empresa estaria fazendo uma atrocidade com mais de 12 mil trabalhadores. “Por que eu falo isso? A Ford está mentindo quando ela fala que são, simplesmente, cinco mil trabalhadores que estão sendo desligados. Nós temos um acordo coletivo aqui, em que empresas parceiras de autopeças produzem nas mesmas condições como trabalhador direto Ford. Então só somando essas empresas são oito mil, mais quatro mil trabalhadores de empresas satélites que fornecem diretamente para a Ford”, revelou.

BN

Eficácia de 100% da Coronavac em casos graves ainda não tem ‘significância estatística’, diz diretor do Butantan

O Instituto Butantan informou que o estudo conduzido pelo órgão indicou que a vacina Coronavac, desenvolvida no país em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, tem a eficácia geral de 50,38% contra a Covid-19. O dado foi informado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no pedido de registro emergencial da vacina, e está acima dos 50% requeridos universalmente para considerar um imunizante viável.

Na semana passada, a gestão João Doria (PSDB) afirmou que o imunizante tem 78% de eficácia contra casos leves da doença e 100% contra os quadros graves e moderados. No entanto, os dados referem-se só a um recorte do estudo. A eficácia geral, principal indicador da pesquisa e que considera toda a amostra de voluntários, não foi revelada de primeira e ficou em um patamar inferior. Chamado de eficácia global, o índice aponta a capacidade da vacina de proteger em todos os casos – sejam eles leves, moderados ou graves. O número mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e também pela Anvisa é de 50%.

“Essa vacina tem segurança, tem eficácia, e todos os requisitos que justificam o uso emergencial”, defendeu o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, durante o anúncio. Segundo o Butantan, a taxa de eficácia de 78%, apresentada pelo instituto na última semana foi calculada considerando somente casos de Covid-19 com pontuação maior ou igual a 3, comparando o grupo vacinado e o grupo que recebeu placebo, uma substância neutra.

Metro 1

Auxílio emergencial para nascidos em maio começa ser pago hoje

Cerca de 3,5 milhões de beneficiários do Auxílio Emergencial e do Auxílio Emergencial Extensão poderão sacar o benefício a partir desta segunda-feira (11). Estão incluídos os nascidos em maio, que podem sacar ou transferir os recursos da Poupança Social Digital. Foram creditados R$ 2,4 bilhões para esses públicos nos ciclos 5 e 6 de pagamentos do Auxílio Emergencial.

Desse total, R$ 2,2 bilhões são referentes às parcelas do Auxílio Emergencial Extensão e o restante, R$ 200 milhões, às parcelas do Auxílio Emergencial.

Para realizar o saque em espécie, é necessário fazer o login no App Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da Caixa, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui. (mais…)

Estudo da USP identifica que melatonina impede infecção pelo coronavírus

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) identificaram que a melatonina produzida no pulmão atua como uma barreira contra o SARS-CoV-2.

Eles perceberam que a melatonina impede a expressão de genes codificadores de proteínas de células como os macrófagos residentes, presentes no nariz e nos alvéolos pulmonares, e as epiteliais, que revestem os alvéolos pulmonares e são portas de entrada do vírus. Dessa forma, o hormônio impossibilita a infecção dessas células pelo vírus. De acordo com reportagem da agência Fapesp sobre a descoberta, ela vai ajudar a compreender por que algumas pessoas que não são infectadas ou que estão com o vírus, detectado por teste do tipo RT-PCR, e não apresentam sintomas da Covid-19.

A descoberta também abre possibilidade para o uso da melatonina administrada por via nasal – em gotas ou aerossol – para impedir a evolução da doença em pacientes pré-sintomáticos. Para comprovar a eficácia terapêutica do hormônio contra o novo coronavírus, porém, será necessária a realização de uma série de estudos pré-clínicos e clínicos, sublinham os autores do estudo. Um artigo com os resultados obtidos foi publicado revista Melatonin Research.

Governo federal mantém feriado do Carnaval

O ministro do Turismo, Gilson Machado, revelou hoje (11), em um entrevista ao SBT, que o governo vai manter o feriado do Carnaval. A folia na rua, porém, que ele chamou de “festa profana”, vai ficar “a cargo dos governadores”, segundo ele. A avaliação geral, dos secretários da pasta e dos representantes dos estados, é de que o evento não deve acontecer por causa da pandemia do coronavírus.

Gilson tranquilizou quem planeja viajar durante o período. “Quem estava indeciso se ia comprar um pacote turístico, uma passagem aérea, fique sabendo que o nosso governo não vai fazer nada para proibir o feriado do Carnaval”, disse.

“Agora, a festa do Carnaval, que é uma festa profana e todo mundo sabe, fica a cargo dos governadores”, falou o ministro. Ele completou que, em conversas com os secretários de turismo e com os governadores, a impressão é de que “infelizmente, não temos segurança sanitária para fazer aglomeração do tamanho que o carnaval faz ainda”, afirmou.

Metro 1

Planos de vacinação pelo País incluem barco, drive-thru e até freezer de peixe

Enquanto esperam aprovação de alguma vacina contra a covid-19 no Brasil, Estados e municípios correm contra o tempo para garantir que a campanha de imunização comece assim que for dado o aval. Planos especiais preveem desde transformar escolas, igrejas ou quartéis em salas de vacinação a investir em sistema de drive-thru. Em alguns locais, a logística inclui transportar doses de barco ou avião e até armazená-las em frigorífico de peixe.

Governos estaduais dizem que as seringas e agulhas em estoque já seriam suficientes para as primeiras fases de imunização. Ao menos 15 das 27 unidades federativas – entre elas, São Paulo, Pará e Bahia – também fecharam contrato com farmacêuticas, assinaram memorando ou reservaram orçamento para compra direta de vacina.

Um dos objetivos dessas negociações é não depender exclusivamente das doses que devem ser distribuídas pelo Ministério da Saúde. O governo Jair Bolsonaro apresentou o Plano Nacional da Vacinação Contra a Covid-19 no dia 16 de dezembro, mas ainda sem data oficial de início da campanha. (mais…)

Ex-prefeito de Eunápolis recebe alta após quase 40 dias internado com Covid-19

Ex-prefeito de Eunápolis, na Costa do Descobrimento, Paulo Dapé, 64, recebeu alta hospitalar no último sábado (9) após ter ficado internado por infecção da Covid-19. A informação é do portal Radar64. Dapé estava internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, e desembarcou no aeroporto de Porto Seguro no último sábado, ao lado da sua esposa, a atual prefeita de Eunápolis, Cornélia Torres (DEM). Ele foi recepcionado por familiares.

Na chegada a cidadã da qual foi prefeito, Dapé foi recebido por correligionários, que o receberam com fogos de artifício e tocando seu jingle de campanha. Durante o tratamento contra o novo coronavírus, o político foi submetido a um procedimento de instalação de um pulmão artificial, que fez a oxigenação por membrana extracorpórea.

Internado com coronavírus em 19 de novembro do ano passado, no Hospital Ames, em Eunápolis, Dapé teve falência respiratória e precisou da ajuda da máquina para a troca de oxigênio necessária para a manutenção das funções vitais.

BN

Testes de vacinas nacionais contra a Covid-19 têm previsão de término para depois de 2022

As vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas totalmente por organizações brasileiras só devem concluir seus testes a partir de 2022. Dos 16 projetos de pesquisa registrados pelo Ministério da Saúde, todos estão em fase pré-clínica ou seja, com testes em células ou em animais.

Já na lista da Organização Mundial da Saúde (OMS), somente três projetos brasileiros haviam sido registrados até a última sexta-feira (8).

Especialistas alertam para os riscos de o Brasil não ter uma vacina de tecnologia própria. Segundo técnicos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), uma das situações mais graves seria a aparição de mutações do vírus a partir de características regionais do Brasil; e possivelmente resistentes às atuais vacinas contra a Covid-19. A preocupação foi expressa em nota do MCTI para o Ministério da Economia, em que solicita a liberação extra de R$ 390 milhões para o financiamento de projetos nacionais de vacinas.

Metro 1

Ministério da Saúde anuncia que distribuirá vacina do Butantan a todos estados

O Ministério da Saúde informou nesta sábado (9) que fechou acordo com o Instituto Butantan, de São Paulo, para distribuir com exclusividade as vacinas contra o novo coronavírus pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para todos os estados, simultaneamente.

A pasta informou que campanha de imunização gratuita deve começar “tão logo os imunizantes recebam autorização da Anvisa”.

Na sexta-feira, o Butantan fez pedido à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para aplicar doses da Coronavac, desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A previsão é de que a Anvisa se manifeste sobre o pedido em até 10 dias. (mais…)

China diz aguardar missão da OMS a Wuhan para investigar origem da Covid-19

A China garantiu afirmou hoje (9) que está finalizando os preparativos para receber a missão da Organização Mundial da Saúde (OMS) que investigará em Wuhan a origem da Covid-19.

A afirmação das autoridades chinesas ocorreu depois de o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ter afirmado que estava “muito decepcionado” com Pequim por não ter finalizado as permissões necessárias para a chegada da equipe de especialistas da organização a Wuhan.

“Assim que esses especialistas concluírem os procedimentos e confirmarem o plano, iremos a Wuhan para acompanhar as investigações”, afirmou o vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde, Zeng Yixin. Dias antes, as autoridades chinesas se negaram a confirmar os detalhes da viagem, em um gesto que mostra o incômodo do regime chinês com o tema. De acordo com o G1, o país tenta se desvencilhar da responsabilidade pela pandemia, que já deixou quase 2 milhões de mortos no mundo.

Metro 1

Itabuna: Hospital materno-infantil adota o uso de redinhas para bebês internados em UTI

O Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, cidade do sul da Bahia, adotou o uso de redes, que são usadas como incubadoras, no tratamento de bebês, internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal. As redinhas acolhem os bebês como se eles estivessem no útero da mãe e a unidade médica já comprovou clinicamente que os resultados são bem positivos. As informações são do portal G1.

Luana Silva acompanha o filho, que está internado na maternidade neonatal, após nascer prematuro. Lian Silva vem recebendo atenção semi-intensiva, porque o quadro dele apresentou evolução.

A mãe de Lian acredita que o tratamento humanizado com o uso de redes dentro das incubadoras está fazendo a diferença na recuperação do filho. “Ele come na caminha, ele desce para baixo, ele se agita, ele arranca a sonda. E na rede não, ele fica quietinho”, disse. (mais…)

Bahia registra novo crescimento de casos ativos da Covid-19, aponta boletim da Sesab

Os casos ativos da Covid-19 seguem em crescimento na Bahia, conforme o boletim epidemiológico publicado na tarde desta sexta-feira (8) pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Nas últimas 24 horas, o número de contaminados pelo novo coronavírus no estado subiu de 5.860 para 6.267.

Salvador segue sendo o município baiano com mais casos ativos, com 1.706 contaminados. A capital é seguida de longe por Vitória da Conquista (356), Santo Antônio de Jesus (146), Itabuna (136), Lauro de Freitas (96), Camaçari (90), Jequié (88), Porto Seguro (88), Cruz das Almas (80) e Guanambi (79).

O aumento do número de contaminados se deu após a Sesab registrar 2.777 novos casos da Covid-19 no estado, alcançando a marca de 508.695 casos confirmados desde o início da pandemia, que teve sua primeira contaminação notificada no dia 6 de março de 2020, em Feira de Santana. (mais…)