Prefeitura do Rio espera vacinar 110 mil pessoas em quatro dias

Sem ter a certeza de como será a entrega gradual das vacinas para a cidade, a prefeitura do Rio irá começar a vacinação contra o coronavírus entre os profissionais de saúde que atuam diretamente no tratamento da covid-19 e idosos que residem em instituições de longa permanência. Num primeiro momento, ninguém deverá procurar postos em busca de vacina.

O primeiro lote, cuja previsão de chegada é para o fim da tarde desta segunda-feira, 18, prevê 231 mil doses para a capital fluminense. Dessas, 110 mil serão liberadas imediatamente pelo governo do Estado. Assim, elas serão destinadas a 34% do total de profissionais de saúde, além de idosos de dez instituições da cidade, tanto públicas quanto privadas. O processo de imunização deverá levar quatro dias.

“Não podemos ter doses fora dos grupos prioritários”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz. Na sequência – mas sem conseguir informar as datas – ele disse que a expectativa é de vacinar até 2,3 milhões de cariocas até a quarta etapa de vacinação, que irá se estender pelos próximos meses. (mais…)

Conquista planeja vacinar 90 mil na 1ª fase, mas número de doses deve limitar imunização

A expectativa da Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, no Sudoeste Baiano, é que cerca de 90 mil pessoas sejam vacinadas na cidade contra a Covid-19 após a distribuição das doses por parte do governo do estado. O número preciso dos imunizados com o primeiro lote do imunizante, cuja previsão de desembarque na Bahia continua nesta segunda-feira (18), não deve ser divulgado. Além das 42 unidades de saúde, a vacina também deve ser disponibilizada em outros quatro pontos fixos.

De acordo com a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, o município já concluiu o plano de vacinação que será executado, mas ainda não é possível dizer quantas doses serão aplicadas com exatidão. “Nossa equipe está pronta para fazer toda operação de vacinação da primeira fase do grupo prioritário. O que nos falta agora é saber o quantitativo da primeira fase e quando iremos receber. Essa resposta o governo do estado deve passar para os municípios, mas até então não temos essa informação”, disse.

Ainda segundo a secretária, o município adquiriu cerca de vinte novos refrigeradores para as unidades de saúde que estavam sem o equipamento, outros insumos também foram adquiridos para atender à demanda. “Toda vacina vem casa com o seu kit de seringa enviado pelo Ministério da Saúde, mesmo assim, também adquirimos mais seringas e insumos para se precisar ter reposição. Nossa intenção é vacinar no primeiro momento cerca de 90 mil pessoas de acordo com o grupo prioritário do ministério. São idosos, trabalhadores da saúde e segurança, indígenas e quilombolas”, disse, sem saber precisar o número de seringas adquiridas. (mais…)

Salvador deve vacinar 2.500 pessoas contra a Covid-19 nesta terça

A Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado iniciam amanhã (19) a vacinação contra a Covid-19. Para esse primeiro dia de estratégia, as gestões municipal e estadual pretendem imunizar cerca de 2.500 pessoas entre idosos abrigados na Instituição de Longa Permanência das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), na Cidade Baixa, além dos trabalhadores que atuam na Base Central do SAMU 192, no Pau Miúdo, na UPA e Gripário de Pirajá/Santo Inácio, UPA e Gripário Barris, UPA e Gripário Brotas, Hospital Municipal de Salvador e abrigo Dom Pedro.

Para o início da estratégia no município, o Governo Federal encaminhou cerca de 42 mil doses da vacina Coronavac. Esse quantitativo tem a capacidade de proteger cerca de 21 mil pessoas, uma vez que o imunizante prevê uma dose de reforço após 14 dias da primeira aplicação. Para essa primeira remessa, está previsto a imunização dos idosos abrigados em Instituições de Longa Permanência do município, trabalhadores da saúde que atuam na rede de urgência e assistência direta aos pacientes com o novo coronavírus – UPAs, Gripários, SAMU 192 e hospitais e hospitais de campanha.

A estratégia utilizada para essa primeira fase será através de 11 equipes volantes nos próprios locais elencados, por isso, a população não deve se direcionar a nenhum ponto de vacinação. A programação segue recomendação de informe técnico emitido pelo Ministério da Saúde. (mais…)

Reino Unido: Mais de metade dos idosos acima dos 80 anos já foi vacinado

Mais de 3,5 milhões de pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, no Reino Unido, sendo que mais de metade dos idosos com mais de 80 anos já recebeu, pelo menos, a primeira dose. A informação foi revelada pelo próprio ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, através de uma mensagem partilhada, este domingo, na sua página oficial do Twitter.

Entretanto, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou, cita a Sky News, que, neste momento, estão a ser inoculadas 140 pessoas por minuto em todo o Reino Unido, um balanço “incrível”.

(mais…)

PM recupera joias, relógios, TV e ferramentas furtadas de casa em Vilas do Atlântico

Joias, relógios, uma televisão e ferramentas furtadas de uma casa em Vilas no Atlântico, em Lauro de Freitas, na madrugada deste domingo (17), foram recuperadas por equipes da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o material foi encontrado com uma dupla de suspeitos em uma abordagem.

As joias estavam em três maletas. Com os suspeitos foram localizados ainda 28 relógios de marcas distintas, semi-joias, uma TV de 32 polegadas, duas caixas de ferramentas, três baterias externas, três garrafas de whisky, um tablet e um iPhone. (mais…)

Brasil perdeu uma multinacional a cada três meses desde 2018

A saída da Ford do Brasil, anunciada na última segunda (11) é mais um golpe na indústria brasileira. Desde 2018, ao menos 15 multinacionais de vários setores deixaram o país, num movimento dramático no setor industrial, com fechamento de fábricas e empregos. O dado foi divulgado pelo jornal O Globo.

Entre 2000 e 2019, a participação da indústria de transformação (que exclui petróleo e minério) no Produto Interno Bruto (PIB) encolheu, passando de 13,1% para 10,1%. Com a pandemia, ficou abaixo dos 10% pela primeira vez entre janeiro e julho de 2020.

É a menor participação do setor desde 1947, segundo o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi).

Metro 1

Salas de prova do Enem têm 80% de ocupação, e Defensoria diz que Inep mentiu sobre segurança

A Defensoria Pública da União (DPU) entrou com ação para anular a decisão da Justiça Federal que manteve a realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para este domingo (17). O órgão diz que o Inep mentiu sobre as medidas de segurança adotadas, já que manteve salas com 80% de ocupação.

O Inep anunciou e informou à Justiça que as salas de prova teriam ocupação inferior a 50%, como forma de garantir o distanciamento adequado entre os candidatos.

No entanto, a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) encaminhou um documento ao Inep informando que as salas de suas instalações têm ocupação de 80%. A instituição diz que a condição para ceder os espaços foi de que seria respeitado o limite de 40%, o que não ocorreu. (mais…)

São Paulo quer iniciar vacinação contra a Covid-19 já na segunda-feira

O estado de São Paulo pretende iniciar a vacinação contra a Covid-19 já na segunda-feira (18), um dia após a reunião na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para decidir sobre o uso emergencial do imunizante. Segundo o secretário de Saúde do estado, Jean Gorinchteyn, tudo vai depender do aval da agência reguladora.

Os diretores da agência se reunirão no domingo (17) para discutir a liberação de duas vacinas contra o coronavirus: a Coronavac, feita pelo Butantan, em parceria com a farmacêutica Sinovac e a vacina de Oxford, feita em parceria com a Astrazeneca e a Fiocruz.

A reunião começará as 10h da manhã e está previsto para que termine até às 3 horas da tarde. “Se tiver tudo ok, na segunda-feira, teremos o nosso programa realmente implementado. É importante a gente lembrar que o fato de São Paulo iniciar eventualmente antes a vacinação, não quer dizer uma desobediência do programa nacional de imunização. Muito pelo contrário, nós tivemos, como eu disse, eu pessoalmente estive no ministério pra gente inserir a vacina no programa nacional de imunização. Então pra nós é uma alegria democratizar e permitir que todos os brasileiros, pelo menos grande parte no momento, tenham acesso à vacina”, afirmou o secretário.

Metro 1

Anvisa dá autorização para distribuição de oxigênio com pureza menor em Manaus

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu autorização excepcional para que a White Martins, empresa que fornece oxigênio para o Amazonas, produzisse a substância com grau de pureza 95%, abaixo dos 99% habituais. A permissão foi dada na tarde da quinta-feira, 14, quando a capital Manaus registrou falta do produto em vários hospitais, o que causou a morte de pacientes do coronavírus por asfixia.

A medida veio após um esforço conjunto de negociações entre a Procuradoria-Geral da República, o Ministério da Saúde, as Forças Armadas, além da Anvisa e da White Martins. Em nota, a PGR afirma que os primeiros carregamentos de oxigênio começaram a chegar em Manaus ainda na manhã desta sexta-feira, 15.

De acordo com o órgão, a White Martins “se comprometeu a viabilizar o fornecimento do produto por meio de carretas vindas da Venezuela”. Na noite de ontem, o presidente venezuelano Nicolás Maduro já havia autorizado a carga a sair do País. “Por instruções de Maduro, conversei com o governador do Amazonas, Wilson Lima, para colocar imediatamente à disposição o oxigênio necessário para atender a contingência sanitária em Manaus. Solidariedade latino-americana antes de tudo!”, afirmou o chanceler chavista Jorge Arreaza, em suas redes sociais. (mais…)

Ministério da Saúde pede ao Butantan entrega ‘imediata’ de 6 milhões de doses

O Ministério da Saúde enviou nesta sexta-feira (15) ao Instituto Butantan um ofício no qual pediu a entrega “imediata” de 6 milhões de doses importadas da vacina contra a Covid-19. O documento é assinado pelo diretor do Departamento de Logística em Saúde, Roberto Ferreira Dias, e endereçado ao diretor do instituto, Dimas Covas.

“Solicitamos os bons préstimos para disponibilizar a entrega imediata das 6 milhões de doses importadas e que foram objeto do pedido de autorização de uso emergencial perante a Anvisa”, diz o documento.

O material ressalta a “urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que este ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa, conforme cronograma previsto no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid–19”, de acordo com o G1. (mais…)

Bahia pode vacinar 5,08 milhões de pessoas até maio

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) prevê a imunização de 5,08 milhões de baianos até maio, nas quatro primeiras fases do plano estadual de vacinação. Nestas etapas serão vacinados os grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Para executar esta operação, serão envolvidos mais de 50 mil profissionais de saúde, conforme anunciou o governador Rui Costa. Segundo ele, também estão previstas 5.114 salas de vacina em todo o estado e serão necessárias 10,16 milhões de seringas e agulhas, considerando que os imunobiológicos possuem duas doses. A previsão da Sesab para vacinação até maio tem como premissa o recebimento das vacinas do Ministério da Saúde ainda neste mês, em quantitativo suficiente. O governo federal, no entanto, ainda negocia com a Índia a sua principal aposta de vacinas para iniciar a imunização já na próxima semana.

Rui Costa destacou, entretanto, que não pretende depender apenas do governo federal na aquisição dos imunizantes. “Determinei à Procuradoria Geral do Estado que ingresse com uma ação no STF para que a Bahia possa efetivar a compra da vacina russa Sputnik V. Não vamos assistir passivamente baianos e brasileiros morrendo diante da incapacidade do Governo Federal”. “Não podemos admitir politicagem com vacina, portanto neste momento não há como definir uma data de início da vacinação sem que o Ministério da Saúde inicie a distribuição para os estados”, afirmou o governador.

Metro 1

Brasil terá imunidade coletiva ao vacinar 99%

O  Brasil precisará aplicar a Coronavac em praticamente toda a sua população apta a recebê-la (99%) para alcançar a imunidade coletiva – e deter a circulação do novo coronavírus no País. O cálculo é do microbiologista Luiz Gustavo de Almeida, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo e do Instituto Questão de Ciência. Segundo Almeida, seriam necessários dez meses para que todos recebessem a primeira dose. Ou seja, se tudo der certo, a vacinação só terá detido totalmente o vírus no segundo semestre de 2022.

A eficácia global da vacina produzida pelo Butantã e pelo laboratório chinês Sinovac é de 50,4%, como anunciado na terça-feira. Por isso, para alcançar a imunidade de rebanho, será necessário imunizar 160 milhões de brasileiros (dos 162 milhões que podem receber a vacina). Segundo o IBGE, o País tem 211 milhões de habitantes. No entanto, os menores de 18 anos, inicialmente, não receberão a vacina.

Especialistas consideram que a imunidade coletiva é obtida quando entre 60% e 70% da população está imunizada. O porcentual da população vacinada e o tempo para atingir a meta seriam menores com vacinas de eficácia mais alta. (mais…)

Covas autoriza e escolas de São Paulo poderão abrir em 1º de fevereiro

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), autorizou que as escolas da capital paulista, públicas e particulares, reabram a partir de 1º de fevereiro. Elas poderão receber inicialmente 35% dos alunos.

A autorização para a retomada das aulas presenciais ocorre em um momento de alta no número de casos e mortes na cidade.

A medida segue o plano estabelecido pelo governador João Doria (PSDB) que, em dezembro do ano passado, classificou os estabelecimentos de ensino como serviços essenciais para que possam abrir em qualquer fase da pandemia. (mais…)

Justiça nega mais uma vez pedido da Defensoria para adiar Enem; prova acontece neste domingo

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) manteve hoje (14) a decisão da Justiça Federal de SP de negar o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontecem no próximo domingo (17) e no seguinte (24).

Na decisão da Justiça de SP, a juíza Marisa Claudia Gonçalvez Cucil, afirma que caso uma cidade tenha elevado risco de contágio que justifique medidas severas de restrição de circulação, caberá às autoridades locais impedirem a realização da prova.

No Amazonas, a Justiça Federal suspendeu a realização das provas no estado em decorrência do alto número de casos de coronavírus registrados. A prefeitura da Manaus já havia decidido decidiu não liberar as escolas municipais para a realização do exame.

Covid-19: nove capitais começaram 2021 com mais de 80% UTIs ocupadas

O Brasil identificou o primeiro caso de covid-19 em 26 de fevereiro, em um cidadão de São Paulo que chegou da Itália. Em março, o número de casos chegou a 4.579, e o de mortes, a 159.

O país atingiu 1 milhão de casos em junho, mês em que o número de mortes chegou a 58.314. A partir daí, o número de infecções confirmadas saltou cerca de 1 milhão por mês até dezembro, quando fechou o ano em 7,68 milhões. Já o número de óbitos pela doença no país em 2020 chegou a 195.742.

No mundo inteiro, foram confirmados 83,43 milhões de casos de covid-19 ao longo do ano passado, com 1,82 milhão de mortes. (mais…)