Fura-filas da vacina não terão direito à segunda dose, decide Justiça do Amazonas

A juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1.ª Vara da Justiça Federal no Amazonas, decidiu no sábado (23), em caráter liminar, que quem recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19 furando a fila de prioridades não terá direito a tomar a segunda dose.

De acordo com a magistrada, “em razão da falta de explicação para os casos de pessoas que tomaram indevidamente a vacina, ficam todos proibidos de tomar a segunda dose, podendo ficar sujeitos à prisão em flagrante delito em caso de insistirem no ilícito”.

A ação veio em resposta a um pedido do Ministério Público Estadual e da Defensoria Pública. “Nosso próximo passo é buscar a transparência das listas, mais restrições em lockdown no Estado e pagamento de um auxílio para os que ficarem sem renda neste período”, destacou o Defensor Geral Rafael Barbosa. O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), chegou a anunciar nas redes sociais nesta quarta-feira, 20, que baixaria uma portaria proibindo as pessoas de postarem fotos do momento da vacinação. (mais…)

Mais de 75 mil pessoas são vacinadas contra a Covid-19 na Bahia até este domingo

Com a vacinação contra a Covid-19 em curso desde a última terça-feira (19) na Bahia, 75.924 pessoas já receberam a primeira dose da Coronavac no estado. O número foi apurado pela Secretaria de Saúde (Sesab), com dados colhidos até as 14h deste domingo (24), o que indica 2.212 a mais do que a quantidade registrada no sábado (23).

O painel para acompanhamento da vacinação mostra que as maiores cidades também são as com o maior número de pessoas vacinadas. Salvador é a primeira, com 15.971 registros. Na sequência, vêm Feira de Santana, com 3.771 vacinas já aplicadas, e Vitória da Conquista, com 2.363.

Aeronaves fazem distribuição de vacinas pelo interior da Bahia

Até às 18h de hoje (24), aeronaves da Polícia Militar (PM) e da Casa Militar do Governador (CMG) distribuirão as 119.500 doses da vacina Astrazeneca/Oxford, que chegaram a Bahia pelo aeroporto de Salvador, nesta manhã. As doses vão para cidades da Região Metropolitana de Salvador e do interior do estado. Ao final dos trabalhos, todas as regiões terão sido contempladas.

O transporte dos imunizantes está sendo realizado por onze aeronaves, – seis aviões e cinco helicópteros – que iniciaram as decolagens às 13h30. “Vamos com força máxima para mais essa etapa da luta contra a covid-19. As vacinas para capital foram escoltadas por via terrestre e o mesmo acontecerá com as doses que foram enviadas para outras cidades”, destacou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

Metro 1

Vacinas da Oxford/Astrazeneca já estão a caminho de Manaus

Já está a caminho do município de Manaus, que passa por um colapso de saúde por conta da pandemia de covid-19, a primeira leva de vacinas de imunização da doença. Ao todo, 2 milhões de doses devem deixar a sede do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), da Fundação Oswaldo Cruz, na cidade do Rio, na tarde deste sábado. O volume será distribuído nos Estados.

As doses importadas do Instituto Serum, na Índia, foram encaminhadas para distribuição nos Estados, como parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI/MS). Essa é a primeira leva entregue ao Brasil da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca.

Elas chegaram de São Paulo, na base aérea Galeão, no Rio, na noite de sexta-feira, 22. A previsão era que chegassem ao Brasil no último dia 17, mas a Índia não liberou a carga. (mais…)

Datafolha: 62% dos brasileiros acreditam que pandemia de Covid-19 está fora de controle

O jornal “Folha de S.Paulo” divulgou hoje (23) a pesquisa Datafolha, na qual 62% dos brasileiros apontam acreditar que a pandemia do novo coronavírus está fora de controle.

O levantamento teve o seguinte resultado:

Pandemia está fora de controle: 62%
Pandemia está em parte controlada: 33%
Pandemia está totalmente controlada: 3%
Não sabe: 2%
A pesquisa foi realizada com 2.030 brasileiros adultos, que possuem telefone celular, em todas as regiões e estados do país entre os dias 20 e 21 de janeiro. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

OAB-BA solicita participação na ação do governo no STF para obter vacina russa

A Ordem dos Advogados do Brasil seção Bahia (OAB-BA) solicitou o ingresso na ação do governo da Bahia no Supremo Tribunal Federal que busca a liberação para a vacina russa Sputnik V. A solitação foi fundamentada pela recomendação de sua Comissão Especial de Direito Médico e da Saúde.

“Na ADI 6661, a Bahia pleiteia a permissão a todos os estados da Federação para importar e distribuir vacinas contra o novo coronavírus sem registro na à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), desde que registradas perante uma agência reguladora regional de referência, e também de iniciar a vacinação em seu território, independentemente do início da vacinação nacional”, disse a instituição.

Em sua decisão, a OAB da Bahia considera o contexto de emergência em saúde pública de importância internacional, “assim como de calamidade pública e julga existentes balizas legais e segurança internacional suficiente para suprir, no momento, as etapas burocráticas impostas à Anvisa, no que tange à aprovação da vacina Sputnik V, tomando como parâmetro sua aprovação por outras nações”.

Fábrica da Coronavac no Brasil só deve ficar pronta em outubro

O galpão que abrigará a fábrica de vacinas contra a covid-19 do Instituto Butantan, na zona oeste de São Paulo, ainda é uma estrutura vazia, escura por dentro, com concreto cru em pilares e paredes e cheiro de cimento fresco. Conhecer o lugar desperta para a realidade que é preciso paciência e contenção da ansiedade até que São Paulo possa produzir vacinas contra a covid-19, livrando o país da necessidade de importação de insumos, uma vez que isso só deve ocorrer no fim do ano, segundo os engenheiros encarregados do projeto.

Mesmo assim, é uma obra planejada para ser tocada em tempo recorde. Outras fábricas do Butantan ficaram prontas em um prazo mínimo de 18 meses. Para esta, o prazo é 10 meses, com obras civis já sendo executadas ao mesmo tempo em que o projeto final do empreendimento ainda está em desenvolvimento.

Ali ficarão reatores, biorreatores e centrífugas cuja missão é “fabricar” exemplares do coronavírus em escala industrial. O maquinário cria condições para que células similares às nossas, chamadas células-zero, sejam cultivadas e se reproduzam. Exemplares do coronavírus são injetados nessas células, de forma que os vírus possa também se reproduzir. Os vírus criados na fábrica são então inativados, um processo em que perdem a capacidade de continuar a reprodução. Viram antígenos virais, substâncias que, no nosso corpo, desencadeiam a produção de anticorpos. Até há possibilidade de criar os antígenos da covid em laboratório, mas não em escala industrial. (mais…)

Quase 57 mil pessoas já foram vacinadas na Bahia; 23 cidades não começaram a aplicação

Desde o início da vacinação contra a Covid-19 nesta terça-feira (19), 56.827 pessoas já tomaram a primeira dose do imunizante. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), na tarde desta sexta-feira (22).

A região Leste do estado é a que mais aplicou as vacinas até então. São 17.845 doses disponibilizadas. O oposto ocorre no Extremo Sul, onde 2.346 foram vacinadas. Os municípios com o maior número de vacinados até então são Salvador (11.035), Vitória da Conquista (1.904), Lauro de Freitas (1.242), Santo Antônio de Jesus (1.200) e Ilhéus (835).

Ainda de acordo com os dados da pasta, outros 23 municípios não haviam aplicado nenhuma dose do imunizante até às 14 horas desta sexta-feira (22). Integram a lista negativa cidades como Santo Amaro, Jaborandi, Caetité e Barra da Estiva. Nesta primeira fase, o imunizante está sendo disponibilizado para grupo específicos. Até então, 49.790 profissionais de saúde já se vacinaram, além de 2.618 indígenas aldeados, 4.208 idosos em instituições de longa permanência e 211 pessoas com deficiência.

BN

Avião com doses de vacina da Oxford chega ao Brasil

Um avião com 2 milhões de doses da vacina da Oxford chegou ao Brasil na tarde de hoje (22). A aeronave decolou da Índia com o imunizante produzido pelo laboratório Serum e pousou no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, por volta das 17h20.

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), os imunizantes devem estar prontos para uso no sábado (23) à tarde, após checagem de qualidade e segurança, além de rotulagem e etiquetagem.

A Índia liberou recentemente a importação comercial das vacinas produzidas no Serum, maior produtor de imunizantes no mundo. Depois da liberação, Brasil e Marrocos foram os primeiros países beneficiados.

Metro 1

Salvador cria canal de denúncias sobre vacinação da Covid-19

Um canal de comunicação para recebimento de denúncias sobre o processo de vacinação em Salvador foi criado pela prefeitura. Quem tiver conhecimento de irregularidades na vacinação com servidores vacinados fora da lista prioritária pode fazer a denúncia através da central telefônica Fala Salvador 156.

Também é possível utilizar os meios eletrônicos na opção Fale Conosco do site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) ou pelo email [email protected] . Os atendimentos também podem acontecer presencialmente na sede da SMS, na Rua da Grécia, 3A – Comércio, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 08h às 12h e das 13h às 17h.

A SMS publicou, ainda, na tarde de hoje (21) uma portaria que obriga o cumprimento integral do estabelecido pelo Governo Federal para esse momento da campanha no país.O regramento reitera que as cerca de 45 mil doses destinadas à capital baiana nesse primeiro lote sejam direcionadas para vacinação dos trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do enfretamento à pandemia, além de pessoas idosas residentes em Instituições de longa permanência e indivíduos a partir de 18 anos de idade com deficiência que residem em entidades inclusivas. “Toda estrutura montada para vacinação contra Covid-19 em Salvador torna muito difícil que alguém seja imunizado sem estar previsto. No entanto, publicamos uma portaria para tratar com mais rigor aquele servidor que de maneira deliberada burlar o que foi estabelecido pelo Ministério da Saúde. Tudo isso para que o processo de imunização ocorre da forma mais transparente possível em nossa cidade”, destacou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.

Brasil pede à Índia garantia e previsão de entrega de vacinas contra Covid

Para tentar amenizar o fracasso na entrega de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, o governo brasileiro tem discutido com autoridades indianas a divulgação de um comunicado público no qual o país asiático garanta que elas serão enviadas ao Brasil no curto prazo.
Segundo relatos feitos à reportagem, nos últimos dias negociadores do governo entraram em contato com diplomatas indianos para solicitar uma posição que arrefeça o mal-estar criado com a demora no envio de imunizantes contra o coronavírus.

A avaliação entre auxiliares do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é que os sucessivos adiamentos na liberação da carga têm gerado desgaste para o Palácio do Planalto, que apostava na importação para o dar o pontapé na campanha de imunização no Brasil. Uma cerimônia estava sendo preparada para o ato, mas acabou desmobilizada diante do fracasso da operação.

Algum tipo de compromisso público da Índia é visto por aliados de Bolsonaro como uma forma de ao menos reduzir os danos políticos que o atraso tem causado. (mais…)

Pressionado, Planalto busca maneira de evitar hiato sem vacina

O governo federal pediu a lideres governistas para buscar medidas que evitem a falta de vacinas no país. Diante do impasse nas negociações com a China para a importação de insumos, o governo teme ser necessário interromper a imunização por falta de doses

Assessores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estimam que se os impases com a China e com a Índia – para envio de doses da Astrazeneca – não forem resolvidos, o Brasil pode ficar sem imunização por cerca de 30 ou 40 dias

Ainda de acordo com a análise dos assessores, uma possivel pausa na vacinação pode ser bastante prejudicial para imagem do governo frente a população. Por isso, estratégias vem sendo pensadas dentro do Palácio do Planalto. Entre as opções estão a busca por saídas jurídicas para ampliar a compra de vacinas, por meio de medidas provisórias, além de discutir com outros fornecedores a oferta de vacinas.

Metro 1

Distanciamento continua fundamental, mesmo com vacinação, diz Opas

No momento em que a vacinação começa nas Américas, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) alertou hoje (19) que ainda haverá um longo caminho até a imunização massiva e, enquanto isso não ocorrer, é fundamental manter as medidas de distanciamento social e de prevenção ao novo coronavírus.

Sete países das Américas já iniciaram seus programas de vacinação: Brasil, Canadá, Estados Unidos, México, Argentina, Chile e Costa Rica. Diante desse contexto, a diretora da Opas, Carissa Etienne, fez um chamado aos governantes da região para não “baixar a guarda” neste momento e salvar vidas.

“As vacinas vão ajudar a salvar vidas. Estamos cientes de que ainda não há doses para atingir o impacto da transmissão [do vírus] no curto prazo. As doses disponíveis são poucas. E esses fatores mostram a necessidade de intensificar as ações do sistema de saúde para limitar a exposição ao vírus. Distanciamento social, evitar aglomeração e lavagem das mãos são nossas melhores esperanças”, disse Carissa, em entrevista coletiva. (mais…)

Bolsonaro deve vir à Bahia nesta quinta para entrega de trecho da BR-315 em Coribe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), deve vir à Bahia nesta quinta-feira (21), para participar da solenidade de entrega de um trecho da BR-315, no município de Coribe, na Bacia do Rio grande, que foi readequado para dar espaço a um corredor logístico do Matopiba.

A entrega do trecho de 67 quilômetros, que passa entre os municípios de Jaborandi e Cocos, também contará com a presença do ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, e do ministro das Comunicações, Fábio Faria.

De acordo com o governo federal, a readequação do trecho possibilitará um melhor escoamento da produção de grãos do Matopiba, região integrada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, atualmente considerada a mais importante fronteira agrícola de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

BN

Salvador registra 68% de ocupação de UTI e 409 novos casos por Covid-19 nas últimas 24h

Salvador registrou mais cinco mortes e 409 casos de Covid-19 nas últimas 24h e nenhum óbito, de acordo com informações do boletim mais recente da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), divulgado hoje (19).

O total de óbitos na capital baiana é de 3.280 desde o início da pandemia, com um acumulado de 119.544 casos confirmados.

A ocupação de leitos para atender pacientes adultos com a Covid-19 chegou a 68% nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). No total, dos 980 leitos disponíveis em Salvador, 691 estão ocupados.

Metro 1