Após suspensão, governo de SP volta atrás e anuncia doação de 50 mil vacinas ao Amazonas

Após suspender a doação de vacinas contra a Covid-19 ao Amazonas, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou atrás na decisão e irá enviar as 50 mil doses da Coronavac ao estado até o final de fevereiro, como prometido no dia 17 de janeiro.

O gestor de SP havia alegado ontem (11) uma “falta de planejamento e controle” na aplicação de vacinas, com denúncias de “fura filas” na imunização. “Com a garantia das autoridades do Amazonas de que as vacinas vão chegar até quem mais precisa, o governo de SP começa a enviar no final deste mês, de forma escalonada, lotes da vacina do Butantan contra covid-19, até chegar 50 mil doses”, anunciou Doria em um comunicado publicado em seu perfil do Twitter.

O tucano ressaltou que as vacinas não sairão da entrega destinada ao Ministério da Saúde. “Representam uma doação de São Paulo ao povo do Amazonas. São Paulo está ao lado do Brasil para vencer a pandemia”, esclareceu.

Metro 1