Aplicativo criado por estudantes da Uesb ganha prêmio em São Paulo

Um aplicativo criado por estudantes da Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (Uesb) foi premiado no evento Campus Mobile, pela Universidade de São Paulo (USP). A ferramenta, chamada “Daily Milk”, visa solucionar o problema da falta de controle individual diário na produção de leite.

A plataforma foi desenvolvida em 2018 por Maiara Santos, Jeferson Carlos e Diogo Silva, estudantes de agronomia, além de Dalton Sant’Ana e Raphael Cristian, estudantes de ciência da computação.

Segundo informações da Uesb, o “Daily Milk” está impulsionando a inclusão tecnológica entre os pecuaristas e ganhando repercussão em eventos nacionais. Um desses eventos foi o Campus Mobile.

Maiara Santos foi para São Paulo para representar a equipe na apresentação do aplicativo. Segundo ela, o objetivo do evento foi ”identificar, estimular e contribuir para a formação de talentos em nível universitário para atuação no desenvolvimento de conteúdos e novos serviços de telefonia móvel, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico do Brasil”.

Depois do prêmio na categoria “SmartFarms” (“fazendas inteligentes”, em inglês), os estudantes agora disputam a premiação geral do Campus Mobile, no dia 4 de março, quando os vencedores poderão ganhar uma viagem a São Francisco e ao Vale do Silício, nos EUA, com o intuito de visitar empresas e instituições de pesquisa.

Para Maiara, ganhar o prêmio foi muito importante e faz com que os estudos e pesquisas feitos em universidades públicas sejam mais valorizados. “Prêmios como esse mostram a necessidade de ter mais incentivo e mobilização. Além disso, faz com que outros discentes da Universidade comecem a se espelhar e a pensar em projetos como o nosso”.

O aplicativo vive sob constante evolução. Em 2018, o “Daily Milk” ficou em 3º lugar no Prêmio Arlindo Fragoso, que destaca projetos mais inovadores na área de Engenharia e Agronomia da Bahia. Maiara conta que, na época, o projeto ainda estava no papel e, desde então, já sofreu modificações que só foram possíveis com a participação em eventos e sugestões de profissionais das áreas de empreendedorismo, negócios, tecnologias.

BN