Acusado de estelionato, cantor Eduardo Costa tem mansão bloqueada pela justiça

Acusado de estelionato, o cantor Eduardo Costa teve a mansão onde reside, em Belo Horizonte, bloqueada pela justiça. O casal que negociou o imóvel com Eduardo Costa é quem move a ação, alegando ter levado prejuízo financeiro na transação, segundo o R7.

A mansão do cantor é avaliada em R$ 9 milhões e foi trocada por um imóvel que Costa mantinha em Capitólio, Minas Gerais. Entretanto, a casa recebida pelo casal está com dois processos para demolição parcial, um movido pelo Ministério Público Federal (MPF) e outro pela Furnas Centrais Elétricas S.A.

Metro 1