“Acredito que em dois meses a gente começa a vacinação”, diz coordenador do Comitê de Contingência de SP

O coordenador do Comitê de Contingência da Covid-19 em São Paulo, João Gabbardo, disse acreditar que em dois meses já haja acesso a vacina contra a doença no Brasil.

Em entrevista à CNN, ele avaliou que o Ministério da Saúde, do qual foi secretário-executivo, precisa acelerar o planejamento para a campanha de vacinação.

“Essa logística vai envolver muita discussão. Tem que envolver os estados. O Ministério da Saúde tem que começar a chamar as secretarias estaduais e municipais, para já começar a fazer o planejamento. Não podemos deixar para planejar isso quando as vacinas tiverem registro da Anvisa. Ou vamos perder tempo. O ideal seria que neste momento o planejamento estivesse pronto”, afirmou.

Gabbardo disse ainda que é provável que o país precise de vacinas de dois ou três laboratórios diferentes para conseguir suprir a demanda.

“Falta muito pouco. Nós já estamos há quase dez meses no enfrentamento. Acredito que em mais dois meses, sessenta dias, a gente comece a fazer a vacinação”, complementou.