A insegurança toma conta do interior da Bahia”, denuncia deputado Sandro Régis

 

“A insegurança está tomando conta do interior da Bahia e o governador permanece inerte como se nada estivesse acontecendo”, disse nesta quarta-feira (3) o deputado estadual Sandro Régis, vice-presidente da comissão de agricultura da Assembleia e líder do DEM na casa, após receber um vídeo no qual um grupo de sem-terra impede a reintegração de posse obtida na Justiça pela empresa Veracel, no município de Eunápolis.

No vídeo, trabalhadores rurais armados com foices incendeiam os veículos da empresa GPS, e expulsam violentamente os vigilantes que haviam sido deslocados até o local para garantir a reintegração e a segurança patrimonial da terra invadida.

“O governador Rui Costa deveria garantir o estado de direito, mas o que se vê no interior da Bahia é a total sensação de insegurança do cidadão e jurídica. O Estado precisa intermediar o conflito e garantir os direitos de cada lado. O que não pode é o estado ficar inerte”, avaliou o deputado, acrescentando que “mandado judicial se cumpre, se houve algo que o impediu de ser cumprido, tem que ser explicado”, reiterou Régis, lembrando que a tragédia só não foi maior devido ao bom senso dos vigilantes, que recuaram e não revidaram às agressões.

Ascom