23 mil policiais vão reforçar a segurança pública no verão baiano

Praia e segurança. Nos tempos atuais, essa é a melhor combinação para quem quer desfrutar dos mais de 50 Km de praia no litoral de Salvador, além do lazer aquático em 50 municípios do estado, sem se preocupar com a violência. E é apostando nesse binômio que o governador Rui Costa lançou ontem, ao lado do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, a quarta edição da Operação Verão.

A ação contará com o efetivo de 23 mil policiais atuando até o final de fevereiro no reforço do policiamento de regiões litorâneas e pontos turísticos da Bahia. O lançamento aconteceu no Jardim de Alah, orla da capital baiana.

Na oportunidade, foram entregues à Polícia Militar 10 caminhonetes, 115 motocicletas e 10 quadriciclos. Já o Corpo de Bombeiros recebeu cinco motos aquáticas, três veículos e 12 equipamentos utilizados para cortar grandes estruturas e ajudar na remoção de vítimas de acidentes.

A Polícia Civil, por sua vez, ganhou 100 pistolas, 100 submetralhadoras, 40 capacetes balísticos e 8 escudos.

“São R$2,5 milhões em hora extra, em reforço de policiamento, R$7,5 milhões em novos equipamentos, para reforçar o policiamento nas cidades litorâneas e nas cidades que recebem mais pessoas nesse período”, revelou o governador Rui Costa.

Sergipano radicado na Bahia, o servidor público João Almeida, 38 anos, que pratica corrida na orla de Salvador regularmente, diz que a operação aumenta a sensação de segurança. “ É interessante para que a gente se sinta mais seguro e confortável de praticar uma corrida, uma caminhada ou curta com tranquilidade”, afirmou.

O governador frisou que neste mês de dezembro o estado alcançou redução em todos os tipos de crimes, no comparativo com o mesmo período de 2017. “Em assalto a ônibus, por exemplo, conseguimos reduzir 25%”, completou.

Rui Costa reconheceu que os números da violência na Bahia ainda são altos, mas, com a dedicação dos policiais, ele acredita que o estado chegará a indicadores minimamente aceitáveis e em padrões internacionais.

CÂMERAS

Além dos novos veículos de transporte, o Comandante Geral da Polícia Militar, Anselmo Brandão, destacou o uso das câmeras com reconhecimento facial durante a operação, o que segundo ele vai facilitar a identificação de pessoas que estão sendo procuradas nas áreas de grande fluxo turístico, como aeroporto, rodoviária e metrô.

“Também haverá intensificação maior com utilização de bases móveis em pontos estratégicos de Salvador e utilização do vetor aéreo, que é o Graer. Cada ano que passa nós estamos otimizando com mais equipamentos, mais recursos, viaturas, e já é uma preparação para as festas populares de Salvador, o Carnaval e a festa da virada”, afirmou Brandão.

COBERTURA

Ainda conforme Brandão, todas as regiões do estado estarão cobertas com as ações preventivas da Operação Verão. Salvador, Juazeiro, Porto Seguro, Lençóis, Mucugê, Ilhéus e Praia do Forte são algumas delas.

“Este é um período de grande atenção em todo o estado, que demanda um esforço ainda maior das equipes”, completou o titular da SSP, Maurício Barbosa.