Procurador de Minas Gerais que reclamou de “miserê” pede licença

O procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet, disse nesta quarta-feira (11) que o procurador de Justiça Leonardo Azeredo dos Santos está de licença médica. O MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) não informou a data que a licença foi tirada e quando o procurador voltará do afastamento.

Nesta semana, Leonardo Azeredo dos Santos ficou conhecido por reclamar de miserê e dizer que viraria pedinte com salário de R$ 24 mil durante uma sessão da Câmara de Procuradores do MPMG. “O senhor me desculpe o desabafo, eu estou fazendo a minha parte. Eu estou deixando de gastar R$ 20 mil de cartão de crédito e estou passando a gastar R$ 8 [mil], para poder viver com os meus R$ 24 mil”, disse o procurador durante a sessão. no dia 12 de agosto. O áudio, de 1 hora e 40 minutos, foi disponibilizado na íntegra no site da instituição.

(mais…)

Em nota, Secretaria Estadual de Educação responde a deputado e ressalta gratuidade do ensino público na Bahia

Ao IPIAÚ ONLINE, a assessoria de comunicação da Secretaria de Educação do Governo do Estado respondeu a denúncia veiculada pelo deputado Sandro Régis que apontou terceirização da educação pública estadual .
Confira a nota na íntegra:

A Secretaria da Educação do Estado esclarece que:

Não há privatização na rede estadual de ensino. O projeto de parceria com o Programa Estadual de Organizações Sociais tem o objetivo de dar suporte administrativo e operacional às unidades escolares em serviços como limpeza, alimentação e manutenção preventiva e corretiva. Com isto, os gestores escolares receberão o suporte administrativo e operacional, tendo melhores condições de trabalho para o desenvolvimento das práticas pedagógicas e do processo de ensino e aprendizagem dos estudantes.

Ressalta-se que as escolas continuarão sendo públicas e gratuitas. A Secretaria da Educação continuará definindo as políticas pedagógicas e os resultados a serem alcançados pelas escolas. Os diretores continuarão liderando e tomando as decisões em suas escolas. A diferença é que haverá um parceiro para auxiliar na prestação de serviços de suporte de maneira mais eficiente.

Ipiaú: Vereador Jô da AABB garante que prefeitura irá revitalizar Estádio Pedro Caetano para jogos do Campeonato Baiano

O vereador e líder do governo municipal na Câmara, Josenaldo de Jesus, o popular Jô da AABB, garantiu, em contato com o programa Jornal da Nova, que a administração Maria das Graças está comprometida com a adequação do Estádio Pedro Caetano para sediar os jogos do campeão Doce Mel na série A do Campeonato Baiano. A demora na obra tem preocupado a classe esportiva.

“É sabido que a prefeita vem apoiando o esporte em larga escala. Temos o Ginásio de Esportes que foi revitalizado após mais de oito anos de paradeiro. Com o estádio Pedro Caetano não será diferente. Uma auditoria do Corpo de Bombeiros detectou necessidade de algumas melhorias para que sejam realizados os jogos aqui em Ipiaú, a exemplo de parte elétrica, saídas de emergência, iluminação e parte elétrica. Os vestiários do nosso estádio não tem condição. Está ultrapassado e deverá passar por uma reforma. Terá que ser uma reforma intensa para que o resultado seja o mais rápido possível. O atraso que houve foi conta da conclusão da parte elétrica, cujo projeto já foi entregue

Jô também comentou os ataques de vereadores da oposição que já começam a frequentar as redes sociais no final do ano pré eleitoral. ” A oposição está tentando o desgaste da prefeita para tentar ressucitar um defunto, mas não se atira pedra em árvore que não dá frutos”.

Ipiaú Online

Régis diz que Portaria 770 é mais um duro golpe contra os educadores no estado da Bahia

O deputado estadual Sandro Régis, líder do Democratas na Assembleia Legislativa, disse hoje que o setor de educação na Bahia, “depois de amargar as últimas colocações no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), sofreu mais um duro golpe do governo do estado nesta segunda-feira”, após a publicação da Portaria 770, que é uma chamada pública feita pela Secretaria de Educação para que empresas denominadas Organizações Sociais (OS) assumam a gestão administrativa das escolas públicas nas cidades de Salvador, Alagoinhas, Ilheus e Itabuna.

“Na prática, isso é o reconhecimento, por parte do governo, de que não tem a devida competência para cuidar da educação no estado e transfere para uma entidade privada aquilo que deveriam ser as suas obrigações”, avalia Régis, acrescentando que professores e estudantes já estão se manifestando nas redes sociais para exigir a revogação dessa portaria.

Para o deputado, não é uma justificativa convincente o argumento da Secretaria de Educação de que a entrega da gestão administrativa das escolas para um organismo privado vai permitir que a equipe pedagógica se dedique apenas à educação, melhorando os indicadores e a qualidade da formação dos alunos e alunas.

“Já vimos esse filme antes em outras áreas da gestão estadual” diz Régis. Ainda segundo o deputado, é falso o argumento do governo de que “apenas” a gestão administrativa será entregue para as empresas, e que a parte pedagógica continuará com a equipe escolar pedagógica.

“Há muitas questões em jogo. Conquistas históricas do setor de educação, como as eleições diretas para os cargos de diretoria na escola, ou mesmo o plano de cargos e salários, estarão em xeque”, frisa Régis, lembrando que será também atribuição dessas OS a contratação de professores, “com salários do mercado”, pelo regime celetista.

“Temos também a informação de que as OS cuidarão da gestão dos laboratórios, acervo bibliográfico, bibliotecas, salas de leitura e quadras de esporte. Ou seja: estão contratando as Organizações Sociais para ensinar missa ao vigário”, ressalta o deputado.

“É preciso que o estado procure ter um melhor conhecimento da realidade escolar, trazendo para a sociedade um bom debate, com propostas inovadoras que contribuam para melhorar a qualidade na educação, mas o que se vê é um governo transformando o setor em laboratório de pirotecnia, ora querendo mudar o calendário para oficializar o trabalho infantil, ora vindo a público para defender a privatização do ensino público, o que é lamentável”.

Ascom

Mega operação desarticula quadrilha que distribuía drogas em mais de 10 cidades baianas

Uma megaoperação coordenada pela 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) nas cidades de Jequié, Jaguaquara e Salvador, na manhã desta quinta-feira (12), desarticulou um grupo criminoso responsável pela distribuição de drogas em mais de 10 cidades das regiões do Vale do Jiquiriça, Sudoeste e Chapada.

As investidas denominadas de Brejões e Maestria cumpriram 9 mandados de prisão e realizaram três prisões em flagrante. Foram ainda efetivados 19 mandados de busca e apreensão.

(mais…)

Ambulância do SAMU seria usada para transportar drogas de São Paulo para Jequié

Uma ambulância do SAMU que seria entregue a Prefeitura de Jequié iria servir de esconderijo para transportar drogas de São Paulo para Jequié. Policiais civis de São Paulo interceptaram uma carreta cegonha que trazia veículos do ABC paulista para Jequié, dentro de alguns desses veículos, entre eles a ambulância, estavam pelo menos 15 kg de cocaína, mas o caminhoneiro foi preso ainda na rodovia Fernão Dias, na manhã de quarta feira.

O Secretário de saúde de Jequié, Vitor Lavinsky, ele disse que tomou como surpresa esse fato, tratou de ligar para a transportadora e confirmou que a ambulância do SAMU seria a mesma entregue em Jequié e já providenciou outra transportadora para trazer o veículo. Com a prisão do caminhoneiro a Polícia pretende descobrir quem embarcou a droga e a quem seria entregue na cidade de Jequié.

Junior Mascote

Funcionária pública de Piraí do Norte comete suicídio

 

A servidora pública da Prefeitura de Piraí do Norte comete suicídio na noite desta quarta-feira (11). Ela deixa um filho de 6 anos. Edvana Mamedio Leite, de 36 anos, era natural de Valença e morava já alguns anos em Piraí do Norte. Ela morreu asfixiada após inalar fumaça de uma churrasqueira que deixou ligada dentro do banheiro.

As vezes para tirar o estresse, Edvana, se auto mutilava e ultimamente aparentava sinais de depressão.

Repórter Bahia

Ipiaú: Projeto Humaniza HGI disponibliza parto com pintura, teatro e acompanhamento do pai

 

Alexandro dos Santos, diretor do HGI; ao fundo os assessores Sílvio Brito e Taís Cardoso

Participando do programa Jornal da Nova, o novo diretor do Hospital Geral de Ipiaú, Alexandro dos Santos Miranda, comentou as novas medidas para dinamizar o atendimento à comunidade regional na casa, destacando a implantação de consulta laboratorial diária e o Projeto Humaniza HGI.

O projeto inova no conceito do atendimento à parturiente, dando à mulheres carentes o acesso a um parto com arte, teatro e até pintura abdominal, como forma de entreter e diminuir a tensão emocional que é comum neste período, especialmente considerando casos de mães que sofrereram algum tipo de violência doméstica.

“Nossa iniciativa é a de dar melhor acolhimento, até com a possibilidade do companheiro acompanhar o parto”, comentou.

Em tempo, o hospital está inaugurando esta semana uma brinquedoteca para o entretenimento das crianças internadas na casa e estará realizando a partir do dia 23 mais uma edição do mutirão de cirurgias com procedimentos de histerectomia, vesícula e hérnia.

Ipiaú Online

Freio de Arrumação: PRF e MP-BA desarticulam fraudes em autuações de trânsito e pontuação na CNH

Na manhã desta quinta-feira (12), uma grande operação nacional de enfrentamento à corrupção e à lavagem de dinheiro foi deflagrada concomitantemente em 10 estados brasileiros, pelos Ministérios Públicos estaduais e na Bahia, com apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Articulada pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), colegiado que reúne os Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecos) do Brasil, a operação nacional visou o cumprimento de 87 mandados judiciais, dentre busca e apreensão, prisão, afastamento de funções públicas e uso de tornozeleiras eletrônicas.

O objetivo da operação nacional é combater crimes contra a Administração Pública praticados por servidores públicos e particulares, dentre eles crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, Peculato eletrônico, participação em organização criminosa, associação criminosa, fraude à licitação, lavagem de dinheiro, tráfico de influência, falsidade ideológica e material e fraude processual.

(mais…)

Ex-prefeito de Amargosa é condenado a 4 anos de prisão

A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Amargosa, Valmir Almeida Sampaio, o ex-secretário de Administração e Finanças do município, Joaci Nunes Amaral, e o presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL) da cidade, Jonas Ribeiro dos Santos, pela prática de fraude contra licitação. Os condenados, além de cumprirem pena de 4 anos e 7 meses, deverão pagar uma multa no valor de, pelo menos, R$ 15.797,33, cada.

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por terem fracionado, no exercício de 2007 despesas para a aquisição de gêneros alimentícios e materiais para construção mediante modalidade de licitação menos rigorosa que a exigida pela lei.  As verbas utilizadas pelos condenados eram advindas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Os réus ainda fora inabilitados pelo prazo de cinco anos para a ocupação de cargo ou função pública, eletivo ou nomeado.

BN