Racismo: Vídeo que causou afastamento de William Waack vazou da própria Globo


Waack foi afastado do Jornal da Globo e viu Painel ser cancelado (Reprodução)
Waack foi afastado do Jornal da Globo e viu Painel ser cancelado (Reprodução)

Segundo colunista, jornalista tem vários desafetos dentro da emissora.
O vídeo que levou ao afastamento de William Waack do Jornal da Globo vazou de dentro da própria Globo. Nas imagens, gravadas em 8 de novembro de 2016, dia da eleição de DOnald Trump, Waack parece dizer: “Preto, né? É coisa de preto”, ao reclamar de um motorista que passa buzinando. Ele está, com um convidado, diante da Casa Branca, comentando os resultados da eleição americana.

Exatamente um ano depois, as imagens foram parar na internet, causando revolta e levando a hashtag #WaackRacista ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter. Segundo o colunista Daniel Castro, de Uol, as iamgens foram captadas pela mesma câmera que transmitiu Waack e o comentarista Paulo Sotero falando das eleições. Via satélite, elas foram armazenadas em um servidor em São Paulo. Já o áudio não é do microfone de Waack, e sim do sistema de intercomunicação entre São Paulo e Washington, por isso tem qualidade mais baixa.

Correio 24h