Procon diz que ‘não vai admitir’ que conflito entre Coelba e loterias prejudique consumidor

O superintendente do Procon-BA, Filipe Vieira, disse, na manhã de hoje (11), que o órgão não vai aceitar que o conflito entre a Coelba e as loterias prejudique o consumidor.

O titular da superintendência afirmou que tentou negociar um acordo entre as empresas. Segundo ele, a concessionária rompeu o contrato com a estatal após a Caixa Econômica Federal cobrar um valor “exorbitante” para cada boleto pago.

A companhia elétrica diz que não há como quitar. “Como é da expertise do Procon, promover a conciliação é o que a gente está tentando fazer. A Coelba já errou antes, quando não avisou que teria a suspensão dos pagamentos através das Caixa Lotérica. E esse tipo de comportamento que prejudique o consumidor, o Procon não vai admitir”, frisou.

M1