Policiais de Vitória da Conquista divulgam carta de apoio a colega que atirou em PM em Ilhéus

Em carta aberta a sociedade, grupo de policiais civis de Vitória da Conquista declararam apoio ao investigadorJoseval Santos após confusão envolvendo policiais militares na madrugada deste sábado (09) em uma casa de eventos da cidade de Ilhéus. Confira a carta na íntegra:

Os Policiais Civis de Vitória da Conquista vêm à público manifestar seu irrestrito apoio ao Investigador de Polícia Civil Joseval Santos Cupertino, bem como manifestar repúdio ao comportamento inadequado do Tenente-Coronel Delmo Barbosa de Santana, da Polícia Militar, que juntamente com um grupo de oficiais, todos à paisana, e sem se identificarem como policiais, após um breve desentendimento no interior da Casa de Eventos Mar Aberto Music Bar, em Ilhéus, nesta madrugada (09/06) agrediram o Policial Civil, e mesmo após este se identificar, continuaram a agressão, tentando dominar o policial civil, que temendo por sua vida, tentou sacar sua arma de fogo, tendo a mesma disparado no momento em que seus agressores foram lhe tomar a referida arma, ocasionando ferimento na perna do citado Tenente-Coronel que lhe dava um “mata-leão” naquele momento. Vale ressaltar que este grupo de oficiais agrediu também de forma covarde a esposa do Policial Civil, bem como seu filho adolescente, e ainda, agiram de forma truculenta e desrespeitosa contra o Policial Civil, Investigador Luciano Santos Cardoso, que se fez presente no local, e também se identificou como Policial Civil.

Aguardamos agora a completa e imparcial apuração dos fatos, para que ao final os culpados sejam punidos, e destacamos que o ocorrido não manchará o bom relacionamento e parceria que mantemos com nossos irmãos militares, pois entendemos se tratar de um lamentável caso isolado.

Assinam esta nota, Delegados, Investigadores, Escrivães e Peritos da Região de Vitória da Conquista.