Petroleiros da Bahia aderem à greve de 72 horas

Os petroleiros iniciaram à meia-noite desta quarta-feira (30), em pelo menos mais 12 estados do país, uma greve de 72 horas nas unidades da Petrobrás. Em Salvador, a paralisação começou com atos em frente à sede da estatal, localizada na Avenida ACM.

De acordo Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro), também há concentração de trabalhadores na Refinaria Landulpho Alves (Rlam), no Polo Petroquímico de Camaçari; na sede da Transpetro, em Madre de Deus; e no Campo Petrolífero Miranga, em Pojuca.

Dentre as reivindicações do movimento estão a redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha, retomada da produção das refinarias, fim das importações de derivados de petróleo, não às privatizações, manutenção dos empregos e a demissão de Pedro Parente, atual presidente da companhia.

Bocão News