Mulher que morreu em desabamento na capital foi achada abraçada ao filho de um ano; criança também não resistiu

Uma mulher de 34 anos que morreu no desabamento de um prédio, em Salvador, nesta terça-feira (13), foi encontrada pelo Corpo de Bombeiros abraçada ao filho de 1 ano, que também morreu na tragédia.

Rosemeire Pererira de Jesus e Artur estavam sob uma escada do imóvel na Rua Alto do São João, no bairro de Pituaçu. Os bombeiros acreditam que, pelo local onde as vítimas foram encontradas, a mãe tentava deixar o imóvel quando foi atingida pelos escombros.

Além de Rosemeire e Artur, morreram na tragédia o outro filho, Robert de Jesus, de 12 anos, e um irmão de Rosemeire, Alan Pereira de Jesus, de 31. Eles moravam na parte de baixo do imóvel.

Três pessoas foram resgatadas com vida do prédio, que tinha quatro pavimentos: Alex Pereira de Jesus, de 29 anos; sua mulher, Beatriz, de 30; e filha do casal, Sabrina Menezes, uma bebê de 11 meses.

Eles foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE), e Beatriz e a filha já tiveram alta, segundo familiares. Alex permanece internado e não há informações sobre seu estado de saúde.

G1