Gasolina será vendida a R$ 1,96 por litro em posto de combustíveis no ES neste sábado (19)

O limite de abastecimento para cada veículo será de R$ 40 reais para automóveis e R$ 10 para as motocicletas. (Imagem ilustrativa)

Gasolina a R$ 1,96 por litro. Parece até um anúncio de um posto qualquer feito há alguns anos. Mas este valor é atual e é o preço que seria pago no litro do combustível caso não houvesse a incidência dos impostos. A boa notícia é que, neste sábado (19), o consumidor poderá pagar exatamente isso em um posto da capital.

A ação faz parte do Feirão do Imposto, uma ação que será realizada em diversas cidades do Brasil, em repúdio à alta carga tributária do país. Em Vitória, o valor sem imposto na gasolina será vendido no Posto Trilha, localizado na Avenida Norte Sul. Quem tiver interesse na compra do combustível, precisa ficar atendo às condições.

A venda terá início às 7 horas. Serão disponibilizados 4 mil litros de gasolina e o atendimento será realizado com a distribuição de senhas, sendo 180 números para carros e 64 para motos. O limite de abastecimento para cada veículo será de R$ 40 reais para automóveis e R$ 10 para as motocicletas.

O Feirão do Imposto é promovido pelo Grupo Domingos Martins. De acordo com o presidente da entidade e coordenador do evento, Darcy Junior, a ideia é deixar claro o quanto é pago de imposto em cada produto. “Muitas vezes a gente sabe que paga muito imposto, mas não sabe como isso é pago. No evento, a pessoa vai ter noção do peso do imposto sobre alguns produtos”, disse.

Além da ação prática no posto de combustíveis, uma manifestação pacífica e simbólica será realizada simultaneamente na Praia de Camburi, em frente ao Clube dos Oficiais. Segundo a organização, serão distribuídos materiais informativos sobre a carga tributária no Brasil.

Alguns produtos também serão expostos para mostrar ao consumidor o valor de compra e o valor real sem imposto. “O imposto é uma das coisas que mais limitam o consumo do brasileiro. Não é para beneficiar as empresas, porque elas também pagam impostos. Nosso smartphone, por exemplo, é o mais caro do mundo”, afirma Darcy.

Em anos anteriores, a manifestação alcançou o objetivo de inserir, nas notas ficais, o valor do imposto sobre cada produto. Uma das bandeiras levantadas nesta edição é a desburocratização. “Existe uma complexidade muito grande na legislação do país. Queremos alcançar medidas gerais para facilitar o pagamento dos impostos e menos burocracia”, comenta o coordenador do evento.

O Feirão do Imposto é organizado pelo Grupo Domingos Martins juntamente com a Federação Capixaba dos Jovens Empreendedores (Fecaje) e suas entidades federadas, a Consultores Juniores Associados (CJA) e o Instituto Liberal do Espírito Santo (ILES)

Folha Vitória