Empresário é condenado a pagar R$ 295 mil por chamar Paulo Souto de ‘bom filho da puta’

O ex-governador da Bahia, Paulo Souto (DEM), ganhou uma indenização na Justiça no montante de R$ 295 mil. O condenado foi o empresário baiano João Cavalcanti.

Souto acionou a Justiça depois que Cavalcanti o chamou de ‘bom filho da puta’ durante uma entrevista à rádio Tudo FM em outubro de 2011.

De acordo com publicação da coluna Satélite, do jornal Correio, a decisão condenatória foi do juiz Paulo Albiani Alves, da 10ª Vara Cível e Comercial de Salvador.

Para o magistrado, a declaração de João Cavalcanti infligiu chancela de desmoralização quanto a sua condição de filho e referiu-se à mãe do político como uma “mulher desqualificada, profissional do sexo, que obtém lucros através de serviços sexuais”.[

Bocão News