Cinco baianos são presos na Argentina suspeitos de estuprar e matar adolescente de 15 anos


patora
Cinco baianos, quatro da cidade de Cipó e um de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, foram presos na Argentina suspeitos de estuprar e matar uma jovem de 15 anos. O crime teria ocorrido no réveillon, e os suspeitos foram presos pela polícia local no dia 1º de janeiro.

Conforme a imprensa local, a adolescente Irina Diana Lopez foi encontrada no quatro de uma pensão da cidade de Corrientes. Uma irmã da vítima encontrou o corpo. A jovem morta estava sem roupas e apresentava sinais de espancamento e sangramento nas partes íntimas. O filho da vítima, de 6 meses de idade, estava ao lado do corpo.

O caso ganhou destaque nos jornais argentinos. Um dos suspeitos presos foi Wenderson de Souza Bacelar, de 21 anos, que é natural de Feira de Santana. Ainda de acordo com a imprensa local, a vítima era namorada de Wenderson. Os demais suspeitos não tiveram identidades divulgadas.

Na Bahia, o pai do suspeito, Edcarlos Bacelar, falou com a imprensa nesta terça-feira (9) sobre a situação do filho. Ele disse Wenderson foi para a Argentina há 6 meses vender redes. Contou que o filho já tem uma mulher no Brasil, com quem tem um filho de um ano, mas disse que o rapaz tinha envolvimento com a jovem argentina.

Afirmou, no entanto, não acreditar que o filho tenha envolvimento com o crime. “Eu tenho certeza que envolvido ele não está. Nem ele e nem os outros que foram presos com ele”, disse.

G1