Ipiaú: Virada educacional ´´Transformaê´´ Mobiliza estudantes para arte, esporte e cultura

Aconteceu na manhã desta Sexta-feira (21) no Complexo Integrado de Educação de Ipiaú, antigo Colégio Modelo, a virada educacional  ´´Transformaê´´ , tendo como tema: ´´Escolas que acolhem´´.

O evento trata-se de um movimento educativo e cultural, proposto pela Secretaria de Educação do Estado às unidades escolares da Rede Estadual de Ensino, com o objetivo de potencializar a produção científica, artística, literária, cultural e social da unidade escolar com a participação do coletivo da comunidade local.

“O evento esta sendo  bastante produtivo, divulgando a cultura regional com a participação dos alunos e colaboração de todos os professores, isso gera  solidariedade, socialização e união entre os colaboradores”, pontuou a estudante.

Na abertura do evento teve o inicio da apresentação fanfarra em seguida apresentações de dança no auditório e apresentações musical, sarau e exposição de poemas e plantio. Durante a tarde houve o futsal masculino e feminino e para finalizar as festividades os alunos tiveram oportunidade de acompanhar um belo cinema no auditório.

Ipiaú Online 


Ipiaú: Projeto ´´Transformaê´´ Acontece no dia 21 Setembro no CIEI

No dia 21 de Setembro às 7hs, vai acontecer a virada cultural do CIEI, (situado antigo Colégio Modelo), o evento Transformaê  destacando  varias apresentações, atividades de arte, cultura, lazer e esportes.

O projeto tem como base um dos eixos do Programa Educar para Transformar. Trata-se de um movimento educativo e cultural, proposto pela Secretaria de Educação do Estado às unidades escolares da Rede Estadual de Ensino, com o objetivo de potencializar a produção científica, artística, literária, cultural e social da unidade escolar com a participação do coletivo da comunidade local.

Com o tema “Escolas que acolhem”, o projeto desse ano tem a missão de reafirmar a escola como instrumento importante da formação humana, social, política e econômica da aprendizagem.

Ipiaú Online 



MEC transfere para sexta-feira(14) o fim de prazo para lista de espera do FIES

O Ministério da Educação (MEC) resolveu adiar para sexta-feira (14) o prazo final para os estudantes pré-selecionados na lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) realizarem as inscrições com todas as informações solicitadas para o financiamento.

Anteriormente, o MEC havia decidido que o prazo final seria no último domingo (9), mas resolveu ampliar a data para que os estudantes que não conseguiram concluir a tempo o cadastro possam faze-lo agora. A lista de espera do Fies são para os estudantes que tentaram ingressar no financiamento para o segundo semestre, mas que não chegaram a ser selecionados no primeiro processo. Para realizar as inscrições os pré-selecionados devem acessar o site do Fies e seguir as instruções.http://fiesselecaoaluno.mec.gov.br/usuario-login

O Fies é um programa do Ministério da Educação, criado pelo governo federal em 1999 que oferece financiamento estudantil para estudantes de baixa renda. O financiamento é oferecido para cursos presenciais em instituições de ensino superior particulares que possuam avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.

Agência Brasil 

Em greve, professores de Vitória da Conquista pedem doação de alimentos

 

Professores da rede municipal de ensino de Vitória da Conquista fizeram um protesto nesta sexta-feira (7) no qual pediam doação de alimentos. Segundo informações do Blog do Anderson, a categoria, em greve há 18 dias, também se manifestou contra corte salarial feito pela prefeitura por conta da paralisação.

“Com salários cortados, professores e monitores pedem doação de alimentos”, protestou o Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp). O ato aconteceu durante as celebrações do Sete de Setembro na cidade. Durante a entrevista coletiva, o prefeito Herzem Gusmão não comentou sobre a manifestação.

Esse ano o MEC, reajustou o piso salarial dos professores chegando a uma estimativa de R$2.455,35 o reajuste foi estabelecido através de uma portaria assinada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. O reajuste é de 6,81% em relação ao piso de 2017, que foi de R$ 2.298,80.O piso é pago para profissionais com carga horária de 40 horas semanais, e ao menos nível médio.

Blog do Anderson

Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC; Ipiaú vem destacando nos índices educacionais

O ensino médio da Bahia ficou em último lugar, no país, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) referente ao ano passado, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC).

O município de Ipiaú vem mantendo índices crescentes no IDEB, o que o coloca em destaque atingindo metas projetadas pelo INEP para o ano de 2021. O Ensino alcançou a nota 4,5 e superando a nota do Estado da Bahia que pontuou 3,2 para os anos finais. Esses resultados são reflexos da dedicação dos atores envolvidos na educação de Ipiaú, que se desdobram para fazer o melhor em prol do desenvolvimento dos alunos matriculados na rede pública de ensino.

Com esses resultados o município continua pontuando com um dos melhores resultados do Território Médio Rio de Contas e destacam-se entre os 21 municípios baianos que pontuaram com média além das projetadas, razão esta que é motivo de alegria para a gestão municipal, profissionais da educação e comunidade.

Ipiaú Online


Itabuna: Professores entram em greve por tempo indeterminado

Professores da rede municipal de Itabuna, no sul baiano, entraram em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira (3). A paralisação foi votada em assembleia na última quarta-feira (29). Segundo a TV Santa Cruz, o sindicato da categoria (Simpi) cobra 6,81% de reajuste para docentes de nível 2 e 3. Eles também são contra um projeto da prefeitura que prevê mudança do regime trabalhista. O Simpi teme perder direitos trabalhistas caso o projeto seja aprovado.

Ainda segundo os professores, há salários atrasados para docentes em desvio de função. Em Itabuna, a greve afeta 98 escolas e 17 mil alunos. Por nota, a secretaria de educação local informou que respeita a decisão da categoria, mas que, mesmo sem aulas, as escolas permanecerão abertas, “exceto nas situações em que diretores e vice-diretores estejam sujeitos à uma condição de vulnerabilidade e de violência”. A secretaria ainda declarou que “não se furta dos debates, das escutas das ideias” com o sindicato dos professores.

BN

Ipiaú: Secretaria de Educação e UNEB firmam termo de Cooperação

A Prefeitura Municipal de Ipiaú, através da Secretaria de Educação, firmou um termo de cooperação técnica com a UNEB, com o objetivo de dar formação continuada aos professores e servidores de apoio a educação, realização da Jornada Pedagógica e iniciação científica com os alunos da Rede Municipal, no projeto de extensão das universidades.

DIRCOM/Prefeitura

Ipiaú vai sediar o III Fórum Baiano de Professores de Educação Física

Vários temas de interesse da categoria serão discutidos e debatidos na cidade de Ipiaú, que sediará pela primeira vez na região a III Edição do Fórum Baiano dos Professores de Educação.

O evento é resultado de um esforço dos professores Francisco Araujo e Toya Andrade, ( profissionais de educação física ) e que  visa atrair para a região os profissionais , promovendo a integração e o debate da pauta de idéias para consolidar ainda mais a categoria.

Com o tema “A importância do SINPEF BA para o profissional de Educação Física, o evento será realizado no dia 25 de agosto às 15 horas  no Colégio Aprovado.
Ilhéus em Pauta

Sem refeitório e com salas trancadas no intervalo, alunos de escola pública lancham sentados no chão

Alunos do Colégio Estadual Cristina Batista, na cidade de Porto Seguro, são obrigados a sentar no chão dos corredores da unidade de ensino para poder lanchar, porque a instituição não possui refeitório e as salas de aula ficam trancadas durante o intervalo.

Um vídeo gravado pelos estudantes mostra a situação na unidade de ensino. Nas imagens, é possível ver os alunos sentados ao lado das portas das salas de aula, e até de cestas de lixo, com pratos na mão. O vídeo mostra ainda que alguns estudantes chegam a comer em pé, encostados nas paredes.

“A gente não tem refeitório na escola . Tem duas mesas e duas cadeiras para os alunos [lancharem]. A gente tem quantos alunos de manhã? Trezentos alunos. A gente lancha no chão. Isso é uma coisa horrível, porque a calça fica toda suja ou a gente pode pegar alguma coisa [doença] no chão”, contou a estudante Janine Carvalho.

BA/TV

Fábrica-escola de chocolate será construída em Ipiaú

Ipiaú ganhará uma nova Fábrica-Escola do Chocolate, a ser  implantada no (CETEP).

Instalados nos centros de Educação Profissional e Tecnológica, os equipamentos servem como laboratório para que os estudantes que fazem os cursos técnicos de nível médio tenham aulas práticas e possam desenvolver projetos, pesquisas e intervenções sociais, aperfeiçoando a formação profissional.

O prédio onde a Fábrica está sendo instalada, em Ipiaú foi vistoriado nesta sexta-feira (3), pelo secretário da Educação do Estado,Walter Pinheiro, que autorizou a continuidade das obras da fábrica-escola e de módulos de laboratórios do programa Brasil Profissionalizado, além de ter firmado parcerias com o município e com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) para um novo perfil de oferta na rede estadual em Ipiaú.

“Além da continuidade das obras, autorizamos aqui a abertura da parceria com o município nessa questão da formação, portanto, para que as turmas do 9º ano do Ensino Fundamental possam se integrar ao projeto aqui do chamado novo itinerário vocacional para o Ensino Médio. Os nossos estudantes da primeira turma de alternância que nós vamos formar na rede estão aqui nessa escola e estamos aplicando algumas coisas no município e também a preparação para que essa escola, a partir de fevereiro, possa receber aqui também já o novo itinerário para a Educação Superior, que é o curso de Tecnólogo”, afirmou o secretário, ao completar que o CETEP vai passar a experimentar uma maior interação com a UNEB, a partir de ambientes compartilhados dentro da unidade para o processo de ensino e aprendizagem.

BNEWS

Ipiaú: Estudantes realizaram debate sobre diversidade sexual e de gênero

A iniciativa ocorreu  no Complexo Integrado de Educação de Ipiaú-CIEI, nesta sexta-feira (03), tratando de um debate com o tema: A diversidade sexual e de gênero.

O debate foi realizado e elaborado pelo idealizador Maicon Santos, estudante do colégio, junto com a equipe escolar.

O debate tratou de temas como: intolerância sexual, bullyng e homofobia, sexualidade e cura gay, arte literária e o movimento LGBT, desnudando conceitos sobre o movimento e ainda sobre a influencia da dança no movimento LGBT.

Os palestrantes foram o psicologo Matheus de Oliveira, a professora Záida Andrade, professor Alan, estudante Carlos Henrique e o professor de dança Ian Pecorelli, tendo como público alvo  estudantes e convidados.

                                       

Em contato com o IPIAÚ ONLINE, uma das estudantes informou que a iniciativa foi super importante: “O mundo esta precisando muito desse debate”, disse.

Ipiaú Online


Ipiaú: Alunos protestam no Colégio Modelo contra falta de professores e aulas vagas

Alunos do Colégio Modelo protestam na manhã desta terça feira (31) contra a falta de professores e a constante ocorrência de aulas vagas no estabelecimento estadual de ensino.

Ao longo de todo o primeiro semestre a falta de aulas em várias matérias deixaram alunos do Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães em Ipiaú com horários perdidos e baixo aproveitamento.

Em contato com a reportagem do IPIAÚ ONLINE, alunos relataram a inoperância de ficinas de teatro e atividades esportivas que não estão funcionando desde o início do ano, especialmente por falta de professores.

Com faixas e cartazes, desde as primeiras horas da manhã eles marcaram presença na porta da escola cobrando providência das autoridades para resolver a situação.

Ipiaú Online



Maioria dos professores desaprova atuação das secretarias de Educação

A maioria dos professores das escolas públicas do Brasil não veem comprometimento das secretarias de Educação com a melhora de aprendizagem dos alunos, além de não estarem, segundo os docentes, alinhadas à realidade das escolas, conforme pesquisa Profissão Docente, encomendada pelo Movimento Todos pela Educação e Itaú Social e divulgada nesta segunda-feira (30).

No geral, a insatisfação com os órgãos centrais dos governos estaduais e municipais é até superior ao conhecido descontentamento com as condições de trabalho. O que mais os professores querem é a maior oferta de qualificação profissional e serem ouvidos nas discussões e construções das políticas públicas.

A enquete ouviu 2.160 professores de educação básica de escolas públicas e privadas de todo país.

BN

Uneb cria sistema de cotas para quilombolas, ciganos, transexuais e travestis

A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) aprovou por unanimidade, no seu Conselho Universitário, a ampliação do sistema de cotas para quilombolas, ciganos, transexuais, travestis e transgênicos e para pessoas com deficiência, transtorno do espectro autista e altas habilidades.

Cada grupo terá direito a 5% de sobrevagas, além dos 40% para negros e 5% para indígenas em vigência na unidade de ensino. A decisão da unidade de ensino que já foi pioneira na implantação de sistema de cotas étnico-raciais entre as instituições da região Nordeste, valerá para todos os processos seletivos de cursos de graduação e de pós-graduação abertos pela instituição já a partir do próximo ano.  Por se tratar de sobrevagas, ou seja, vagas adicionais, as novas cotas não alteram o percentual de 60% do total de cadeiras que é destinado atualmente a candidatos não-cotistas.

Para concorrer às cotas, o candidato deve também ter cursado todo o segundo ciclo do ensino fundamental e o ensino médio exclusivamente em escola pública e possuir renda familiar mensal de até quatro salários mínimos. A proposta de ampliação do sistema de cotas é de autoria da Reitoria da UNEB, por meio da Pró-Reitoria de Ações Afirmativas (Proaf).

BN

Educacão: Secretaria abre matrícula do segundo semestre para 17.310 vagas de cursos técnicos de nível médio

 

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, no Diário Oficial desta sexta-feira (20), o período de matrícula dos cursos técnicos de nível médio para o segundo semestre letivo de 2018.

São ofertadas 17.310 vagas, para 50 cursos. As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas da rede estadual de ensino, em 115 municípios, em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia. A matrícula será entre os dias 24, 25 e 26 de julho na unidade escolar escolhida pelo estudante. O início do período letivo será no dia 30 de julho.

Há vagas disponíveis para Ipiaú, estão sendo ofertadas 35 vagas para Técnico em Saúde Bucal no Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Rio das Contas, e para o complexo integrado de Educação de Ipiaú (CIE) estão sendo ofertadas 20 vagas para Técnico em Artes Visuais, 20 para Técnico em Canto, 20 para Técnico em Publicidade e mais 20 para Técnico em Teatro.

A lista com os classificados já encontra-se disponível no Portal da Educação.

(mais…)