Brasília: Bombeiro do DF rouba viatura, dirige por quase 30 km e é preso a caminho do Congresso; veja o vídeo


201712030848240000008675
Viatura teve os pneus furados e ficou atravessada na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (Foto: Arquivo pessoal) 

Em uma perseguição policial digna de cenas de ação de um filme hollywoodiano, um bombeiro do Distrito Federal foi perseguido e preso após furtar uma viatura em um Batalhão.

Um sargento do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal de 44 anos foi preso, na madrugada deste domingo (3), após roubar uma viatura da corporação e seguir, em alta velocidade, em direção ao Congresso Nacional. O carro foi interceptado perto da Catedral de Brasília, no início da Esplanada dos Ministérios. Ninguém ficou ferido.
No início da manhã, militares dos Bombeiros e da Polícia Militar informaram que o homem aparentava estar “em surto aparente”, e gritava que “não iria parar” no rádio comunicador do carro.
Vídeo mostra perseguição a sargento do Corpo de Bombeiros do DF que furtou viatura
Até as 10h30, as forças de segurança do DF não comentavam essas duas informações. Até as 11h, a Polícia Civil confirmava apenas que o homem era do Corpo de Bombeiros e que, após a prisão, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para “exame clínico”.
O carro foi retirado sem autorização de um quartel em Ceilância, e percorreu quase 30 quilômetros até chegar à Esplanada dos Ministérios. Segundo a PM, o bombeiro militar recusou várias ordens de parada, informadas pelo rádio do próprio veículo e por carros que acompanharam o trajeto.

Motivação do militar não foi divulgada; G1 aguarda retorno da Secretaria de Segurança. Motorista negou várias ordens de parada, e só freou porque pneus foram furados a tiros; ninguém se feriu.

G1