Belo Horizonte: Aos 64 anos, mulher dá à luz sua primeira filha

Fruto de uma fertilização in vitro, Ana Letícia nasceu prematura. Mãe e filha passam bem.

A procuradora de Justiça Norma Maia de Oliveira, de 64 anos, deu à luz nesta terça-feira (10) sua primeira filha, a pequena Ana Letícia. A cesariana ocorreu na maternidade do Hospital Octaviano Neves, em Belo Horizonte. Mãe e filha passam bem.

Em entrevista ao portal Uol, a ginecologista e obstetra especialista em gravidez de alto risco Rita de Cássia Sousa Amaral relatou que a procuradora engravidou por meio de uma fertilização in vitro.

Norma procurou a profissional em 2017 e, após vários exames que comprovaram sua saúde, ela realizou o procedimento e engravidou. Os óvulos foram de uma doadora anônima, e os espermatozoides de seu companheiro.

A gestação ocorreu dentro do tempo previsto e teve apoio de uma equipe médica que se utilizou de vitaminas complexas e anticoagulantes. Ana Letícia nasceu com 33 semanas e meia, pesa 1,7 quilo e mede 48 centímetros, conforme apurou o Uol.

A bebê está na UTI infantil, por ser prematura, mas segue bem e deve voltar pra casa em breve.

UOL Notícias