Bahia: Polícia descobre áudios em que mãe permitia que filha de 10 anos fosse estuprada

Uma mulher foi presa no município de Macajuba, a cerca de 280 quilômetros de Salvador, suspeita de permitir que a filha de 10 anos fosse explorada sexualmente e estuprada. Um homem apontado como autor dos abusos contra a criança também foi localizado pela polícia e levado para a delegacia. De acordo com a Polícia Civil, os presos, Marinalva Souza Ferreira e José dos Santos Sobral, são moradores do povoado de Santa Luzia, na zona rural do município. Eles tiveram prisão preventiva decretada pela Justiça, a pedido do delegado Almir Góes, que apura o caso.

Conforme a investigação, os crimes eram praticados por José com frequência contra a criança e sempre com a conivência da mãe da vítima. A polícia diz que ficou evidenciado a autoria dos estupros, e a conivência da mãe da vítima, depois de analisar áudios trocados entre ele e a mãe da criança através do aplicativo WhatsApp. Os áudios não foram divulgados pela polícia, que informou que estão sob segredo de justiça. Os dois presos foram encaminhados para a carceragem da delegacia de Macajuba e vão responder pelos crimes de exploração sexual e estupro de vulnerável.

G1



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *