Bahia: CNH Digital só estará disponível à partir do mês de julho, afirma Detran

Ao contrário do que vem sendo veiculado por diversos sites e blogs de notícias, a possibilidade de utilização da Carteira Nacional de Habilitação eletrônica no estado da Bahia só será possível à partir do mês de julho.

Após tentativa sem sucesso de instalação do aplicativo CNH-e (Carteira Nacional de Habilitação eletrônica), seguindo os tutoriais constantes nos diversos sites e também no site do DENATRAN, foi verificado que o serviço ainda não está ativo para portadores de CNH emitidas pelo DETRAN-BA.

De acordo com as orientações, o usuário além de baixar o aplicativo na loja virtual deverá realizar o cadastro no site do DENATRAN e também validar pessoalmente seus dados cadastrais em um posto de atendimento do DETRAN-BA. Só poderão utilizar a CNH-e quem possuir o documento emitido com o QR Code na parte interna do documento impresso.

O documento digital é opcional e, por enquanto, a emissão é gratuita em quase todos os estados. O aplicativo tem o mesmo valor jurídico que a carteira impressa e possui vários itens de segurança, como QR Code e exigência de senha de acesso, que garantem autenticidade ao documento e diminuem riscos de ocorrência de fraudes.

O QR Code é um item de segurança que armazena os dados do motorista de forma criptografada e bastante segura. Para ter acesso às informações no celular, é preciso digitar uma senha de quatro dígitos, que permite visualizar os dados da CNH assinados digitalmente.

Porém, o que impede a utilização deste documento digital pelos condutores baianos, é que em informações obtidas nos Detrans de Salvador, Jequié e Ipiaú, ainda não está sendo realizado o serviço de “validação” dos dados cadastrais, necessários para gerar o código de autenticação da CNH-e. “De acordo com as informações que nos foram passadas, a utilização do aplicativo de CNH eletrônica só estará disponibilizada para o Detran-BA à partir do mês de julho próximo.” – Disse por telefone ao repórter do IPIAÚ ONLINE uma funcionária do DETRAN-BA em Salvador. Mesma informação obtida nas cidades de Jequié e Ipiaú por funcionários do órgão.

Um outro impasse a ser encontrado pelos motoristas e motociclistas baianos que optarem por realizar todo o processo eletronicamente, ou seja, online, sem ter que recorrer a um posto do DETRAN, é a obrigatoriedade de possuir um CERTIFICADO DIGITAL (que é um arquivo eletrônico que funciona como se fosse uma assinatura digital, com validade jurídica, e que garante proteção às transações eletrônicas e outros serviços via internet, de maneira que pessoas (físicas e jurídicas) se identifiquem e assinem digitalmente, de qualquer lugar do mundo). O problema que este certificado possui um custo, que pode variar de R$ 164 a 330 reais.

Sendo assim, resta apenas aguardar até o mês de julho ou a nova data a ser determinada pelo DETRAN-BA para poder utilizar desta ferramenta. Isto se não houver mais uma reviravolta quanto a este prazo, afinal, desde final do ano de 2017 que se cogita a implantação da CNH-e pelo órgão no estado.

Ipiaú Online