41 agências dos Correios serão fechadas até dezembro

A rede dos Correios fechará 41 agências próprias no país até dezembro. A informação, segundo o presidente da estatal, Carlos Roberto Fortner, ainda não foi comunicada aos empregados e líderes sindicais.

De acordo com publicação do jornal Valor, o objetivo da empresa púbica é reduzir custos onde existe “sobreposição” na rede, com unidades localizadas muito perto umas das outras, disputando usuários e clientes entre si. “Só em Copacabana temos sete agências próprias. Precisa disso?”, questiona o presidente.

O critério para manter uma unidade funcionando é ter, no mínimo, 270 atendimentos por dia. “Tem agência por aí fazendo cinco por dia”, exemplifica o executivo.

A estimativa é que cada agência desativada propicie uma economia média de R$ 1,5 milhão no balanço mensal dos Correios.